Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O reúso de água no setor automotivo

O reúso de água no setor automotivo

17/11/2021 Diogo Taranto

O reúso de água – prática atualmente indispensável nos setores industriais e até dentro do cenário urbano, tem cada vez mais ganhado força por meio dos benefícios técnicos, financeiros e socioambientais que ele proporciona.

O reúso de água no setor automotivo

Dentre os mais diversos setores industriais, o automotivo merece ser analisado com profundidade. Esse setor está entre os que apresentam cases relevantes e impressionantes pelo reúso de água em suas operações. Puxado por pressão de grandes players, ele avançou muito nos últimos anos, mas ainda carece de expressivos investimentos, principalmente quando olhamos para a cadeia de autopeças ou de fornecedores que atuam, exclusivamente, para atender a esse mercado.

Atualmente é muito difícil apontar uma montadora, como exemplo, que não possua reúso de água em suas fábricas. Há cases admiráveis, como o da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) que em suas três fábricas no País alcança a impressionante marca de 99,17% de reúso de toda a água em circulação. O louvável patamar é fruto de investimentos na ordem de R$ 10 milhões na construção de um sistema de tratamento de efluentes e reúso da água iniciado na década de 90.

A Toyota é outra montadora com um robusto projeto de gestão de água e com metas ousadas como a de diminuir em 35% a utilização do líquido em cada automóvel produzido até 2025.

Há ainda muitas outras montadoras com projetos de reúso de água cujo volume anual economizado alcança cerca 70% do consumo bruto, causando um impacto significativo na redução do custo deste recurso nas atividades cotidianas e propiciando um rápido payback do investimento realizado.

As aplicações da água de reúso são das mais diversas, desde a utilização para lavagem de peças e locais de produção, até aplicação na própria produção, mediante o uso de tecnologias avançadas de tratamento, que produzem uma qualidade de água que atendem aos mais elevados parâmetros requisitados, superiores, inclusive, a água fornecida pelas concessionárias públicas.

Porém, se por um lado as gigantes multinacionais caminham para ampliarem cada vez mais seus níveis de reúso e tratamento de efluentes, as indústrias periféricas ainda carecem de conhecimento técnico, incentivos e implantação de projetos eficientes.

Algumas montadoras exigem rigorosos padrões de compliance de seus fornecedores, incluindo a chamada ESG - Environmental, Social and Governance, que contempla as avaliações de políticas ambientais e gestão de água. Mas sabemos que a uniformidade em um País como o Brasil é algo extremamente complexo, algumas empresas operam aquém do que deveriam e outras, à margem da legislação.

Mas os benefícios em trilhar o caminho correto são imensos. A aplicação de medidas sustentáveis é condição indispensável para a obtenção de certificações e incentivos fiscais, refletindo diretamente na reputação das marcas perante seus públicos de interesse.

A preservação dos recursos hídricos é uma questão urgente em âmbito global. O reúso de água no setor automotivo promove economia de milhares de litros diariamente, o que contribui com a sustentabilidade e a disponibilidade do recurso para as próximas gerações.

A indústria automotiva corre contra o tempo em uma metamorfose para produzir veículos mais eficientes e movidos a fontes de energias renováveis. A água, o bem mais precioso, precisa ser protagonista nessa nova fase industrial.

* Diogo Taranto é diretor de Desenvolvimento de Negócios no Grupo Opersan, especializado em soluções ambientais para o tratamento de águas e efluentes.

Para mais informações sobre a Água clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Amanajé Comunicação



Metaverso na construção civil: o futuro é virtual

O metaverso que constrói o mundo virtual de Snow Crash, livro de Neal Stephenson de 1992, é daqueles shows de ficção que enredam o leitor do começo ao fim.

Metaverso na construção civil: o futuro é virtual

Pode Mushe (XMU) vencer Decentraland e The Sandbox?

O token Mushe (XMU) criará forte competição para o Decentraland (MANA) e The Sandbox (SAND).

Pode Mushe (XMU) vencer Decentraland e The Sandbox?

Mercado de soluções 5G no Brasil deve chegar a R$ 101 bilhões

Estudo foi apresentado pelo Ministério da Economia.

Mercado de soluções 5G no Brasil deve chegar a R$ 101 bilhões

Quatro principais dúvidas sobre TVs QLED

Tecnologia segue evoluindo e garante imagens mais nítidas e reais.

Quatro principais dúvidas sobre TVs QLED

GOL anuncia integração com Alexa, inteligência artificial da Amazon

Disponível para download na Skill Store da Amazon, novidade permite que os Clientes da Companhia possam consultar o status de voo via comando de voz.

GOL anuncia integração com Alexa, inteligência artificial da Amazon

Publicidade customizada é o futuro da TV aberta

O novo recurso, já em desenvolvimento para a TV 3.0, permitirá que anunciantes e emissoras criem conteúdos mais direcionados à localização e às preferências do telespectador.

Publicidade customizada é o futuro da TV aberta

SpaceX inicia nova missão e coloca nanossatélite da UnB em órbita

Projeto pretende trazer novas soluções de enlaces nas faixas de frequências de rádio amador.

SpaceX inicia nova missão e coloca nanossatélite da UnB em órbita

Mais de 4 milhões de metros de cabos de telecomunicações foram roubados em 2021

Pelo terceiro ano seguido o volume de cabos roubados passa de 4 milhões de metros. Ações criminosas deixaram mais de 6 milhões de clientes sem serviço no ano passado.

Mais de 4 milhões de metros de cabos de telecomunicações foram roubados em 2021

Conselho Federal de Medicina regulamenta a cirurgia robótica

Regras para o procedimento foram publicadas no Diário Oficial da União.

Conselho Federal de Medicina regulamenta a cirurgia robótica

Brasília sedia a maior feira de tecnologia do mundo

Campus Party também será realizada em São Paulo, em julho.

Brasília sedia a maior feira de tecnologia do mundo

Tecnologia auxilia na gestão de instituições privadas

Softwares têm o desafio de conciliar administrativo e pedagógico; necessidade do ensino remoto intensificou o processo.

Tecnologia auxilia na gestão de instituições privadas

Como empresas de tecnologia podem aproveitar a estratégia para ampliar sua atuação

Em um cenário em que as empresas estão implantando políticas de ESG para enfrentar os desafios das mudanças climáticas e das novas demandas sociais, como a tecnologia pode contribuir para esse objetivo?

Como empresas de tecnologia podem aproveitar a estratégia para ampliar sua atuação