Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Concessionárias Virtuais: repensando a experiência dos clientes no mercado automotivo

Concessionárias Virtuais: repensando a experiência dos clientes no mercado automotivo

10/06/2019 Marcelo Tonetti

Eficiência energética, direção autônoma e recursos de segurança inovadores.

Concessionárias Virtuais: repensando a experiência dos clientes no mercado automotivo

Graças ao avanço tecnológico, os fabricantes de automóveis estão conseguindo desenvolver projetos cada vez mais completos e atraentes. As oportunidades abertas pela era do Renascimento da Indústria, porém, vão muito além do aprimoramento das características técnicas de um veículo por meio do desenho virtual de novos modelos. O uso intensivo de tecnologia está mudando também o jeito como compramos nossos carros e as prioridades para efetuar a escolha entre as diversas opções disponíveis.

Esse renascimento global gera novas maneiras de criar, aprender, produzir e comercializar em uma economia baseada na experiência do consumidor e não apenas no produto. Para obter sucesso nesse cenário, as empresas têm investido cada vez mais em soluções que ofereçam experiências completas, que facilitem a vida dos consumidores e tragam o encantamento como resultado. No setor automotivo, essa lógica tem levado concessionárias do mundo inteiro a se recriarem, com o objetivo de atrair uma geração digital e particularmente interessada em produtos personalizados e experiências únicas.

Do desenho do produto ao pós-venda, plataformas inteligentes estão ajudando as empresas a reconstruírem a jornada de compra de seus clientes como um todo e as Concessionárias Virtuais são exemplos dessa transformação. Estamos falando de uma concessionária praticamente sem carros, onde os compradores podem experimentar e configurar todos os veículos em tempo real, escolhendo entre diferentes versões, acessórios e efeitos para personalizar o interior e o exterior de um determinado modelo. Atualmente já existem cerca de 8.000 lojas desse tipo em todo o mundo, impulsionadas principalmente pelas capacidades das novas plataformas digitais de desenho em três dimensões.

O objetivo desse modelo é ajudar as empresas a criarem ambientes mais dinâmicos e otimizar as ofertas com o máximo detalhamento possível. Em uma concessionária virtual é possível montar, ver e pedir um carro de uma maneira única. Estudos indicam que a maioria dos consumidores visita uma concessionária de carros apenas uma ou duas vezes antes de definir uma compra e as tecnologias virtuais podem ajudar as marcas automotivas a atrair e tornar essas visitas mais efetivas e interessantes.

A adoção de tecnologias como Inteligência Artificial (IA) e Realidade Virtual (VR) é um caminho para oferecer uma experiência visual única e de vendas de alto impacto para os consumidores. Com base nessas plataformas digitais, as concessionárias conseguem apresentar virtualmente seus carros e possibilitar que os consumidores tenham uma jornada imersiva e que apresente todas as possibilidades.

Além de ajudarem a maximizar a satisfação dos clientes, as Concessionárias Virtuais também permitem otimizar a rotina das lojas, propiciando oportunidades para a redução de custos e o aumento das vendas. A utilização dessas plataformas pode, por exemplo, engajar emocionalmente os clientes, ajudando as lojas a impulsionarem suas vendas com tíquetes-médios mais altos e maior negociação de acessórios, além de serviços adicionais.

Do mesmo modo, a aplicação de soluções virtuais também permite a redução da infraestrutura e espaço necessário para a venda de veículos. Sem a necessidade de um showroom físico completo, as lojas podem ser montadas em ambientes muito menores e mais atraentes. As novas versões digitais podem ser criadas com um terço do espaço físico de uma concessionária tradicional. Isso é especialmente importante em grandes cidades, propiciando economia com aluguéis ou construção de prédios que exijam altos investimentos de manutenção, segurança e adequação à exposição dos veículos.

Outra característica importante é que as Concessionárias Virtuais repensam a ligação entre as lojas e as linhas de produção. Com o uso de plataformas avançadas que já existem no mercado, é possível automatizar e interligar todos os processos, desde o design do produto, passando pelo estoque disponível e o relacionamento com os clientes durante o pré e o pós-venda. Assim, é possível atualizar as opções disponíveis para os consumidores de forma completamente automática, incluindo novos lançamentos e opções ao catálogo de vendas. Com isso, os vendedores não perdem chances de negócios específicos e podem mostrar novidades de forma imediata, aproveitando ao máximo o potencial de cada cliente interessado.

Uma das principais vantagens das Concessionárias Virtuais, porém, é a possibilidade de levar os produtos até o consumidor, onde quer que esteja. Em um mundo extremamente ágil e conectado, atrair o cliente até um ponto de venda é uma dificuldade de alto custo. Com a virtualização, as Concessionárias Virtuais vão até os locais em que seus potenciais consumidores estão, como shoppings centers, resorts e eventos do setor, por exemplo.

Em tempos marcados pela concorrência acirrada e pela enorme quantidade de opções à disposição do público, oferecer uma jornada de compra personalizada é um diferencial para o sucesso de qualquer estratégia de vendas. O uso de soluções ultrarrealistas e ferramentas inteligentes são exemplos de como a tecnologia possibilita que as empresas explorem validem e produzam novas experiências para seus clientes e acelerem o desempenho dos negócios.

* Marcelo Tonetti - Business Transformation Client Executive da Dassault Systèmes.

Fonte: Planin



O atual cenário do setor de transportes na logística

Nos últimos anos, as empresas de transportes estão enfrentando turbulências provocadas por instabilidades econômicas, sociais ou até mesmo políticas.

O atual cenário do setor de transportes na logística

Home office alivia o peso do preço do combustível

As empresas e os trabalhadores aprenderam nos últimos anos como tornar o home office eficaz e funciona.

Home office alivia o peso do preço do combustível

Começou ruim, mas com boas perspectivas para melhorar

Esse primeiro semestre de 2022 foi de causar arrepios em toda cadeia automotiva.

Começou ruim, mas com boas perspectivas para melhorar

Produção de motocicletas aumenta 18% no primeiro semestre de 2022

Segundo a Abraciclo, a categoria mais vendida foi a de uso em cidades.

Produção de motocicletas aumenta 18% no primeiro semestre de 2022

Vendas de veículos caem 4,8% em junho, diz Anfavea

Produção recua 1,1% e exportação cresce 2,7%.

Vendas de veículos caem 4,8% em junho, diz Anfavea

Comprar ou alugar carro: o que vale mais a pena?

Especialista ajuda a decidir qual a melhor opção no atual momento da economia brasileira.

Comprar ou alugar carro: o que vale mais a pena?

Frota própria, transportadora e/ou primarização logística?

Era uma vez, um fazendeiro que vivia no litoral e tinha dificuldades de encontrar empregados.

Frota própria, transportadora e/ou primarização logística?

Nova pesquisa: escassez de motoristas aumenta, devendo saltar até 40% em 2022

A escassez crônica de motoristas comerciais está piorando, com milhões de vagas ainda não preenchidas


Por que as baterias trabalham mais no inverno?

As baterias são mais exigidas em temperaturas baixas.

Por que as baterias trabalham mais no inverno?

BB reduz taxa para financiamento de carro híbrido e elétrico

Medida pretende incentivar a compra de carros sustentáveis.

BB reduz taxa para financiamento de carro híbrido e elétrico

Emplacamento de veículos sobe 25,09% em maio, diz Fenabrave

Automóveis e comerciais leves têm alta de 27,15% e são destaque.

Emplacamento de veículos sobe 25,09% em maio, diz Fenabrave

Cartilha dá dicas para turistas em viagens de carro

Publicação também aborda direitos do consumidor durante a viagem.

Cartilha dá dicas para turistas em viagens de carro