Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Turismo para população de baixa renda

Turismo para população de baixa renda

08/03/2006 Divulgação

O Data Popular, instituto de pesquisas e consultoria especializado nas classes C, D e E da população, apresenta estudo sobre turismo para a base da pirâmide. Os dados foram apurados com 1500 pessoas, residentes nas cidades de São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Goiânia, através de questionários, além de entrevistas em profundidade, formação de grupos de discussão e participação em viagens de observação, que marcaram características muito interessantes no comportamento dessas pessoas, quando o assunto é viajar.

Ao contrário do que se imagina, existe um mercado turístico de baixa renda e agências de viagem que trabalham para esse público. Claro, existe também o mercado informal. De acordo com os executivos do Data Popular, as famílias de baixa renda gastaram R$3,8 bilhões com viagens em 2003, corrigido, esse montante é de R$4,5 bilhões em 2005, com concentração desse consumo na classe C. 

O destino dessas pessoas tem focos variados. Praias e similares, destinos inusitados (como cidades onde existem presídios), excursões de imigrantes e religiosas são alguns dos focos. O interior dos estados são as rotas majoritárias, esses locais são escolhidos por cerca de 66% dos entrevistados. O litoral fica com 26% da preferência. "Essas pessoas viajam, normalmente, para visitar parentes e amigos que moram em cidades próximas. Assim, gastos com estadia e alimentação são menores, além de aliar um lugar de interesse com a possibilidade de realizar um desejo tendo em vista um orçamento restrito", revela a diretora. De acordo com a pesquisa, 62% dos entrevistados ficam hospedados na casa de parentes. 

Na informalidade, atuam alguns organizadores, moradores do bairro, que costumam colocar placas nos próprios carros e nos portões das casas como forma de chamar a atenção para as excursões. Porém, como não tem acesso a informação e possuem restrições orçamentárias, o negócio acaba não sendo expandido. Algumas agências também oferecem o serviço, mas as ofertas ainda são modestas e mais utilizadas por idosos, que procuram pacotes de curta duração. Outra modalidade é a das famosas viagens bate-volta, praticadas por jovens, que vão a shows em cidades próximas, jogos de futebol e fazem também, viagens religiosas. 

Para o transporte o veículo mais utilizado é o ônibus. Cerca de 64% das pessoas viajam dessa maneira para passeios que levam, em média, 8 horas. Apenas 3% das pessoas das classes C, D e E já viajaram de avião.

Fonte: Texto & Imagem Assessoria de Comunicação.



Atrações turísticas do Canadá: o Parque Nacional Banff

Pensando em conhecer o Canadá? O país no extremo do continente norte-americano tem se tornado uma rota popular de brasileiros em férias ou que procuram oportunidades de trabalho e estudo.

Atrações turísticas do Canadá: o Parque Nacional Banff

IATA agradece ao governo brasileiro por apoiar a indústria da aviação

A aviação desempenha um papel vital na economia brasileira, apoiando US$ 18,8 bilhões do PIB do país, juntamente com 840 mil empregos.


Circuito Liberdade suspende visitação e atividades agendadas

Medidas preventivas são tomadas para evitar propagação do coronavírus.

Circuito Liberdade suspende visitação e atividades agendadas

Destinos para driblar o dólar alto e ainda conhecer lugares incríveis no Brasil

O dólar começa a semana em disparada acentuada contra o real em meio ao risco da epidemia do coronavírus e outros fatores do mercado.

Destinos para driblar o dólar alto e ainda conhecer lugares incríveis no Brasil

Destinos 2020: conheça os melhores locais e planeje suas férias

Veja os locais que estão investindo em turismo.

Destinos 2020: conheça os melhores locais e planeje suas férias

Passagem Aérea Promocional: conheça os melhores parques aquáticos do mundo

5 destinos incríveis para conhecer mesmo com a alta do dólar

O dólar em alta é uma projeção assustadora e desanimadora para quem planejou a viagem de férias no exterior.

5 destinos incríveis para conhecer mesmo com a alta do dólar

Réveillon 2021: comece a se planejar

Parece que o Réveillon 2021 está muito distante, mas na verdade está mais próximo do que imaginamos.

Réveillon 2021: comece a se planejar

Código de Defesa do Consumidor protege quem desiste de viajar por surto do coronavírus

Porém, não está sendo fácil cancelar as viagens junto às agências de viagens e companhias aéreas.

Código de Defesa do Consumidor protege quem desiste de viajar por surto do coronavírus

Turismo no Brasil aumenta faturamento em 2,2%, em 2019

Número de trabalhadores aumentou 1,2% em relação a 2018.

Turismo no Brasil aumenta faturamento em 2,2%, em 2019

Lucro dos hotéis subirá até 30% em 2020

Crescimento de receita será acima de 10% em cinco das 11 cidades analisadas, segundo estudo.

Lucro dos hotéis subirá até 30% em 2020

Temporadas de cruzeiros voltarão a Fernando Noronha, diz Embratur

Arquipélago é reconhecido como Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco.

Temporadas de cruzeiros voltarão a Fernando Noronha, diz Embratur