Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como investir com segurança em uma startup?

Como investir com segurança em uma startup?

24/11/2021 Vinícius Laureano

As startups continuam trazendo resultados surpreendentes e estão movimentando aplicações bilionárias, atraindo cada vez mais o interesse de investidores.

Como investir com segurança em uma startup?

Somente em 2021, foram investidos no Brasil cerca de R $33,5 bilhões até setembro, segundo estudo realizado pela consultoria KPMG junto com a Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP).

Por se tratar de atividades disruptivas e conter inúmeros riscos envolvidos, muitas vezes as previsões acabam ficando de lado e o negócio pode ser um sucesso ou um fracasso.

De um lado, ninguém quer fazer parte de uma atividade que quebrou e deixou dívidas em aberto. Afinal, imagine o investidor que não estava à frente da operação tendo que lidar com as dívidas deixadas?

Mas e se o empreendimento for um grande sucesso? Da mesma forma, ninguém quer ficar de fora do momento mais importante: aquele em que a empresa efetivamente vingou! Contudo, a ausência de formalização jurídica pode se tornar um problema, como ocorreu, por exemplo, no caso do Facebook retratado no filme A Rede Social.

Dessa forma, uma dúvida recorrente é: como investir com segurança?

Ocorre que o Marco Legal das Startups traz o conforto necessário para quem aplica recursos se resguardar quanto a responsabilização pelo passivo porventura existente, assim como promove a segurança jurídica para garantir que o investidor não seja passado para trás.

Esse instrumento jurídico é o Contrato de Mútuo Conversível, que nada mais é do que um contrato de empréstimo. Com esta formatação, o capital aplicado é considerado “dívida” e, assim, está sujeito a um pagamento futuro, correção monetária, juros etc.

A particularidade da “conversibilidade” do empréstimo é que o investidor pode receber o pagamento da dívida com parte ou totalidade das quotas/ações da startup, passando, desta forma, a se tornar efetivamente sócio/acionista, ao invés de receber o dinheiro emprestado.

Ainda, como em qualquer contrato de empréstimo, o credor pode exigir uma garantia ao valor emprestado para não ser deixado de lado caso o negócio não vá adiante, como, por exemplo, um carro, um imóvel ou qualquer outro bem.

Então, para que haja maior proteção aos investidores, costuma ser recomendada a formatação da operação com um Contrato de Mútuo Conversível, além de ser outorgada uma garantia pela startup ou seus sócios ao investidor, trazendo maior segurança financeira e jurídica à operação. De qualquer forma, é essencial realizar uma análise de cada caso para entender a melhor estrutura aplicável.

* Vinícius Laureano é advogado pós-graduado em Direito Societário pela FGV/SP, com extensão em Planejamento Tributário e em Direito Imobiliário pela com mais de 15 anos de atuação em Direito Empresarial.

Para mais informações sobre Startups clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!



Sebrae aproxima startups e empresas inovadoras de investidores

Programa Capital Empreendedor 2022 está com inscrições abertas até o dia 15 de maio


Fintech especializada em cashback agora passa oferecer conta digital

Startup que atuava apenas como aplicativo de recompensas em cashback investe no desenvolvimento de novos recursos para realizar transações financeiras na plataforma.

Fintech especializada em cashback agora passa oferecer conta digital

Startup mineira discute tendências tecnológicas do mercado de comércio conversacional

Evento de Take Blip acontece no dia 18 de maio, em São Paulo, e contará com painéis da META, Nestlé, Mercado Pago, Riachuelo e outras grandes empresas.


Startup leva a educação do futuro para as escolas

Programa idealizado pela StarHire365 leva as competências e habilidades fundamentais do século XXI para a grade curricular do ensino fundamental

Startup leva a educação do futuro para as escolas

Startup gera economia de mais de R$ 2 milhões na conta de energia dos mineiros em 2021

Evolua Energia contribuiu diretamente para a preservação de mais de 20 mil litros de água, 840 kg de madeira, redução de 140 toneladas de emissão de carbono e 140 kg de lixo.

Startup gera economia de mais de R$ 2 milhões na conta de energia dos mineiros em 2021


Startup cria tecnologia que ajuda a driblar alta de preços nos combustíveis

Ferramenta conduz melhor a gestão de frotas, tornando-a mais eficiente - e mais barata.

Startup cria tecnologia que ajuda a driblar alta de preços nos combustíveis

Yamaha Motor lidera rodada de investimento na startup ARPAC

ARPAC desenvolve e opera drones para monitoramento de sanidade de lavouras.

Yamaha Motor lidera rodada de investimento na startup ARPAC

Startup do agronegócio desenvolve diagnósticos biológicos do solo usando IA

A empresa está em busca do seu primeiro investimento depois de passar por programa de aceleração da Bluefields.


3 Startups que estão revolucionando o marketing

Seja qual for a área de atuação de uma empresa, o marketing é extremamente importante para garantir o seu sucesso e crescimento.


Startup cresce 75% com tecnologia para seleção e recrutamento

Com velocidade de startup, curitibana Selecty lança versão 4.0, pivota modelo de negócios e já colhe bons resultados.

Startup cresce 75% com tecnologia para seleção e recrutamento

Startup CertifiCafé conecta produtores com o mercado para atrair investidores

Única startup brasileira que faz parte do Sustainable Coffee Challenge, Certificafé é destaque no portfólio da NovoAgro Ventures.