Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Ser um bom investidor-anjo vai muito além da questão financeira

Ser um bom investidor-anjo vai muito além da questão financeira

17/05/2021 Theo Braga

Cresci em uma casa em que o empreendedorismo foi ensinado desde o berço. Tive uma educação centrada em conquistar e não em receber.

Dessa forma, apesar de receber certos olhares de reprovação por conta da minha pouca idade, não me sinto intimidado, ao contrário, trago comigo a vontade de levar adiante a experiência e os ensinamentos que recebi, e que me incentivaram a apostar na educação como chave-mestra para um nicho específico: o mercado de anjos-investidores.

Com esse objetivo em mente, em 2020 criei a Smart Money Education (SME), uma escola de dinheiro inteligente e de negócios inovadores.

A expressão Smart Money serve para descrever os investidores que além de aportar capital serão um diferencial importante para uma startup. Ou seja, ensinamos que ser um bom investidor vai muito além da questão financeira.

Eu aprendi, por exemplo, que o planejamento é vital para todo o empreendimento que pretende dar certo, que não há empresa forte que tenha começado no “achismo” e sobreviveu de forma rentável.

Por isso, toda educação na SME gira em torno de mostrar que uma startup é uma empresa que desde o seu nascimento é projetada para escalar e crescer diante de uma oportunidade identificada, de uma tendência ou descoberta de uma solução para um problema, mas tudo em que ser planejado e medido.

Por outro lado, assim como a palavra startup passou a fazer parte do conhecimento e até do dia a dia dos brasileiros, o termo investidor-anjo vem ganhando destaque, e com os realities shows sobre esse tipo de atividade, recebeu ainda mais notoriedade.

Obviamente que isso é excelente por dois motivos. Primeiro, jogam luz sobre muitos novos negócios promissores e fazem com que empresários por trás das startups busquem se qualificar antes de procurar por aporte.

Segundo, desperta nos empreendedores e pessoas interessadas nesse tipo de negócio a necessidade de se preparem com afinco antes de começarem a investir.

E por que esse negócio tem chamado tanto a atenção? Pelas cifras que movimenta com velocidade. Para que se tenha uma ideia, segundo pesquisa realizada pela Anjos do Brasil, organização sem fins lucrativos que fomenta o crescimento do investimento-anjo para o apoio ao empreendedorismo de inovação brasileiro, o valor aportado por investidores-anjo no Brasil mais do que dobrou na última década, saltou de R$ 450 milhões para cifras acima de R$ 1 bilhão em 2019.

Há um tempo, o grande dilema no mundo corporativo era a questão "Como Davi irá enfrentar Golias?", ou seja, como pequenas empresas, em estágio inicial, vão competir com as empresas consolidadas no mercado.

No entanto, agora, são as startups que desafiam as grandes estruturas, pois elas crescem rapidamente sem necessariamente aumentar o custo da operação.

Hoje, o cenário mudou e o que vemos é o "Como Golias enfrenta Davi?", afinal, com a disseminação da atividade e com centenas de cases de sucesso espalhados pelo país, muitos empresários e executivos desejam se tornar investidores-anjo com o objetivo de multiplicar o seu capital e apostar nas startups.

Nesse sentido, o meu papel hoje na Smart Money Education (SME), é mostrar os caminhos para uma empresa deslanchar, apresentar maior valuation, ser reconhecida pelo mercado e consequentemente, tornar a participação do investidor-anjo uma escalada com retorno almejado.

Só que todo esse trâmite precisa seguir algumas regras, sendo uma delas essencial: a busca de conhecimento para operar nesse mercado.

Afinal, o mundo dos negócios traz novas atualizações e estratégias todos os dias e a tecnologia avança, trazendo soluções cada dia mais impactantes.

Por isso, quem não busca entender todas as evoluções da sociedade, acaba por não entender as necessidades de cada cultura, cada nicho de negócios e, com isso, pode deixar de investir e perder oportunidades únicas.

Nesse ecossistema, a busca pelo conhecimento é fundamental para empreender de forma inovadora e fazer do Brasil um país de oportunidades.

* Theo Braga é um jovem anjo-investidor, CEO da Smart Money Education (SME), escola que promove e instiga a ousadia em líderes e empreendedores para que eles façam diferente dos demais investidores e players de mercado.

Para mais informações sobre investimento clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Image 360



Sebrae aproxima startups e empresas inovadoras de investidores

Programa Capital Empreendedor 2022 está com inscrições abertas até o dia 15 de maio


Fintech especializada em cashback agora passa oferecer conta digital

Startup que atuava apenas como aplicativo de recompensas em cashback investe no desenvolvimento de novos recursos para realizar transações financeiras na plataforma.

Fintech especializada em cashback agora passa oferecer conta digital

Startup mineira discute tendências tecnológicas do mercado de comércio conversacional

Evento de Take Blip acontece no dia 18 de maio, em São Paulo, e contará com painéis da META, Nestlé, Mercado Pago, Riachuelo e outras grandes empresas.


Startup leva a educação do futuro para as escolas

Programa idealizado pela StarHire365 leva as competências e habilidades fundamentais do século XXI para a grade curricular do ensino fundamental

Startup leva a educação do futuro para as escolas

Startup gera economia de mais de R$ 2 milhões na conta de energia dos mineiros em 2021

Evolua Energia contribuiu diretamente para a preservação de mais de 20 mil litros de água, 840 kg de madeira, redução de 140 toneladas de emissão de carbono e 140 kg de lixo.

Startup gera economia de mais de R$ 2 milhões na conta de energia dos mineiros em 2021


Startup cria tecnologia que ajuda a driblar alta de preços nos combustíveis

Ferramenta conduz melhor a gestão de frotas, tornando-a mais eficiente - e mais barata.

Startup cria tecnologia que ajuda a driblar alta de preços nos combustíveis

Yamaha Motor lidera rodada de investimento na startup ARPAC

ARPAC desenvolve e opera drones para monitoramento de sanidade de lavouras.

Yamaha Motor lidera rodada de investimento na startup ARPAC

Startup do agronegócio desenvolve diagnósticos biológicos do solo usando IA

A empresa está em busca do seu primeiro investimento depois de passar por programa de aceleração da Bluefields.


3 Startups que estão revolucionando o marketing

Seja qual for a área de atuação de uma empresa, o marketing é extremamente importante para garantir o seu sucesso e crescimento.


Startup cresce 75% com tecnologia para seleção e recrutamento

Com velocidade de startup, curitibana Selecty lança versão 4.0, pivota modelo de negócios e já colhe bons resultados.

Startup cresce 75% com tecnologia para seleção e recrutamento

Startup CertifiCafé conecta produtores com o mercado para atrair investidores

Única startup brasileira que faz parte do Sustainable Coffee Challenge, Certificafé é destaque no portfólio da NovoAgro Ventures.