Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Facebook será investigado por pesquisar usuários

Facebook será investigado por pesquisar usuários

02/07/2014 Da Redação

O Facebook será interrogado no Reino Unido por um teste realizado em 2012 que manipulou o feed de notícias de seus usuários.

As autoridades britânicas querem saber se a companhia infringiu as leis de proteção de dados ao realizar um estudo psicológico sem o consentimento dos participantes. A pesquisa foi realizada em parceria com a Universidade de Cornell e a Universidade da Califórnia, em San Francisco.

Durante aproximadamente uma semana, a rede social modificou o algoritmo que controla a disposição das postagens no feed de notícias de aproximadamente 700 mil contas. Os perfis foram divididos em dois grupos: o primeiro recebia apenas atualizações positivas enquanto o segundo visualizava somente notícias negativas.

Os resultados concluíram que quem recebia coisas boas era menos propenso a publicar coisas ruins, e vice-versa. Em nenhum momento os participantes do estudo foram avisados de sua participação.

Em nota, o Facebook defendeu a experiência e informou que não houve nenhuma coleta de dados desnecessária. "O estudo foi feito com a proteção adequada da informação das pessoas e estamos dispostos a responder a quaisquer perguntas dos reguladores", declarou.

Adam Kramer, co-autor do relatório sobre a pesquisa, admitiu que a companhia não possuía motivações claramente definidas. “Eu entendo porque algumas pessoas estão preocupadas com o assunto. Eu e os co-autores nos desculpamos pela forma como a pesquisa foi descrita e a ansiedade que isso causou”, declarou.

Os resultados do estudo vieram a público no último sábado, quando a revista Slate and The Atlantic divulgou o teste. O Gabinete do Comissário de Informação britânico informou que o Facebook será investigado sobre o assunto.



China cria moeda virtual para enfrentar a libra do Facebook

Moeda virtual chinesa deve ser lançada em 11 de novembro.

China cria moeda virtual para enfrentar a libra do Facebook

Google apresenta smartphone com sensores de radar

Google anuncia lançamento dos smartphones Pixel 4 nesta terça-feira (15/10).

Google apresenta smartphone com sensores de radar

Pioneiros da bateria de íons de lítio conquistam Nobel de Química

Bateria recarregável possibilitou a popularização de dispositivos eletrônicos sem fio, como celulares e notebooks.

Pioneiros da bateria de íons de lítio conquistam Nobel de Química

Astronautas da Nasa concluem caminhada espacial de 7 horas

Os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional pretendem fazer mais nove caminhadas espaciais nos próximos meses,

Astronautas da Nasa concluem caminhada espacial de 7 horas

O que fazer diante das 10 megatendências para 2025?

O que fazer diante das 10 megatendências para 2025?

O que fazer diante das 10 megatendências para 2025?

Exoesqueleto ajuda homem tetraplégico a andar novamente

O equipamento é controlado a partir de implantes no cérebro.

Exoesqueleto ajuda homem tetraplégico a andar novamente

Empresas de desenvolvimento e manutenção de aplicativos crescem no país

Dados do Empresômetro revelam que atualmente, cerca de 70 mil empresas oferecem esse serviço.

Empresas de desenvolvimento e manutenção de aplicativos crescem no país

Brasileira ganha prêmio da ONU com projeto para filtrar água

É a primeira vez que uma brasileira recebe o prêmio..

Brasileira ganha prêmio da ONU com projeto para filtrar água

Alunas do CEFET-MG criam detector de choro para pais com deficiência auditiva

Um projeto de alunas do curso técnico em Eletrônica do CEFET-MG foi selecionado para participar da 20ª edição do UFMG Jovem.


A revolução virtual é realidade

O mundo real e o virtual estão cada vez mais próximos e correlacionados um com o outro.


Porsche lança seus primeiros carros elétricos

Montadora alemã aposta em um esportivo de luxo para competir com a Tesla.

Porsche lança seus primeiros carros elétricos

Apple projeta óculos de realidade aumentada

Não há uma palavra oficial sobre a data de lançamento do possível AR da Apple, mas é provável que seja até o final de 2020.

Apple projeta óculos de realidade aumentada