Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O que o transporte por caminhões representa para o Brasil

O que o transporte por caminhões representa para o Brasil

26/05/2018 Deutsche Welle

Greve expõe dependência brasileira do transporte rodoviário de carga, responsável por mais de 60% da circulação de produtos no país.

O que o transporte por caminhões representa para o Brasil

 A falta de itens básicos nas prateleiras dos mercados em algumas cidades do Brasil é um alerta de que a paralisação dos caminhoneiros que chegou ao quinto dia nesta sexta-feira (25/05) não é uma greve qualquer.

O setor de transporte de carga rodoviário representa mais de 60% de tudo o que circula no país, incluindo itens essenciais, como alimentos e combustíveis. Os grevistas conseguiram não apenas parar o país, mas também pressionar o governo e o Congresso.

Entenda a importância do setor para a economia brasileira:

Qual a magnitude do transporte rodoviário de carga no Brasil?

As estimativas sobre o total de caminhoneiros em atividade no país variam bastante, mas algumas entidades do setor calculam que mais de 1 milhão aderiram à greve atual. O Brasil possui uma frota de cerca de 2 milhões de caminhões de carga, sendo 60% de motoristas autônomos. Estão registradas no Brasil mais de 11 mil empresas de transporte rodoviário de carga.

Qual a importância do transporte de carga por caminhões?

Especialistas afirmam que apenas caminhões de carga conseguem deixar o produto na porta do consumidor final, fazendo com que esse tipo de transporte seja indispensável. Em países com baixa malha ferroviária como o Brasil, a importância dos caminhões é ainda maior. Além disso, cerca de 90% do transporte ferroviário de carga no Brasil é dedicado a minério e grãos, restando apenas 10% para outros produtos. Por isso, praticamente todos os itens indispensáveis para o consumidor, incluindo alimentos e combustível, dependem do transporte por caminhões.

Como a greve dos caminhoneiros afeta o abastecimento?

O setor de transporte de carga rodoviário é responsável por 62% de todas as mercadorias que trafegam no Brasil. Uma greve geral como a atual deixa alguns setores particularmente vulneráveis, como a agricultura. É grande o impacto no abastecimento de frutas, verduras e produtos perecíveis, como laticínios e carnes. O abastecimento de combustível também é prejudicado. Em algumas cidades do país, prefeituras decretaram estado de emergência, orientando postos a restringir a venda de combustível apenas para ambulâncias e veículos da polícia.

Qual o impacto do combustível no custo final de um frete?

A Associação Brasileira de Logística calcula que o custo do combustível representa em média 30% no custo logístico de um produto que chega às prateleiras. Com os aumentos recentes no diesel, esse percentual superou os 40%. Mesmo custando cinco vezes menos, o transporte ferroviário ainda é pouco utilizado no país, representando menos de 20% do setor de cargas, reflexo também da falta de investimento em novas linhas férreas. Até 2016, a malha ferroviária brasileira era de apenas 29.165 quilômetros de extensão, de acordo com o relatório da Confederação Nacional do Transporte (CNT).

O que eleva o custo do transporte rodoviário de carga no Brasil?

A malha rodoviária brasileira é de 1,7 milhão de quilômetros, mas desse total apenas 12,2% (210.618 de quilômetros) está pavimentado. Essa falta de infraestrutura é apontada como um dos principais fatores que encarecem o transporte de carga por rodovia no Brasil, afetando a depreciação do veículo, a sua manutenção e o desgaste dos pneus, que juntos representam 40% do custo do frete.

Outro fator que encarece o frete é a falta de segurança nas estradas. Um levantamento publicado no ano passado pelo JCC Cargo Watchlist, comitê britânico que monitora cargas no mundo, colocou o Brasil na sexta colocação no ranking dos países mais perigosos para transporte de carga em rodovias. O país está atrás apenas de Iêmen, Líbia, Síria, Afeganistão e Sudão do Sul. Em média, o preço do seguro de um caminhão é responsável por 5% do valor do frete, mas esse valor pode chegar a 30% se a rota precisar de contratação de escolta armada.

Como é formado o preço do diesel pago pelos caminhoneiros?

Aumentos sucessivos no preço do combustível motivaram a paralisação atual dos caminhoneiros. No começo da semana, a gasolina chegou a cinco reais, e o diesel superou a marca dos quatro reais em algumas cidades brasileiras.

Representantes do setor apontam que houve um aumento de 35% no valor do diesel desde dezembro, gerando um custo muito elevado para o transportador. Com os aumentos recentes, o combustível chegou a representar 40% do custo logístico de um produto.

Entre os fatores que influenciam o aumento estão a desvalorização do real frente ao dólar e o aumento do preço do barril do petróleo no mercado internacional. Além disso, a tributação sobre o combustível representa quase 30% de seu valor final.

Seis itens compõem o preço do diesel pago pelos caminhoneiros: venda do produto na refinaria (49%), biodiesel com frete e tributos (7%), impostos federais como Pis/Pasep, Cofins e Cide (14%), impostos estaduais como ICMS (14%), distribuição (5%) e margem de revenda (11%).



VWCO será primeira montadora do mundo a usar bateria com nióbio de carga ultrarrápida

Esse ineditismo na indústria automotiva está sendo possível graças a parceria com a CBMM anunciada no dia 16 de setembro.

VWCO será primeira montadora do mundo a usar bateria com nióbio de carga ultrarrápida

Autorização ferroviária beneficia MG com 610 quilômetros de novos trilhos

Projeto ligando os municípios de Presidente Kennedy, no Espírito Santo, aos mineiros Conceição do Mato Dentro e Sete Lagoas tem investimento de R$ 14 bilhões.

Autorização ferroviária beneficia MG com 610 quilômetros de novos trilhos

Velocidade é a principal causa de colisões nas rodovias federais

Levantamento da PRF mostra que, no primeiro semestre de 2021, ocorreram 3.467 ocorrências de colisões no país.

Velocidade é a principal causa de colisões nas rodovias federais

Aeroporto de Uberaba passará a contar com novos voos da Azul 

A partir de novembro, iniciarão as frequências diretas para Campinas e no verão. Haverá voos diretos para Maceió e Porto Seguro.

Aeroporto de Uberaba passará a contar com novos voos da Azul 

Volvo testa rodotrem com FH inédito no Brasil, com dezenas de diferenças ao modelo atual

Pronto para teste em operações reais, a Volvo apresenta um novo conceito de caminhão para o transporte de grãos.

Volvo testa rodotrem com FH inédito no Brasil, com dezenas de diferenças ao modelo atual

Sete recursos para melhorar a qualidade de vida do usuário no transporte público

Da compra de bilhetes a integração de modais de transporte, as inovações tecnológicas assumirão o protagonismo da mobilidade urbana nos próximos anos.

Sete recursos para melhorar a qualidade de vida do usuário no transporte público

Polêmica na estrada

Projeto de Lei impede que aplicativos como o Buser comercializem passagens de ônibus fretado entre municípios do Estado.

Polêmica na estrada

Prêmio Transporte Responsável 2021 abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para a 9ª edição do Prêmio Transporte Responsável.


Shell lança aplicativo para abastecimento de frotas

O app Shell Box Empresas é totalmente gratuito para fidelizar clientes no uso da rede de postos Shell.

Shell lança aplicativo para abastecimento de frotas

Transferência de veículos poderá ser feita por aplicativo

Por enquanto, medida está disponível em cinco estados.

Transferência de veículos poderá ser feita por aplicativo

Delta continua a renovação da frota com a adição de 30 Airbus A321neos

A Delta já opera 121 aviões da família A321ceo de maior porte.

Delta continua a renovação da frota com a adição de 30 Airbus A321neos

Nova lei paulistana aquece o mercado de recarga de veículos elétricos e híbridos

A nova Lei municipal prevê a obrigatoriedade da instalação de carregadores de veículos elétricos e híbridos em edifícios residenciais e comerciais.

Nova lei paulistana aquece o mercado de recarga de veículos elétricos e híbridos