Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Bicicletas fabricadas com bambu conquistam alemães

Bicicletas fabricadas com bambu conquistam alemães

04/02/2011 Divulgação

Projeto nasceu na Universidade Técnica de Berlim e já ganhou as ruas da capital alemã. Os precursores na Alemanha dizem, no entanto, que as "bamboo-bikes" sugiram há mais de 100 anos.

Se você usa a bicicleta como meio de transporte, certamente já possui uma grande consciência ambiental. Agora imagine se tivesse a oportunidade de fabricar sua própria bicicleta, e ainda pudesse utilizar um recurso renovável como matéria prima. Em Berlim, os ciclistas já comemoram a novidade que nasceu dentro da Universidade Técnica (TU): as bamboo-bikes. O bambu é uma planta geralmente confundida com madeira por possuir um caule lenhificado.

As bicicletas fabricadas com o quadro desse material surgiram na Alemanha em 2008, através da Grüne Uni, um grupo de pesquisa, vinculado à TU, que trabalha com energias renováveis, biomateriais e sustentabilidade. Em pouco tempo, a pesquisa se transformou em outro projeto independente, e os precursores das bamboo-bikes em Berlim criaram uma oficina especializada na fabricação desse tipo de transporte. E o melhor: eles passaram a oferecer workshops aos interessados em fabricar a própria bicicleta.

Bambu alemão

De acordo com Thomas Finger, estudante de Tecnologia Aeroespacial da TU e um dos fundadores da oficina, a iniciativa pretende fabricar o maior número possível de bicicletas a partir de recursos naturais renováveis. "Nosso objetivo é produzir bicicletas não apenas a partir do bambu, mas também de outros tipos de biomateriais, como a madeira e as plantas da espécie Cannabis", ressalta. O estudante também explica também que as bicicletas de bambu não representam uma invenção alemã. Segundo ele, elas começaram a ser fabricadas há mais de 100 anos por uma firma inglesa, e hoje também são vendidas nos Estados Unidos. Apesar de já utilizarem bambu cultivado na própria Alemanha, os responsáveis pela oficina contam que também utilizam bambu vindo da Ásia, África e América Latina. Os fornecedores da matéria prima geralmente são arquitetos e outros profissionais que trabalham com sustentabilidade.

Faça você mesmo

Para participar do workshop Berlin-Bamboo-Bikes não é preciso conhecimento prévio sobre montagem de bicicletas. Basta apenas fazer a inscrição e atentar para alguns detalhes. "Nós pedimos geralmente que os participantes tragam peças de antigas bicicletas que serão juntadas ao quadro de bambu, e roupas adequadas para trabalhar com um tipo de cola especial", orienta Finger. Os cursos são realizados geralmente em um final de semana, e um dos procedimentos mais importantes para garantir uma bicicleta de qualidade é utilizar uma tinta especial que vai proteger o bambu de eventuais chuvas. O custo total de um workshop, incluindo a própria bamboo-bike, é de 222 euros e o dinheiro é destinando à manutenção da oficina. Para quem tem dúvidas sobre a capacidade de fabricar a própria bicicleta, os coordenadores do projeto são bastante enfáticos.

"Fazer uma bicicleta de bambu é como assar um bolo, ou seja, qualquer um pode fazer e nós ainda a garantimos que você sairá daqui com um produto de qualidade", afirma Tobias Rudolph, um dos instrutores do workshop. Nas ruas da capital alemã, as bicicletas de bambu conquistam cada vez mais adeptos e orgulham os responsáveis pela disseminação da idéia no país. "As pessoas sempre me param para fazer perguntas sobre a bicicleta. Quando eu saio de casa, bastam apenas uns 30 minutos para que eu seja abordado por alguém", orgulha-se Johannes Fischer, dono de uma das primeiras bamboo-bikes da capital alemã. A novidade também já se espalhou por outras cidades alemãs e até em países vizinhos. Segundo os instrutores do workshop, as últimas edições já contaram com participantes vindos de cidades como Bremen e Mannheim. Para o próximo workshop, marcado para fevereiro de 2011, já estão até inscritos participantes da Suíça.

Reconhecimento pela iniciativa

Para os idealizadores da iniciativa Berlin-Bamboo-Bikes, é importante enfatizar que a substituição do automóvel por qualquer tipo de bicicleta já representa um grande avanço para reduzir a emissão de CO2 na atmosfera. No entanto, o grupo faz questão de ressaltar as vantagens para quem quer contribuir ainda mais para combater o problema. "A fabricação dos quadros de bambu pode diminuir ainda mais os gastos de energia para a fabricação dos quadros de metal. Além disso, essas bicicletas são mais leves e atingem a mesma velocidade das bicicletas fabricadas pelas indústrias", afirma Fischer que, depois de trocar a bicicleta de alumínio pela bamboo-bike, acabou envolvido no projeto. Além de ter ganhado a simpatia dos ciclistas berlinenses, as bicicletas de bambu também já foram apontadas como uma idéia inovadora para o país. Em abril de 2010, o projeto foi incluído no "Alemanha – País das idéias", uma premiação do governo federal que aponta experiências inovadoras na área da ciência, economia, arte e cultura.

Para mais informações acesse o site DW-World.



Venda de veículos elétricos dispara em 2021

Nissan Leaf foi o carro totalmente elétrico mais vendido do Brasil.

Venda de veículos elétricos dispara em 2021

A mobilidade conectada a um carregador

A eletricidade está invadindo o setor automobilístico. E isso porque há um abismo de vantagens separando as opções de fontes de energia hoje disponíveis.

A mobilidade conectada a um carregador

2022: um ano para a aviação brasileira decolar

Setor no Brasil apresenta melhora no ambiente de negócio com aquecimento da atividade turísticas, privatizações de aeroportos e mudanças na legislação.

2022: um ano para a aviação brasileira decolar

Mobilidade elétrica: como o setor elétrico se adapta à tendência

Nos tempos atuais, é cada vez mais nítida a ideia de que os veículos do futuro serão elétricos.

Mobilidade elétrica: como o setor elétrico se adapta à tendência

Emplacamentos em 2021 crescem 10,5%, diz Fenabrave

Para 2022, a Fenabrave prevê um crescimento de 5,2% do setor.

Emplacamentos em 2021 crescem 10,5%, diz Fenabrave

Uma boa nova para pessoas com deficiência começarem 2022

A proposta surgiu durante as observações que fiz em minhas viagens de trabalho pelo Brasil.

Uma boa nova para pessoas com deficiência começarem 2022

Voltam a valer regras antigas para remarcação de passagens

Agora, o passageiro que fizer o cancelamento do voo pode ter que pagar multa.

Voltam a valer regras antigas para remarcação de passagens

Motorista não pagará DPVAT pelo segundo ano seguido

Excedente de recursos cobrirá indenizações em 2022.

Motorista não pagará DPVAT pelo segundo ano seguido

Prepare seu carro para uma viagem segura

Usando veículo próprio ou alugado, é preciso tomar alguns cuidados para não ficar na estrada.

Prepare seu carro para uma viagem segura

Os novos furgões elétricos Citroën Ë-Jumpy e Peugeot e-Expert

O e-Expert e Ë-Jumpy são o mesmo carro, diferenciado apenas os logos e alguns detalhes visuais de acabamento.

Os novos furgões elétricos Citroën Ë-Jumpy e Peugeot e-Expert

A ferrovia de volta às suas origens

O Marco Legal das Ferrovias, aprovado em outubro pelo Senado e na segunda-feira (13/12) pela Câmara dos Deputados, tende a recolocar a ferrovia brasileira no lugar de onde nunca deveria ter saído.

A ferrovia de volta às suas origens

Rodovias contarão com eletropostos para carros híbridos e elétricos em 2022

Parceria da EcoRodovias com a Volvo Car Brasil levará para rodovias que atendem oito estados brasileiros novos pontos de carga para veículos elétricos e híbridos.

Rodovias contarão com eletropostos para carros híbridos e elétricos em 2022