Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Fiat pode incorporar a montadora alemã Opel

Fiat pode incorporar a montadora alemã Opel

23/04/2009 Da Redação

A Fiat estaria estudando uma aliança com a americana Chrysler e a alemã Opel para formar gigante mundial. As primeiras reações na Alemanha são negativas. Críticos temem que aliança possa causar fechamento de fábricas.

A montadora alemã Opel está próxima de ser incorporada pela italiana Fiat, afirmou nesta quinta-feira (23/04) o presidente do conselho de empresa da Opel, Klaus Franz, à agência de notícias DPA. Ele confirmou uma informação divulgada anteriormente pelo site Spiegel Online.

De acordo com o site, na próxima terça-feira as duas partes assinarão uma declaração de intenções. O compromisso não foi confirmado por Franz, que também não o descartou. "Parto do princípio de que ele exista", disse.

Tanto o governador de Hessen, Roland Koch, como o ministro alemão da Economia, Karl-Theodor zu Guttenberg, afirmaram que ainda não foi tomada nenhuma decisão. Um porta-voz da Opel disse que há negociações em andamento com vários investidores.

Além da Fiat, outro possível investidor é a fabricante de peças automotivas austro-canadense Magna. Analistas afirmam que uma aliança com a Magna seria melhor para a Opel do que uma aliança com a Fiat.

Fusão com a Chrysler

Já o Wall Street Journal (WSJ) afirmou que o presidente da Fiat, Sérgio Marchionne, teve na semana passada uma reunião em Berlim com Guttenberg. Segundo o jornal, os italianos condicionam a aquisição da Opel a um acerto com a montadora norte-americana Chrysler, também fortemente afetada pela crise.

Segundo o WSJ, a intenção da Fiat, ao se aliar à Chrysler e à Opel, é formar uma das maiores montadoras do mundo. A notícia do interesse dos italianos pela Opel veio no mesmo dia em que a Fiat anunciou um prejuízo de 410 milhões de euros no primeiro trimestre de 2009. O faturamento da montadora caiu de 15,1 bilhões para 11,27 bilhões de euros.

Reações negativas

Na Alemanha, a notícia de que a Opel possa vir a ser controlada pela Fiat foi mal recebida. Franz acusou a montadora italiana de não pretender uma parceria estratégica, mas de estar interessada apenas nas garantias estatais oferecidas pela Alemanha. "A Fiat tem 14,2 bilhões de euros de dívidas e grandes problemas de liquidez." Ele teme que haja muitas demissões nas unidades alemãs da Opel caso o negócio se concretize.

Também o sindicato dos metalúrgicos, IG Metall, é contra o negócio. "A Fiat tem uma capacidade excedente enorme. E há o temor de que esse problema seja resolvido sobretudo com o fechamento das unidades da Opel em Bochum e Eisenach", disse o sindicalista Armin Schild à agência de notícias Reuters. Schild integra o conselho de administração da Opel.

Também o especialista em indústria automotiva Ferdinand Dudenhöffer se posicionou contra a aliança. "Opel e Fiat combinam tanto como fogo e água. Eles fabricam modelos semelhantes para os mesmos mercados e passarão a fazê-lo nas mesmas fábricas, que hoje já estão com excesso de capacidade. A Opel só tem a perder e o fechamento de unidades é provável", disse ao site Bild.de.

Mais informações sobre a Alemanha e a Europa no site www.DW-WORLD.DE/brasil .



Produção de veículos cresce 16,6% em outubro, divulga Anfavea

Nos primeiros dez meses do ano, foram produzidos 2,55 milhões de veículos, um aumento de 3,6% em relação ao mesmo preiodo do ano passado.

Produção de veículos cresce 16,6% em outubro, divulga Anfavea

Carros autônomos serão aliados na administração das cidades

Tecnologias desenvolvidas para criar carros autônomos podem coletar dados de grande utilidade para a implantação de políticas públicas de mobilidade e até zeladoria urbana.

Carros autônomos serão aliados na administração das cidades

Bombas de combustíveis terão certificação digital a partir de dezembro

Tesla ultrapassa GM como montadora mais valiosa dos EUA

Aconteceu. Nesta semana, a Tesla, montadora de carros elétricos criada em 2003, ultrapassou a centenária General Motors em valor de mercado.

Tesla ultrapassa GM como montadora mais valiosa dos EUA

Rota 2030, híbridos e novos motores

A Toyota lança o primeiro veículo híbrido com motor flex do mundo.


Falta de concorrência prejudica qualidade do asfalto no país, diz CNT

Estudo mostra os impactos da qualidade do asfalto sobre o transporte rodoviário.

Falta de concorrência prejudica qualidade do asfalto no país, diz CNT

Número de pontos críticos nas rodovias aumenta em 75,6%

Pesquisa da CNT analisa mais de 108 mil km de rodovias em todo país.

Número de pontos críticos nas rodovias aumenta em 75,6%

Táxi aéreo autônomo faz primeiros testes em Singapura

Se o tempo estiver bom, o Volocopter 2X sobrevoará o reservatório ao meio-dia de 22 de outubro.

Táxi aéreo autônomo faz primeiros testes em Singapura

Precisa renovar a ANTT? Saiba como

Se você precisa renovar a ANTT, saiba que é mais simples do que se imagina.

Precisa renovar a ANTT? Saiba como

Caixa oferece crédito a caminhoneiros e juros podem ser de 2,29%

Novas condições fazem parte da campanha Você no Azul na Estrada.

Caixa oferece crédito a caminhoneiros e juros podem ser de 2,29%

Avião autônomo no Brasil? Embraer realizou o primeiro teste

Sim, existem aviões autônomos no Brasil! A Embraer e a Universidade Federal do Espírito Santo realizaram o primeiro teste no fim de agosto e divulgaram os resultados nesta semana.

Avião autônomo no Brasil? Embraer realizou o primeiro teste

Produção de motocicletas aumenta 15,1% em setembro

No acumulado do ano foram emplacadas 14,4% a mais de motocicletas do que no ano passado.

Produção de motocicletas aumenta 15,1% em setembro