Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Número de aeronaves categoria experimental cresce quase 70% em dez anos

Número de aeronaves categoria experimental cresce quase 70% em dez anos

11/05/2019 Da Redação

Engenheiro aeronáutico aponta cuidados com uso desses equipamentos.

Número de aeronaves categoria experimental cresce quase 70% em dez anos

Aviões experimentais podem ser comprados em kits e montados pelos proprietários (Tecnam)

O número de aeronaves categoria experimental cresceu quase 70% nos últimos dez anos. Em 2009, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) registrou 3.764 unidades contra 5.665 em 2019. O segmento é composto por entusiastas como pilotos, engenheiros, administradores, na sua maioria autodidatas, que desenvolvem aeronaves de pequeno porte para uso pessoal em voos desportivos ou de lazer.

O engenheiro Shailon Ian, CEO da Vinci Aeronáutica, explica que os órgãos reguladores de várias partes do mundo permitem a existência dessas aeronaves sem o processo de certificação: “Isso provavelmente inviabilizaria a categoria de aeronaves experimentais, que representam um importante segmento do setor pelos entusiastas em projetar, construir e voar nas suas máquinas”.

Apesar de não passar por processo formal de certificação do projeto e da produção, os proprietários de aeronaves experimentais devem seguir as regras de operação estabelecidas pela autoridade aeronáutica. “Entre elas, duas são muito importantes e aumentam a segurança não apenas do usuário do equipamento, mas também da população em geral. Esses equipamentos não podem sobrevoar áreas densamente povoadas e também não podem ser utilizados em atividades remuneradas”, ressalta Shailon Ian.

As aeronaves de categoria experimental geralmente possuem peso máximo de decolagem inferior a 650kg. Esses equipamentos têm capacidade de transporte de dois passageiros, incluindo o piloto, e os motores são convencionais, com hélices de passo fixo. A simplicidade é a marca de construção e operação na aviação experimental.

“Hoje encontramos ‘aeronaves experimentais’ com motores a reação, capacidade para mais de sete passageiros, velocidades de cruzeiro iguais ou superiores às de aeronaves certificadas, e por preços equivalentes ao de aviões certificados. Tais exageros, embora poucos, são um claro desvio à intenção da regulamentação, usando de interpretações da mesma para fugir dos custos e dos testes necessários para garantir a segurança mínima de seus produtos”, avalia o engenheiro.

Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada - (11) 3266-6088



A revolução virtual é realidade

O mundo real e o virtual estão cada vez mais próximos e correlacionados um com o outro.


Porsche lança seus primeiros carros elétricos

Montadora alemã aposta em um esportivo de luxo para competir com a Tesla.

Porsche lança seus primeiros carros elétricos

Apple projeta óculos de realidade aumentada

Não há uma palavra oficial sobre a data de lançamento do possível AR da Apple, mas é provável que seja até o final de 2020.

Apple projeta óculos de realidade aumentada

Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço

Em 2011, os Estados Unidos enviaram um robô humanoide ao espaço.

Rússia envia seu primeiro robô humanoide ao espaço

Internet 5G estará disponível em 60% do mundo até 2025

Estudo encomendado pela chinesa Huawei prevê que 6,2 bilhões de pessoas terão acesso à tecnologia.

Internet 5G estará disponível em 60% do mundo até 2025

Aplicativo facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Keep Charged permite localizar pontos de carregamento de celular, banheiros públicos e até sinal de Wi-fi.

Aplicativo facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Brasil sofreu 15 bilhões de ataques cibernéticos em 3 meses, diz estudo

Ameaças cibernéticas estão crescendo em ritmo alarmante, tanto em quantidade quanto em sofisticação.

Brasil sofreu 15 bilhões de ataques cibernéticos em 3 meses, diz estudo

Como o uso de drones vem transformando a construção civil

Tecnologia é capaz de otimizar o tempo, reduzir custos e aceleração dos resultados.

Como o uso de drones vem transformando a construção civil

Living Lab – como será o futuro das cidades?

“Além de uma vitrine para que prefeitos possam ver o funcionamento das tecnologias num ambiente real, o Living Lab é um grande local de testes”.

Living Lab – como será o futuro das cidades?

Brasil cai duas posições no principal ranking internacional de inovação

Desempenho no Índice Global de Inovação reforça necessidade de investir em inovação no país.

Brasil cai duas posições no principal ranking internacional de inovação

Hub de inovação em bionegócios lança nova oportunidade para startups

BiotechTown abre inscrições para a 2ª edição de Programa de Desenvolvimento de Negócios, com investimentos de R$ 150 mil por empresa.


Rumo e Senai lançam edital de inovação para o setor ferroviário

Processo irá selecionar projetos de inovação para o desenvolvimento de soluções tecnológicas em materiais e estruturas para a logística ferroviária.

Rumo e Senai lançam edital de inovação para o setor ferroviário