Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Nintendo encerra operações no Brasil

Nintendo encerra operações no Brasil

09/01/2015 Da Redação

A Nintendo anunciou nesta sexta-feira (9) que não distribuirá mais jogos e consoles no Brasil.

A partir deste mês, a Gaming do Brasil, empresa subsidiária da Juegos de Video Latinoamérica, não distribuirá mais os produtos da Nintendo no Brasil. A Gaming do Brasil distribuiu os produtos da Nintendo no país pelos últimos quatro anos.

“O Brasil é um mercado importante para a Nintendo e lar de muitos fãs apaixonados mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável”, disse Bill van Zyll, Diretor e Gerente Geral para América Latina da Nintendo of America.

Estes desafios incluem as altas tarifas sobre importação que se aplicam ao nosso setor e a nossa decisão de não ter uma operação de fabricação local. Trabalhando junto com a Juegos de Video Latinoamérica, iremos monitorar a evolução do ambiente de negócios e avaliar a melhor maneira de servir nossos fãs brasileiros no futuro”.

Apesar das mudanças no Brasil, a Juegos de Video Latinoamérica continua a ser a distribuidora da Nintendo para a América Latina. “Somos parceiros da Nintendo na distribuição de seus produtos na América Latina há 14 anos e continuamos comprometidos com a marca. E, enquanto nenhuma outra mudança está planejada para outros mercados da região, estamos em uma posição em que precisamos reavaliar nossa abordagem na distribuição no Brasil”, explica Bernard Josephs, CEO da Juegos de Video Latinamérica.

"Continuaremos a monitorar o ambiente no país para que possamos avaliar futuras oportunidades".



Aplicativo facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Keep Charged permite localizar pontos de carregamento de celular, banheiros públicos e até sinal de Wi-fi.

Aplicativo facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Brasil sofreu 15 bilhões de ataques cibernéticos em 3 meses, diz estudo

Ameaças cibernéticas estão crescendo em ritmo alarmante, tanto em quantidade quanto em sofisticação.

Brasil sofreu 15 bilhões de ataques cibernéticos em 3 meses, diz estudo

Como o uso de drones vem transformando a construção civil

Tecnologia é capaz de otimizar o tempo, reduzir custos e aceleração dos resultados.

Como o uso de drones vem transformando a construção civil

Living Lab – como será o futuro das cidades?

“Além de uma vitrine para que prefeitos possam ver o funcionamento das tecnologias num ambiente real, o Living Lab é um grande local de testes”.

Living Lab – como será o futuro das cidades?

Brasil cai duas posições no principal ranking internacional de inovação

Desempenho no Índice Global de Inovação reforça necessidade de investir em inovação no país.

Brasil cai duas posições no principal ranking internacional de inovação

Hub de inovação em bionegócios lança nova oportunidade para startups

BiotechTown abre inscrições para a 2ª edição de Programa de Desenvolvimento de Negócios, com investimentos de R$ 150 mil por empresa.


Rumo e Senai lançam edital de inovação para o setor ferroviário

Processo irá selecionar projetos de inovação para o desenvolvimento de soluções tecnológicas em materiais e estruturas para a logística ferroviária.

Rumo e Senai lançam edital de inovação para o setor ferroviário

Cinco inovações que surgiram de um erro

Conheça os produtos que hoje são sucesso mas que nasceram de erros.

Cinco inovações que surgiram de um erro

Os desafios da integração homem-máquina

Um dos maiores medos da atualidade é a inteligência artificial.

Os desafios da integração homem-máquina

Missão Apolo, 50 anos do homem na lua

Dia 16 de julho de 1969 foi a data de partida da missão Apolo 11 com destino à lua.

Missão Apolo, 50 anos do homem na lua

Concurso Desafio IoT promove visibilidade para startups

Vencedores serão remunerados e participarão da Technology Hub Brasil 2019.


Brasileiros confiam mais na tecnologia do que em seres humanos

Estudo mostra que mais da metade dos brasileiros prefere que suas informações estejam nas mãos da tecnologia

Brasileiros confiam mais na tecnologia do que em seres humanos