Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como a internet 5G deve revolucionar a indústria

Como a internet 5G deve revolucionar a indústria

29/11/2018 Paul-Christian Britz (md)

Nova geração de rede móvel promete ampliar as possibilidades da produção e da indústria de entretenimento.

Como a internet 5G deve revolucionar a indústria

Para iniciantes – o que é 5G?

A resposta curta: é a internet móvel 100 vezes mais rápida do que a atual, com transferências de dados quase em tempo real.

Resposta mais longa: 5G é a abreviação para "quinta geração de redes móveis”, sucessora da 4G (2010) também conhecida como LTE. A rede 5G vem com duas grandes vantagens: a primeira é a velocidade de download, de até 10 gigabits por segundo. Isso significa que, com ela, é possível baixar um filme em DVD normal (5 GB) em cerca de meio segundo apenas. Já no caso de um filme em 4K (mais de 100 GB), é possível tê-lo em cerca de 10 segundos, superando até mesmo a velocidade de uma conexão wi-fi. Talvez ainda mais importante seja a segunda vantagem: o atraso da transferência de dados, conhecido como latência, durará apenas milissegundos. Isso significa que dados podem ser transferidos quase que instantaneamente, o que é um pré-requisito para tecnologias inovadoras pesadas, como condução autônoma e telemedicina.

O que os consumidores ganham?

No começo, nem tanto. Uma razão é que simplesmente não existe ainda no mercado o tipo certo de smartphone. Nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, na Coreia do Sul, o público teve a oportunidade de experimentar dispositivos 5G e assistir a vídeos em tempo real e em 360 graus de atletas competindo. Tentar o mesmo em um telefone 4G é se submeter a infinitas pausas para carregamento de vídeo. E há outro problema: até as gerações anteriores não estão disponíveis em todos os lugares. Em muitos países, o 3G (UMTS) ainda forma a espinha dorsal da infraestrutura móvel, e em muitas regiões em desenvolvimento, o 2G ainda reina (GPRS ou EDGE).

Quais indústrias vão lucrar com a 5G?

Além das operadoras de telefonia celular, que esperam transformar em lucro os pesados investimentos nessa internet móvel de alta velocidade, as montadoras de carros e outros fabricantes também estão tentando colocar as mãos nessa tecnologia. Para as montadoras, a visão é de veículos autônomos inteligentes que se comunicam diretamente para se atualizarem mutuamente em engarrafamentos e estradas.

Já o restante da indústria manufatureira espera que essa tecnologia possibilite que máquinas possam ser coordenadas para uma produção mais eficiente. Para a logística, seria um benefício equipar mercadorias (como peixes congelados, por exemplo) com minúsculos chips 5G de comunicação, que informam sobre a localização e condições do entorno, como a temperatura.

Quando o sinal 5G estará disponível?

Em março de 2019, a Coreia do Sul provavelmente se tornará o primeiro país a ter um lançamento geral do 5G em vez de apenas uma área de teste. As três principais operadoras de telefonia estão trabalhando juntas para lançar os serviços 5G no país. Nesta época, os reguladores na Alemanha apenas começarão a vender frequências para operadoras de telefonia móvel. A Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC, na sigla em inglês) começou a vender frequências de 5G em novembro deste ano. Outros que estão avançados na corrida são a China e o Japão. 



O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

"O cliente não quer mais ir até as marcas e produtos, ele quer que tudo isso chegue até ele da forma mais natural e conveniente possível."

O Futuro do Varejo está na Palma da sua Mão

Mercado de trabalho na tecnologia: é preciso transformar os ‘carlitos’

A função exercida por Carlitos em uma das produções de mais sucesso de Chaplin, hoje, foi quase inteiramente substituída por automação robótica.


Campus Party deve reunir 70 mil pessoas em Brasília

Serão mais de 350 horas de programação em cinco dias de duração

Campus Party deve reunir 70 mil pessoas em Brasília

O futuro dos meios de pagamento por aproximação

Imagine pagar o metrô, mercado, cinema e restaurante com o mesmo cartão, sem levar nem um segundo sequer para fechar cada uma dessas transações.

O futuro dos meios de pagamento por aproximação

Brasileiros vencem torneio internacional de robótica no Uruguai

Os estudantes brasileiros que participaram do torneio têm entre 9 e 16 anos

Brasileiros vencem torneio internacional de robótica no Uruguai

Indústria 4.0 impulsiona mercado de trabalho para engenheiros

Até 2020, 72% das empresas brasileiras terão alto nível de automação e os engenheiros serão necessários em áreas como inteligência artificial, eletrônica embarcada e gerência de processos.

Indústria 4.0 impulsiona mercado de trabalho para engenheiros

Sensor detecta monóxido de carbono e pode evitar casos de intoxicação

Na Argentina, são registradas 250 mortes e 2 mil casos de intoxicação pelo gás tóxico todos os anos.

Sensor detecta monóxido de carbono e pode evitar casos de intoxicação

Semáforo inteligente prevê quando alguém quer atravessar a rua

Semáforo calcula quanto tempo o farol deve ficar fechado de acordo com o número de pessoas

Semáforo inteligente prevê quando alguém quer atravessar a rua

Drones podem ter tecnologia para evitar colisões

Drones vão ganhar tecnologia anti-colisão com outras aeronaves, como aviões e helicópteros

Drones podem ter tecnologia para evitar colisões

Google suspende parte de acesso da Huawei ao Android

Novos smartphones da Huawei não terão mais acesso a serviços como Gmail e YouTube

Google suspende parte de acesso da Huawei ao Android

Brasil desenvolve capacete dobrável que cabe na bolsa

“Não existe nada igual no mundo. Desenvolvemos um acessório que protege e é do tamanho de um leque. Além disso, já estamos negociando com clientes dos EUA e França”.

Brasil desenvolve capacete dobrável que cabe na bolsa

O mercado de pagamentos está à beira de uma revolução