Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Venda de genéricos cresce menos que o esperado em 2014

Venda de genéricos cresce menos que o esperado em 2014

20/01/2015 Divulgação

O aumento em relação a 2013 foi de 10,6%, quando a estimativa era de que a expansão seria de 15%.

O desempenho das vendas de medicamentos em 2014 ficou abaixo das expectativas do setor, sobretudo as de genéricos, carro-chefe das indústrias nacionais.

Informações levantadas pela Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos (Pró Genéricos), com base nos indicadores da consultoria IMS Health, apontam que foram comercializados 871,7 milhões de unidades de genéricos no ano passado, aumento de 10,6% sobre 2013. A estimativa era de que a expansão poderia chegar a 15% no ano.

Já a venda de total de medicamentos (incluindo todas as categorias) atingiu 3,12 bilhões de unidades, alta de 7,8% sobre o ano anterior. A receita, no mesmo período, foi de R$ 65,8 bilhões, aumento de 13,3% sobre 2013.

O faturamento das indústrias de genéricos foi de R$ 16,25 bilhões, crescimento de 18,5% sobre 2013. Mesmo com uma expansão acima de dois dígitos, Telma Salles, presidente da Pró Genéricos, afirma que o setor não avançou como era o esperado. O crescimento mais "magro", segundo ela, reflete o desaquecimento da economia no ano passado e acesso mais limitado à saúde.

De acordo com Telma, embora a indústria de genéricos não tenha crescido os 15% esperados para o ano, o segmento tem potencial de expansão. "Com preços, em média, 60% inferiores aos produtos de referência (protegidos por patente), os genéricos ganham ainda mais relevância em cenários de economia estagnada e risco de comprometimento na renda", afirma.

"Nossa projeção inicial era que, ao completar 15 anos no país (em 2014), os genéricos representassem 40% das vendas totais de medicamentos, mas encerramos com 28% de participação. A meta é alcançar essa marca daqui a cinco anos." 

Fonte: Veja



Pessoas com visão monocular lutam para serem reconhecidas como pessoas com deficiência

Cegueira de um dos olhos chega a reduzir o campo visual em 25%.


Plano de saúde não pode negar tratamento prescrito por médico e deve cobrir teste de Covid

Os planos de saúde limitam, de forma significativa, o tratamento a ser aplicado ao paciente.


Pico de bronquiolite deve ocorrer no segundo semestre

A pandemia mudou radicalmente o perfil das internações infantis neste ano.


Hipertensão: a primeira aferição é capaz de diagnosticar o problema?

O diagnóstico e o início precoces do tratamento da hipertensão arterial são fatores essenciais para o controle da doença.

Hipertensão: a primeira aferição é capaz de diagnosticar o problema?

Orientação médica à distância requer cautela nos procedimentos

A telemedicina é um modo de exercer a medicina em que o contato acontece por meios digitais, via voz e vídeo.

Orientação médica à distância requer cautela nos procedimentos

Diferencie fome emocional da fome física

Durante a pandemia do novo coronavírus, muitos de nós ficamos mais ansiosos com medo do futuro e com a sensação de que todos os dias parecem iguais.


Telemedicina na pandemia

O isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19 trouxe profundas mudanças no nosso cotidiano.

Telemedicina na pandemia

Saúde no trabalho em casa

Já são 90 dias de trabalho em casa, dias que modificaram as relações de trabalho mais profundamente do que nos últimos 10 anos.

Saúde no trabalho em casa

Descoberta de mecanismo imune envolvido na COVID-19 abre caminho para novo tratamento

Estudo indica que fármaco atualmente usado contra fibrose cística pode ajudar a prevenir complicações da infecção pelo novo coronavírus.

Descoberta de mecanismo imune envolvido na COVID-19 abre caminho para novo tratamento

Coronavírus x obesidade: 7 a cada 10 brasileiros estão acima do peso

Nutrólogo do HCor destaca que pacientes obesos costumam também ser diabéticos ou hipertensos

Coronavírus x obesidade: 7 a cada 10 brasileiros estão acima do peso

Conscientização e conhecimento são os primeiros passos para o tratamento da asma

Em 21 de junho é celebrado o Dia Mundial de Controle da Asma, uma das doenças crônicas mais comuns.

Conscientização e conhecimento são os primeiros passos para o tratamento da asma

Inverno exige mais cuidados para evitar o coronavírus

Baixa imunidade e ambientes fechados contribuem para a disseminação dos vírus respiratórios.

Inverno exige mais cuidados para evitar o coronavírus