Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Porsche abandona o diesel

Porsche abandona o diesel

25/09/2018 Deutsche Welle

Montadora anuncia que vai concentrar desenvolvimento e produção em modelos a gasolina, híbridos e carros puramente elétricos.

Porsche abandona o diesel

O presidente da Porsche, Oliver Blume, disse neste domingo (23/08), ao tabloide alemão Bild, que a tradicional montadora não vai mais colocar carros com motor movido a diesel no mercado.

A decisão é uma resposta ao escândalo que atinge o setor automobilístico alemão desde 2015, quando foi revelado que a Volkswagen manipulou seus veículos para que passassem em testes de poluição. Outras montadoras enfrentam acusações similares.

A Porsche em si não produz motores a diesel, mas há cerca de uma década começou a vender carros movidos a esse combustível. A companhia é acusada de usar, por exemplo, motores a diesel da Audi, hoje também filiada à Volkswagen.

O Ministério Público de Stuttagart, onde a empresa tem sua sede, investiga três funcionários da empresa por envolvimento na suposta manipulação, entre eles Michael Steiner, chefe do setor de desenvolvimento da Porsche.

"A partir de agora não haverá mais diesel na Porsche", disse Blume ao jornal. Segundo ele, a montadora vai se concentrar mais em desenvolver motores a gasolina, híbridos e, a partir de 2019, puramente elétricos.

"Nós nunca desenvolvemos e produzimos motores a diesel. Mas a imagem da Porsche ficou arranhada. A crise do diesel nos causou muito aborrecimento", continuou o executivo.

Três anos após a Volkswagen admitir que trapaceava nos testes de emissõesdos motores a diesel nos Estados Unidos, a empresa e algumas de suas marcas subsidiárias continuam sob investigação.

No início do ano, promotores alemães ampliaram as investigações para incluir também a Audi, que desenvolveu um motor a diesel que continha o software ilegal que manipulava os dados das emissões e foi instalado em cerca de 80 mil modelos Volkswagen, Porsche e Audi. Em abril, uma batida policial foi realizada nas instalações da Porsche na Alemanha.

A Volkswagen vai pagar uma multa no valor de 1 bilhão de euros, imposta por promotores alemães, em relação ao escândalo de emissões envolvendo manipulações ilegais em carros a diesel.

O escândalo já custou à Volkswagen mais de 25 bilhões de euros (mais de 109 bilhões de reais) em recompras, multas e indenizações, e a empresa continua atolada em disputas jurídicas tanto na Alemanha como em outros países.

A decisão da Porsche também é vista como uma resposta a um movimento crescente em cidades alemãs. Em maio, Hamburgo se tornou a primeira cidade do país a restringir motores a diesel. Na Alemanha, a maior parte da frota é movida a diesel. As cidades alemãs estão pressionadas a aumentar sua qualidade do ar, e veículos a diesel vem sendo um dos principais alvos das autoridades em razão da emissões. 



Alta dos combustíveis? Conheça outras opções para aliviar o bolso

Apostar nos recursos tecnológicos é também uma alternativa para garantir praticidade durante o trajeto até o destino.

Alta dos combustíveis? Conheça outras opções para aliviar o bolso

Volkswagen antecipa novos NFTs após primeira coleção esgotar em poucas horas

Projeto desenvolvido pela startup brasileira OnePercent vende primeira coleção logo após o lançamento e anuncia novas coleções e funcionalidades.

Volkswagen antecipa novos NFTs após primeira coleção esgotar em poucas horas

Somente metade dos brasileiros usam cinto de segurança no banco de trás do carro

O uso do cinto impede que o passageiro seja arremessado, diz especialista.

Somente metade dos brasileiros usam cinto de segurança no banco de trás do carro

Produção de veículos aumenta 11,4% em março, diz Anfavea

Na comparação com março do ano passado, produção foi 7,8% inferior.

Produção de veículos aumenta 11,4% em março, diz Anfavea

Governo Federal cria programa para renovação de frota de caminhões

Entre os objetivos do programa está a retirada de circulação da frota com mais de 30 anos de fabricação.

Governo Federal cria programa para renovação de frota de caminhões

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte inaugura Passarela Mineira

Espaço de convivência faz parte do projeto de modernização do Terminal de Passageiros 1.

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte inaugura Passarela Mineira

Projeto de mobilidade elétrica é lançado em Fernando de Noronha

Serão inseridos 14 carros elétricos e uma rede de eletropostos com 12 pontos de recarga interligados na ilha.

Projeto de mobilidade elétrica é lançado em Fernando de Noronha

Reciclagem de baterias de veículos elétricos pode ser realidade no país em poucos anos

Ação visa o desenvolvimento de processo de reciclagem de células de baterias de íon-lítio dos veículos da BMW.

Reciclagem de baterias de veículos elétricos pode ser realidade no país em poucos anos

Mesmo caminhando a passos lentos, carros elétricos dominarão o transporte público

O setor de mobilidade urbana ainda precisa cumprir algumas tarefas para ser um exemplo de eficiência no Brasil.

Mesmo caminhando a passos lentos, carros elétricos dominarão o transporte público

Mercedes-Benz reduz dependência da Cemig na fábrica de Juiz de Fora (MG)

A área dispõe de placas de energia fotovoltaica capazes de produzir uma potência de 10.000 kwh/mês.

Mercedes-Benz reduz dependência da Cemig na fábrica de Juiz de Fora (MG)

Será que ainda vale a pena ter carro?

Essa é uma pergunta que toda pessoa que quer ou tem um carro se faz, ainda mais nos dias de hoje em que temos facilidades adicionais com os aplicativos.

Será que ainda vale a pena ter carro?

Aeroportos da Infraero são destaques no Programa “Aeroportos Sustentáveis” da Anac 

Programa busca incentivar a adoção de boas práticas de gestão ambiental nos aeroportos do Brasil. 

Aeroportos da Infraero são destaques no Programa “Aeroportos Sustentáveis” da Anac