Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Uso de bomba de insulina para crianças com diabetes

Uso de bomba de insulina para crianças com diabetes

02/05/2011 Divulgação

Crianças que possuem diabetes tipo 1 precisam de um controle rigoroso da glicemia, o nível de açúcar no sangue. Isso exige várias aplicações diárias de insulina, além do monitoramento da taxa de glicose, geralmente feita por meio de constantes exames de sangue da ponta dos dedos.

Um dos maiores avanços no tratamento para quem depende de insulina é a bomba de insulina, um pequeno aparelho que faz a infusão de insulina substituindo as injeções diárias. A insulina é enviada para o tecido subcutâneo por meio de uma cânula, o que traz muito mais comodidade aos pacientes, principalmente às crianças, que são poupadas de injeções.

Além disso, atualmente já existe um único aparelho que funciona como bomba de insulina e, ao mesmo tempo, monitora continuamente o nível de glicose no sangue. A imediata visualização das oscilações da glicemia pelo painel do aparelho ajuda o paciente a agir rapidamente para evitar as hipoglicemias e hiperglicemias.

Assim, o sistema não só traz mais conforto, mas também melhora o controle do diabetes. Quanto melhor for o controle da doença, menores serão as complicações no futuro. Nas crianças, os sintomas mais comuns são vontade de urinar com bastante frequência, muita sede, perda de peso - às vezes mesmo com a criança comendo muito.

Se o diabetes não for diagnosticado rapidamente, os sintomas podem evoluir com fraqueza, fadiga, náuseas, vômitos e queda do estado geral, necessitando de assistência médica em pronto-socorro. “Os primeiros sintomas do diabetes podem parecer inofensivos, por isso é importante que os pais prestem atenção e procurem ajuda profissional. O tratamento exige disciplina e acompanhamento médico constante, assim podemos garantir que a criança leve uma vida normal e sem grandes preocupações ao longo do tempo”, explica o médico endocrinologista Luis Eduardo Calliari.

Segundo o Dr. Calliari, a bomba de insulina é uma alternativa segura e prática, mas a indicação tem que ser feita por um médico. “Os estudos já comprovaram os benefícios do sistema de infusão contínua de insulina, mas com certeza a praticidade é a maior vantagem para o público infantil. O sistema proporciona menor risco de episódios de hipoglicemia e permite várias infusões de insulina ao dia sem causar dor”, conclui. O diabetes tipo 1 é aquele em que o organismo é incapaz de produzir insulina suficiente para a utilização da glicose.

Geralmente aparece em adolescentes e crianças na faixa dos 5 aos 7 anos, mas a doença pode se manifestar em qualquer fase da vida. “Os estudos mostram que está havendo um aumento da incidência de Diabetes Mellitus tipo 1 no mundo todo, principalmente em crianças abaixo de 5 anos de idade, o que não era comum até pouco tempo atrás. Esta faixa etária também pode se beneficiar da bomba de insulina”, explica o médico.

Texto publicado no Jornal O Debate - Saúde & Beleza, edição 2498 de maio/2011



A confusa e trapalhona decisão da OMS sobre a Síndrome de Burnout

Uma das dificuldades envolvendo o tema “Burnout” é que a noção ganhou status de dogma religioso.

A confusa e trapalhona decisão da OMS sobre a Síndrome de Burnout

TDAH não é um distúrbio exclusivamente infantil

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) afeta uma pequena parcela da população.

TDAH não é um distúrbio exclusivamente infantil

Dores e má postura em crianças podem estar ligadas ao encurtamento muscular

Redução da amplitude de movimento e vícios de postura são os principais sinais de os músculos estão encurtados.

Dores e má postura em crianças podem estar ligadas ao encurtamento muscular

Burnout agora é síndrome ocupacional: o que as empresas podem fazer?

Síndrome é relacionada ao ambiente de trabalho.

Burnout agora é síndrome ocupacional: o que as empresas podem fazer?

É verdade que o apêndice é um órgão desnecessário?

A retirada de apêndice é uma operação considerada comum na cirurgia geral.

É verdade que o apêndice é um órgão desnecessário?

Prevenção é o principal fator de manutenção da saúde

O isolamento social durante pandemia mudou radicalmente a rotina em todos os aspectos.

Prevenção é o principal fator de manutenção da saúde

Portal de telemedicina ultrapassa a marca de um milhão de atendimentos realizados

Plataforma de teleconsulta expandiu durante a pandemia.

Portal de telemedicina ultrapassa a marca de um milhão de atendimentos realizados

Tipos de shampoo: anticaspa, matizador e muito mais!

Descubra as principais características dos mais variados tipos de shampoo para cada tipo de cabelo.

Tipos de shampoo: anticaspa, matizador e muito mais!

O que é bom para estrias? Como evitar, tirar e muito mais!

Descubra quais são os tipos de estrias e quais os melhores tratamentos para combatê-las.

O que é bom para estrias? Como evitar, tirar e muito mais!

Campanha “Janeiro Roxo” promove conscientização sobre a hanseníase

O Brasil é o segundo país com maior número de casos da doença no mundo.

Campanha “Janeiro Roxo” promove conscientização sobre a hanseníase

Minas supera eixos tradicionais de saúde e deixa legado no combate à pandemia

Uma das frases que mais me marcaram na pandemia foi: “Dormi com minha irmã viva e acordei com a notícia de que ela estava quase morrendo”.

Minas supera eixos tradicionais de saúde e deixa legado no combate à pandemia

O verão está chegando: proteja-se para prevenir o câncer de pele

Dezembro é o mês da conscientização sobre prevenção e diagnóstico precoce da doença, que é o tipo de câncer com maior incidência no Brasil.

O verão está chegando: proteja-se para prevenir o câncer de pele