Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Air Europa assina acordo de codeshare com GOL

Air Europa assina acordo de codeshare com GOL

04/12/2019 Da Redação

Air Europa voará de São Paulo, Recife, Salvador e Fortaleza para outras 20 cidades do Brasil, com base na aliança efetivada com a companhia aérea brasileira.

Air Europa assina acordo de codeshare com GOL

A Air Europa deu um passo adiante em seu desenvolvimento internacional e, a partir de janeiro de 2020, voará para mais de 20 cidades brasileiras saindo de São Paulo, Recife, Fortaleza e Salvador, com o acordo de codeshare feito com a GOL Linhas Aéreas, a maior companhia aérea doméstica do Brasil em participação de mercado.

Essa aliança permitirá à Air Europa implementar seu código em 78 voos domésticos e oferecer a seus passageiros da Europa - via Madri - conectividade perfeita e uma ampla variedade de voos, apresentando algumas das cidades mais importantes do Brasil. Assim, estenderá o contrato entre companhias aéreas atualmente em vigor.

O acordo de codeshare com a GOL foi aplicado através do compromisso que a Air Europa assumiu com o Brasil e do compromisso de desenvolver seu crescimento internacional com maior conectividade doméstica no país.

As sinergias geradas por esse contrato também se traduzirão em maior tráfego turístico europeu para o Brasil e vantagens significativas para os passageiros que viajam em voos compartilhados, como compra de um bilhete único, check-in único e conexões mais convenientes e fáceis com tempo de espera mínimo.

Este acordo significa que a Air Europa reafirmou seu compromisso com o Brasil, onde atua há mais de 20 anos. Atualmente, a companhia aérea tem voos diretos para Madri saindo de São Paulo, Salvador e Recife. A partir do final de dezembro, também voará para a cidade de Fortaleza, completando sua presença no triângulo turístico do nordeste do Brasil.

A parceria também inclui o acordo entre a Air Europa SUMA e a Smiles, os respectivos programas de fidelidade de ambas as companhias aéreas, permitindo que os passageiros acumulem e resgatem milhas em seus voos.

Fonte: MAPA Comunicação Integrada



Para fazer certo na primeira vez

O País não terá fabricação significativa de carros elétricos ou autônomos em breve.

Para fazer certo na primeira vez

Primeiras entregas de medicamentos usando drones acontecem nos EUA

Órgão regulador dos Estados Unidos aprovou as primeiras entregas através de voos automáticos.

Primeiras entregas de medicamentos usando drones acontecem nos EUA

A oportunidade Rota 2030

O Rota 2030 impulsionará a indústria brasileira, que está intimamente ligada à tecnologia de materiais.

A oportunidade Rota 2030

Novos rumos para os aeroportos

Os investimentos em infraestrutura são fundamentais para o desenvolvimento econômico brasileiro nos próximos anos.

Novos rumos para os aeroportos

Volvo inicia vendas de caminhões elétricos para transporte urbano na Europa

As vendas iniciarão na Suécia, Noruega, Alemanha, Suíça, França e Países Baixos.

Volvo inicia vendas de caminhões elétricos para transporte urbano na Europa

Produção de veículos cresce 16,6% em outubro, divulga Anfavea

Nos primeiros dez meses do ano, foram produzidos 2,55 milhões de veículos, um aumento de 3,6% em relação ao mesmo preiodo do ano passado.

Produção de veículos cresce 16,6% em outubro, divulga Anfavea

Carros autônomos serão aliados na administração das cidades

Tecnologias desenvolvidas para criar carros autônomos podem coletar dados de grande utilidade para a implantação de políticas públicas de mobilidade e até zeladoria urbana.

Carros autônomos serão aliados na administração das cidades

Bombas de combustíveis terão certificação digital a partir de dezembro

Tesla ultrapassa GM como montadora mais valiosa dos EUA

Aconteceu. Nesta semana, a Tesla, montadora de carros elétricos criada em 2003, ultrapassou a centenária General Motors em valor de mercado.

Tesla ultrapassa GM como montadora mais valiosa dos EUA

Rota 2030, híbridos e novos motores

A Toyota lança o primeiro veículo híbrido com motor flex do mundo.


Falta de concorrência prejudica qualidade do asfalto no país, diz CNT

Estudo mostra os impactos da qualidade do asfalto sobre o transporte rodoviário.

Falta de concorrência prejudica qualidade do asfalto no país, diz CNT

Número de pontos críticos nas rodovias aumenta em 75,6%

Pesquisa da CNT analisa mais de 108 mil km de rodovias em todo país.

Número de pontos críticos nas rodovias aumenta em 75,6%