Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Embrapa vai usar drones para detecção e contagem de gado

Embrapa vai usar drones para detecção e contagem de gado

23/03/2019 Da Redação

Projeto foi aprovado para financiamento pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Embrapa vai usar drones  para detecção e contagem de gado

A atividade de monitorar a população de gado é essencial na gestão das fazendas pecuárias. Entretanto, nas grandes propriedades que adotam a pecuária extensiva, muito comuns no Brasil, essa contagem requer tecnologia e métodos avançados. No caso das imagens de satélites, além de não apresentar resolução espacial suficiente para identificar os animais individualmente, a presença de nuvens também compromete o monitoramento.

Coordenada pela Embrapa Informática Agropecuária o projeto tem vigência de dois anos, com início em fevereiro de 2019, e recebeu recursos de cerca de R$ 175 mil que serão investidos, principalmente, na aquisição de drones e equipamentos para processamento de imagens.

Entre os objetivos estão o desenvolvimento de uma metodologia para agrimensura pecuária usando drones equipados com câmeras de espectro visível e a criação de um algoritmo para reconhecer e contar automaticamente o gado nas imagens capturadas. Serão investigadas duas abordagens distintas: a primeira é com o uso de uma câmera convencional e a outra com uma câmera 360 graus.

A principal diferença entre as duas metodologias é que a primeira geralmente requer múltiplos voos para cobrir grandes áreas, enquanto a segunda pode ser capaz de visualizar regiões muito maiores com um único voo, embora perdendo resolução, já que os animais estão mais distantes da câmera.

Contagem do gado sem precisar reunir os animais

Conhecer o número de animais é essencial para o pecuarista fazer a gestão adequada da fazenda, contribuindo para o controle interno e a quantificação dos resultados.

Na pecuária as variações no rebanho são constantes: nascimento de animais, mortes, vendas, e até roubos. Tudo isso se reflete na hora do planejamento e na rentabilidade da atividade.

Para a contagem, o pecuarista precisa reunir os animais no pasto ou levá-los até o curral. Esse processo é complexo e exige um grande esforço. As dificuldades aumentam proporcionalmente ao tamanho da fazenda e do rebanho.

O deslocamento do gado sempre é estressante e pode afetar a produtividade. No percurso, há chances de acidentes. Além disso, o bovino passa mais tempo caminhando e deixa de se alimentar, ruminar e descansar, causando prejuízos econômicos ao produtor. O estresse reduz o ganho de peso e afeta a imunidade, deixando-o mais vulnerável a doenças.

A ideia do projeto é tentar fazer essa contagem sem reunir os animais, reduzindo o estresse. No entanto, há algumas dificuldades. É preciso treinar a máquina para enxergar o boi e contar um por um. A primeira dificuldade é que ele se movimenta. A segunda, é que o drone precisa identificar o boi lá embaixo e saber que é um bovino, não é uma pedra ou, ainda, se tiver dois animais juntos, tem que conseguir contar dois e não apenas um. A máquina precisa aprender a analisar a imagem.

Para captar as imagens, é preciso entender o comportamento dos bovinos. Dessa forma, o plano de voo e as estratégias usadas para a captação precisam levar em consideração a rotina animal, o tipo de área da fazenda, o modelo de sistema de produção, entre outras especificidades da criação e da propriedade. A interação entre os especialistas dos dois centros de pesquisa da Embrapa vai contribuir para encontrar a melhor forma para ensinar a máquina nas avaliações.

O projeto é liderado pelo pesquisador Jayme Garcia Arnal Barbedo, da Embrapa Informática Agropecuária (SP).

Fonte: Embrapa



EUA investe em reconhecimento facial nos aeroportos

O reconhecimento facial nos EUA cobrirá 97% dos passageiros nos aeroportos

EUA investe em reconhecimento facial nos aeroportos

Segurança digital é o desafio de todas as empresas

Equipes treinadas são menos suscetíveis a erros e mais preparadas para a tomada de decisões de negócios.


Como planejar as ações de Data & Analytics em 2019

As companhias deveriam investir na preparação de suas estratégias de gerenciamento dos dados.


Pen drive não precisa ser removido com segurança, diz Microsoft

O problema em remover pen drives sem a devida ejeção no Windows era o risco de corromper arquivos

Pen drive não precisa ser removido com segurança, diz Microsoft

TVs 8K chegam ao Brasil por R$ 90 mil

Samsung lança linha QLED 8K com quatro vezes mais resolução de imagem do que a TV 4K

TVs 8K chegam ao Brasil por R$ 90 mil

WhatsApp passa a pedir permissão para adicionar usuário em grupos

Aplicativo de mensagens tenta conter o avanço de notícias falsas na plataforma

WhatsApp passa a pedir permissão para adicionar usuário em grupos

Uber fecha contrato com Serpro para checar dados de veículos e motoristas em tempo real

Empresa vai poder verificar on-line se estão corretas as informações fornecidas pelos motoristas.

Uber fecha contrato com Serpro para checar dados de veículos e motoristas em tempo real

Gestão inteligente de espaços e ganho de produtividade

Empresas têm investido cada vez mais em novas tecnologias e recursos para a gestão inteligente.


Seu dinheiro já não é (e nunca mais será) o mesmo

Em tempos atuais, o modelo de mobile payment transformou a relação das pessoas com o dinheiro.


Rio recebe 1,2 mil alunos para competição de robótica

Vencedores vão participar da maior competição do mundo, nos EUA

Rio recebe 1,2 mil alunos para competição de robótica

SENAI CETIQT promove 1º Simpósio Brasileiro de Indústria Avançada

Evento vai acontecer em Fortaleza com especialistas nacionais e internacionais.


Os 30 anos da internet, uma ferramenta que mudou o mundo

Compras online, sites ou o YouTube não existiriam se há três décadas um cientista britânico não tivesse pensado em trocar informações via computador globalmente.

Os 30 anos da internet, uma ferramenta que mudou o mundo