Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Levantamento mostra que mulheres são mais cuidadosas no trânsito

Levantamento mostra que mulheres são mais cuidadosas no trânsito

14/05/2019 Da Redação

Segundo relatório da Seguradora Líder, apenas 25% das indenizações pagas em 2018 foram para mulheres

Levantamento mostra que mulheres são mais cuidadosas no trânsito

Os dados do Relatório Anual da Seguradora Líder revelam que as mulheres são mais cuidadosas no trânsito. E, para os especialistas, a maternidade incentiva ainda mais uma atitude prudente ao dirigir.

Das mais de 328 mil indenizações pagas pelo Seguro DPVAT no ano passado, apenas 25% foram destinadas a acidentes envolvendo vítimas do sexo feminino. Além disso, dos motoristas indenizados em 2018, 15% eram mulheres, enquanto os homens representaram 85%. O cenário reforça o perfil mais cauteloso das mulheres na direção.

Apesar da baixa participação das mulheres em acidentes de trânsito, as jovens de 18 a 34 anos são as mais atingidas quando as colisões acontecem. A faixa etária, considerada a população economicamente ativa, concentrou 47% dos pagamentos destinados às vítimas mulheres.  O segundo grupo de idade mais afetado integra as mulheres de 45 a 64 anos (22%).

Em relação ao período do dia, o anoitecer foi responsável por cerca de 23% das ocorrências que tiveram benefícios pagos às vítimas do sexo feminino. Já a madrugada concentrou o menor número de sinistros, com apenas 9% dos pagamentos.

"As mulheres, além de serem mais cautelosas e pacientes, costumam estar mais atentas às normas. Quando são mães, o cuidado aumenta, principalmente em relação ao uso do cinto de segurança nas crianças e da cadeira infantil, e também no alerta aos filhos sobre o perigo da combinação álcool e direção", ressalta Arthur Froes, superintendente de Operações da Seguradora Líder.



Brasileiro cria sistema eletrônico de comunicação entre motoristas para evitar acidentes

Produto tem usabilidade muito mais simples do que smartphones, mais acessível ao grande público e de baixo custo.

Brasileiro cria sistema eletrônico de comunicação entre motoristas para evitar acidentes

BRT da Colômbia renova frota com ônibus brasileiro

Já são mais de 5.000 ônibus articulados e biarticulados operando em BRTs em toda região

BRT da Colômbia renova frota com ônibus brasileiro

Iveco apresenta novo pesado com conectividade desenvolvida com a Microsoft

Novo Iveco S-Way é apresentado na Europa. Trata-se de um caminhão pesado totalmente para substituir o Hi-Way.

Iveco apresenta novo pesado com conectividade desenvolvida com a Microsoft

Venda de veículos tem alta de 13,45% no semestre

As vendas levam em conta automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas.

Venda de veículos tem alta de 13,45% no semestre

Radar: um mal necessário

O limite de velocidade de uma rodovia não é escolhido por acaso.

Radar: um mal necessário

Apple compra startup de veículos autônomos Drive.ai

A Apple comprou todo o portfólio da Drive.ai de tecnologia em veículos autônomos; startup estava prestes a fechar.

Apple compra startup de veículos autônomos Drive.ai

Tecnologias de segurança vão ajudar mais o motorista brasileiro

Estudos técnicos já são realizados com foco na regulamentação de várias soluções tecnológicas desde dezembro de 2017.

Tecnologias de segurança vão ajudar mais o motorista brasileiro

Placa do Mercosul é adiada para janeiro de 2020

Esta é a sexta vez que o novo processo de emplacamentos é adiado

Placa do Mercosul é adiada para janeiro de 2020

Tecnologias de segurança vão ajudar mais o motorista brasileiro

Novos recursos de assistência ao motorista irão equipar os veículos nacionais em atendimento à demanda do mercado e à força da legislação.

Tecnologias de segurança vão ajudar mais o motorista brasileiro

Startup Voltz lançará scooter elétrica, em agosto, a R$ 9 mil

Startup de Recife traz scooters elétricas que chegam a 60 km/h e possuem autonomia de 60 km; bateria é portátil e recarregável.

Startup Voltz lançará scooter elétrica, em agosto, a R$ 9 mil

Uso de simulador para obtenção de CNH será facultativo

Governo estima uma redução de até 15% no valor cobrado nos centros de formação de condutores

Uso de simulador para obtenção de CNH será facultativo

Emissão de CNH para surdos cresce 38% em cinco anos

Crescimento foi de 38,5% em 5 anos, segundo o Detran de São Paulo

Emissão de CNH para surdos cresce 38% em cinco anos