Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Distúrbios do sono podem causar acidentes de trânsito

Distúrbios do sono podem causar acidentes de trânsito

24/12/2010 Divulgação

A American Academy of Dental Sleep Medicine (AADSM) estabeleceu a campanha “Dentistas contra a sonolência na direção”, com a finalidade de sensibilizar as pessoas sobre os perigos decorrentes dos distúrbios do sono.

Problemas como ronco e apneia desencadeiam algo bastante conhecido pela maioria dos motoristas: sonolência na hora de dirigir, já que a principal causa da sonolência diurna é uma noite mal dormida. Portanto, pacientes que sofrem de apneia do sono, ronco ou bruxismo do sono, estão mais propensos a causar acidentes de trânsito, pois esses distúrbios fragmentam o sono e impedem que ele seja profundo e reparador. A pessoa não descansa o suficiente para exercer todas as suas atividades físicas e mentais durante o dia.

Segundo dados da American Academy of Dental Sleep Medicine (AADSM), os distúrbios do sono podem causar até 15 vezes mais acidentes fatais e custar cerca de R$ 48 bilhões em custos médicos ao ano. “Dirigir sonolento pode ser tão perigoso quanto dirigir embriagado. A atual legislação recomenda que os motoristas façam ações preventivas e busquem tratamento para apneia do sono.”, diz Dr. Eduardo Rollo Duarte, especialista em Odontologia do Sono.

“Muitos condutores desconhecem o problema e não reconhecem os sinais dos disturbios do sono”, Muitas pessoas ainda têm a falsa impressão de que o ronco é sinal de sono profundo, quando na verdade é o contrário – o barulho e a dificuldade de respirar deixam o indivíduo num estado que não permite que o corpo recarregue as energias da forma necessária. A boa notícia é que ronco, apneia, bruxismo e problema na ATM têm solução e tratamento certos. Trata-se de uma escolha valiosa, e que pode mesmo evitar acidentes nas ruas e estradas.

O diagnostico é feito através da polissonografia ou estudo do sono, realizado por médico especializado. O tratamento pode ser oral, através da odontologia do sono. O aparelho é usado durante o sono para mover a mandíbula e a língua para frente, abrindo assim as vias aéreas. “Com isso a interrupção da respiração não acontece durante o sono, evitando a apneia”, afirma o especialista. “O dentista verifica a necessidade de cada paciente e adapta o aparelho para elas, obtendo assim um melhor resultado”, completa.



Anac dá primeira autorização para entrega comercial usando drones

Um novo futuro para o modal ferroviário com o marco legal das ferrovias

Se o transporte de carga ganha com o Marco Legal, um novo horizonte no transporte de passageiros se abre.

Um novo futuro para o modal ferroviário com o marco legal das ferrovias

Vendas financiadas de veículos tiveram alta de 6,8% em 2021

O segmento de veículos pesados e de motos foram os destaques.

Vendas financiadas de veículos tiveram alta de 6,8% em 2021

A hora e a vez das bicicletas

Não é de hoje que as bicicletas vêm tomando conta das ruas.

A hora e a vez das bicicletas

Venda de veículos elétricos dispara em 2021

Nissan Leaf foi o carro totalmente elétrico mais vendido do Brasil.

Venda de veículos elétricos dispara em 2021

A mobilidade conectada a um carregador

A eletricidade está invadindo o setor automobilístico. E isso porque há um abismo de vantagens separando as opções de fontes de energia hoje disponíveis.

A mobilidade conectada a um carregador

2022: um ano para a aviação brasileira decolar

Setor no Brasil apresenta melhora no ambiente de negócio com aquecimento da atividade turísticas, privatizações de aeroportos e mudanças na legislação.

2022: um ano para a aviação brasileira decolar

Mobilidade elétrica: como o setor elétrico se adapta à tendência

Nos tempos atuais, é cada vez mais nítida a ideia de que os veículos do futuro serão elétricos.

Mobilidade elétrica: como o setor elétrico se adapta à tendência

Emplacamentos em 2021 crescem 10,5%, diz Fenabrave

Para 2022, a Fenabrave prevê um crescimento de 5,2% do setor.

Emplacamentos em 2021 crescem 10,5%, diz Fenabrave

Uma boa nova para pessoas com deficiência começarem 2022

A proposta surgiu durante as observações que fiz em minhas viagens de trabalho pelo Brasil.

Uma boa nova para pessoas com deficiência começarem 2022

Voltam a valer regras antigas para remarcação de passagens

Agora, o passageiro que fizer o cancelamento do voo pode ter que pagar multa.

Voltam a valer regras antigas para remarcação de passagens

Motorista não pagará DPVAT pelo segundo ano seguido

Excedente de recursos cobrirá indenizações em 2022.

Motorista não pagará DPVAT pelo segundo ano seguido