Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Boas rodovias também salvam vidas

Boas rodovias também salvam vidas

26/04/2021 Luiz Augusto Pereira de Almeida

Somente nas rodovias federais em 2020, ocorreram 63.447 acidentes, com 5.287 óbitos.

Boas rodovias também salvam vidas

Os danos causados pela precariedade das estradas são imensos no Brasil, abrangendo a perda de vidas em acidentes, prejuízos econômicos e impactos negativos no turismo doméstico. E a situação tem piorado, conforme demonstra a 23ª edição da Pesquisa de Rodovias da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e do Sest Senat. O estudo, referente a 2019, constatou problemas em 59% da extensão dos trechos avaliados, ante 57%, em 2018, incluindo o pavimento, sinalização a geometria das vias.

Outro levantamento revela que, somente nas rodovias federais em 2020, ocorreram 63.447 acidentes, com 5.287 óbitos. Apesar da redução de 5,9% em relação ao ano anterior, é um número que segue muito elevado. Em 2020, registraram-se 14 mortes por dia. Esses dados constam do Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários.

Outro problema é demonstrado em trabalho da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), feito em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq): o Brasil perde 0,13%, 0,17% e 0,10%, respectivamente, de todo o arroz, trigo e milho transportados pelas estradas até os portos de embarque para exportação. A principal causa desse desperdício de alimentos é a precariedade das vias.

A solução desse gargalo nos transportes parece ainda distante, embora seja prioritária, pois está incluída no déficit geral da infraestrutura, para a qual faltam recursos, fator agravado na pandemia da Covid-19. A Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib) estima que sejam necessários investimentos anuais de aproximadamente 4,5% do PIB, durante uma década, para se promover a modernização e adequação do setor à demanda nacional. Hoje, esse aporte de capital está em torno de 1,9% do PIB.

Mais grave do que os empreendimentos por fazer é o fato de haver numerosos paralisados e inúmeros projetos que sequer saíram do papel. O Tribunal de Contas da União (TCU) analisou, no final de 2019, mais de 30 mil obras públicas financiadas com recursos federais, incluindo estradas. Mais de 30% foram consideradas paradas ou inacabadas, correspondendo a quase 20% do investimento previsto. Além dos prejuízos e perda de recursos do erário, ainda se deixa de atender os setores produtivos e a sociedade.

Um exemplo de empreendimento muito importante, cujos projetos têm sido há muito protelados, refere-se à duplicação da rodovia "Doutor Manuel Hipólito Rego" (SP-55), o trecho paulista da Rio-Santos, administrado pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem de São Paulo (DER). A via começa no entroncamento com a Cônego Domênico Rangoni (Piaçaguera-Guarujá) e cruza com a Mogi-Bertioga, a Rodovia dos Tamoios e a Oswaldo Cruz, já em Ubatuba. Atende, portanto, todo o Litoral Norte do Estado e apresenta especial significado logístico e de transporte de passageiros e cargas, pois tem conexões com o Porto de Santos e as industrializadas regiões do Vale do Paraíba e Cubatão, além de ser importante rota turística.

Em outubro de 2019, abriram-se novas perspectivas para a realização da obra. Na ocasião, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) apresentou projeto de concessão internacional do Lote de Rodovias do Litoral Paulista, durante audiência pública realizada em Mogi das Cruzes. O plano prevê investimentos de R$ 3 bilhões em obras civis, além de R$ 2,8 bilhões para a operação e implantação de modernos serviços em trechos das rodovias SP-98 (Mogi-Bertioga), da SP-88 (Pedro Eroles) e da SP-55. Ao todo, estão previstos 89,8 quilômetros de duplicações, 108,5 de vias marginais e 35,6 de ciclovias, além de novos dispositivos de acesso, retorno e implantação de acostamentos.

Desde então, infelizmente, o projeto não avançou, talvez atropelado pela eclosão da pandemia. Esperemos, porém, que possa ser efetivado, pois é de grande importância para a economia, o turismo, a infraestrutura, a logística, o sistema de transportes e para salvar vidas.

* Luiz Augusto Pereira de Almeida é diretor da Sobloco Construtora e membro do Conselho Consultivo do SECOVI.

Para mais informações sobre Rodovias clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Ricardo Viveiros & Associados Oficina de Comunicação



Aeroporto da Pampulha é concedido à iniciativa privada por R$ 34 milhões

Grupo vencedor do leilão, o mesmo que administra Confins, deve investir R$ 151 milhões em melhorias no terminal, ao longo de 30 anos.

Aeroporto da Pampulha é concedido à iniciativa privada por R$ 34 milhões

Rolls-Royce Motor Cars anuncia seu primeiro automóvel 100% elétrico

A novidade chegará ao mercado no último trimestre de 2023 batizada como ‘Spectre’.

Rolls-Royce Motor Cars anuncia seu primeiro automóvel 100% elétrico

Iveco e Nikola inauguram fábrica de caminhões movidos a hidrogênio

Um novo e importante capítulo na história do transporte sustentável da Iveco e da Nikola Corporation teve início em Ulm, Alemanha.

Iveco e Nikola inauguram fábrica de caminhões movidos a hidrogênio

Dia Mundial sem Carro: pandemia reforça uso de transporte sustentável

Andar a pé foi a modalidade que se tornou mais popular no período.

Dia Mundial sem Carro: pandemia reforça uso de transporte sustentável

VWCO será primeira montadora do mundo a usar bateria com nióbio de carga ultrarrápida

Esse ineditismo na indústria automotiva está sendo possível graças a parceria com a CBMM anunciada no dia 16 de setembro.

VWCO será primeira montadora do mundo a usar bateria com nióbio de carga ultrarrápida

Autorização ferroviária beneficia MG com 610 quilômetros de novos trilhos

Projeto ligando os municípios de Presidente Kennedy, no Espírito Santo, aos mineiros Conceição do Mato Dentro e Sete Lagoas tem investimento de R$ 14 bilhões.

Autorização ferroviária beneficia MG com 610 quilômetros de novos trilhos

Velocidade é a principal causa de colisões nas rodovias federais

Levantamento da PRF mostra que, no primeiro semestre de 2021, ocorreram 3.467 ocorrências de colisões no país.

Velocidade é a principal causa de colisões nas rodovias federais

Aeroporto de Uberaba passará a contar com novos voos da Azul 

A partir de novembro, iniciarão as frequências diretas para Campinas e no verão. Haverá voos diretos para Maceió e Porto Seguro.

Aeroporto de Uberaba passará a contar com novos voos da Azul 

Volvo testa rodotrem com FH inédito no Brasil, com dezenas de diferenças ao modelo atual

Pronto para teste em operações reais, a Volvo apresenta um novo conceito de caminhão para o transporte de grãos.

Volvo testa rodotrem com FH inédito no Brasil, com dezenas de diferenças ao modelo atual

Sete recursos para melhorar a qualidade de vida do usuário no transporte público

Da compra de bilhetes a integração de modais de transporte, as inovações tecnológicas assumirão o protagonismo da mobilidade urbana nos próximos anos.

Sete recursos para melhorar a qualidade de vida do usuário no transporte público

Polêmica na estrada

Projeto de Lei impede que aplicativos como o Buser comercializem passagens de ônibus fretado entre municípios do Estado.

Polêmica na estrada

Prêmio Transporte Responsável 2021 abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para a 9ª edição do Prêmio Transporte Responsável.