Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Vacinas, suas controvérsias e o mundo em pandemia

Vacinas, suas controvérsias e o mundo em pandemia

16/09/2020 Nicole Geraldine de Paula Marques Witt

Temos pesquisadores do mundo todo, aliando forças em prol da produção de uma vacina em tempo recorde.

Vacinas, suas controvérsias e o mundo em pandemia

A vacina como método de profilaxia para doenças infecciosas, carrega consigo uma história de descobertas, de erradicação, mas também, de lutas e revoltas. Constituída de partes ou do próprio agente patogênico atenuado, a vacina induz o corpo a produzir anticorpos e células de memória, os quais, quando em uma segunda exposição ao patógeno específico, já promoverão uma resposta imunológica mais rápida e eficaz, evitando que o corpo adoeça. Esse é o princípio de funcionamento das vacinas, método que foi descoberto no final do século XVIII, pelo médico britânico Edward Jenner, no combate ao grande mal da época, a varíola. Doença que devido a um esforço global, de mais 10 anos, foi considerada erradicada em 1980.

Mas, quem nunca ouviu falar da Revolta da Vacina de 1904 que ocorreu na cidade do Rio de Janeiro, devido à vacinação anti-varíola que foi conduzida de forma autoritária pelo Governo da época? Ou mesmo, do movimento antivacinação, que cresce no mundo como um todo desde a década de 90 alicerçado por uma sociedade de risco midiatizada? E, como consequência, dos recentes surtos de sarampo que assolam o Brasil e o mundo nos últimos anos, mesmo depois de, em 2016, termos recebido o certificado de país livre de sarampo? E, ainda, da pandemia do novo coronavírus que encontra negacionistas em todas as esferas da sociedade e incitou uma corrida para a criação de uma vacina em tempo recorde?

Assim, acredito que vivenciamos um momento paradoxal. De um lado, um cenário de descrédito na ciência e uma sociedade da informação que produz conteúdo midiático sem pudor e exerce influência sobre um grande contingente populacional. A partir dessa leitura, o que esperar de um futuro próximo, no qual, alguns grupos que se manifestam contrários às medidas de isolamento frente ao Sars-Cov-2 e que são céticos quanto às vacinas, ganham forças?

Do outro, temos pesquisadores do mundo todo, aliando forças em prol da produção de uma vacina em tempo recorde, sem precedente na história, pois a mais rápida até então foi a para caxumba em quatro anos. Mas que, de certo modo, servem a grandes empresas privadas e estas a interesses do mercado. E, nesse jogo, ninguém entra para brincar. Como exemplo, o Governo dos Estados Unidos que já comprou praticamente todas as doses das futuras vacinas produzidas por duas grandes farmacêuticas. 

Portanto, em uma análise mais global, onde a falta de sincronia das ações demostra a fragilidade em pensar no coletivo, fica a pergunta: como construir um caminho possível à erradicação da primeira grande pandemia do século XXI?

* Nicole Geraldine de Paula Marques Witt é bióloga, especialista em Meio Ambiente e Desenvolvimento, professora dos cursos de Ciências Biológicas e Geografia do Centro Universitário Internacional Uninter.

Fonte: PG1 Comunicação



Tratamento dentário em crianças diminui até 89% na pandemia

Queda nos tratamentos foi mais intensa em estados do Nordeste.

Tratamento dentário em crianças diminui até 89% na pandemia

Sete motivos que levam à procrastinação da dieta

Para o médico endocrinologista e especialista em emagrecimento, Rodrigo Bomeny, uma das causas é não estar ciente dos verdadeiros motivos que impulsionam a mudança de hábito.

Sete motivos que levam à procrastinação da dieta

Consumo de álcool e dormir mal contribuem para o ganho de peso

Médico endocrinologista explica como o álcool e o sono influenciam o metabolismo do corpo com consequências para a saúde.

Consumo de álcool e dormir mal contribuem para o ganho de peso

As verdades sobre o mau hálito

Conhecida também como mau hálito, a halitose ainda está cercada de dúvidas e preconceitos.

As verdades sobre o mau hálito

Aplicativo brasileiro que monitora Covid-19 já está em uso por 15 países

App conta com versões gratuitas e customizadas de acordo com as necessidades das empresas.

Aplicativo brasileiro que monitora Covid-19 já está em uso por 15 países

Como diagnosticar a artrite reumatoide

Especialista explica os principais fatores que podem indicar o início da doença.

Como diagnosticar a artrite reumatoide

Obesidade é um problema de saúde pública no mundo

Em 2025 estima-se que 2,3 milhões de pessoas estejam com sobrepeso.

Obesidade é um problema de saúde pública no mundo

O seu controle remoto pode estar contaminado e você nem sabe

Dica de limpeza é usar um pano limpo, de preferência de microfibra, e álcool 70º.

O seu controle remoto pode estar contaminado e você nem sabe

Brasil inicia campanhas de vacinação contra pólio e de multivacinação

Outubro Rosa: mês de conscientização sobre os riscos do câncer de mama

Campanha alerta mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Outubro Rosa: mês de conscientização sobre os riscos do câncer de mama

Por que as crianças sofrem mais com infecções no nariz, ouvidos e garganta?

Diagnóstico e tratamento precoces são essenciais para impedir a recorrência dos problemas.

Por que as crianças sofrem mais com infecções no nariz, ouvidos e garganta?

Insegurança alimentar grave atinge 10,3 milhões de brasileiros

Segundo IBGE, 10,3 milhões de pessoas residem em domicílios com insegurança alimentar grave.

Insegurança alimentar grave atinge 10,3 milhões de brasileiros