Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Drone pode carregar órgãos, vacinas e transportar materiais do agronegócio

Drone pode carregar órgãos, vacinas e transportar materiais do agronegócio

11/10/2023 Divulgação

Capaz de carregar dez quilos, drone foi 100% desenvolvido no Brasil e consegue viajar até 100 quilometros.

Drone pode carregar órgãos, vacinas e transportar materiais do agronegócio

Um drone desenvolvido totalmente no Brasil que consegue carregar até 10 quilos e viajar por 100 quilômetros. Esse dispositivo está em exposição na Futurecom 2023, a maior feira de conectividade, inovação e tecnologia da América Latina, no estande de manufatura da ABINC (Associação Brasileira de Internet das Coisas). O drone é um desenvolvimento da JETWIND e da LabRetail, empresa voltada à criação de projetos de soluções tecnológicas para o varejo e para a indústria automotiva, e um fornecedor chave.

Um dos diferenciais do produto é a capacidade de carga, além de ele conseguir viajar por grandes distâncias. “Para a área da saúde, o RQ-17 é capaz de transportar vacinas e órgãos humanos, como uma córnea, por exemplo. Já no agronegócio, ele é ideal para levar materiais de fazenda, como ferramentas ou insumos veterinários”, explica o especialista.

Tiago Giglio é o fundador e CTO da JETWIND e explica que o RQ-17 ION atende aplicações de imageamento em geral. “Ele pode atuar no monitoramento de tráfego em rodovias, detecção de focos de incêndio, combate biológico em plantações e logística, por exemplo.” O executivo conta que o drone foi projetado em 2017 e seu desenvolvimento levou aproximadamente 3 anos. Já a placa da LabRetail foi concebida e prototipada este ano.

Sobre o funcionamento do drone, principalmente no que tange à distância que ele é capaz de atingir, Giglio diz que “na variante de asa fixa, semelhante a um avião, é possível atingir até 100 km com enlace de rádio e distâncias de aproximadamente 300 km com comunicação via satélite. Durante todo o voo, a posição da aeronave é mostrada em tempo real em um software com mapas, além de parâmetros como altitude, velocidade e até o tráfego de outras aeronaves no espaço aéreo da operação.”

Giglio destaca ainda que, além de ser um produto desenvolvido 100% no Brasil, o drone tem como diferencial o suporte ao seu ciclo de vida com fornecimento de peças de reposição e treinamento. Segundo ele, isso “aumenta significativamente a disponibilidade da aeronave em diversos segmentos de mercado, como segurança, busca e salvamento e aplicações especiais”, finaliza.

* Tiago Giglio é o fundador e CTO da JETWIND.

Para mais informações sobre drones  clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Mundoni Press



Celeiro do mundo, agro precisa debater mais pautas sobre o clima

Governos e instituições globais devem reconhecer a urgência de apoiar startups que endereçam soluções ao setor e produtores que querem realizar a transição para uma agricultura regenerativa.

Autor: Henrique Galvani

Celeiro do mundo, agro precisa debater mais pautas sobre o clima

Cemig lança programa que beneficia produtores rurais mineiros

Criação de canais de atendimento exclusivos e especializados e melhorias na rede elétrica no interior integram série de ações previstas no Cemig Agro.

Autor: Divulgação

Cemig lança programa que beneficia produtores rurais mineiros

Volkswagen lança campanha com Luan Santana para o agronegócio

A Volkswagen Caminhões e Ônibus acaba de lançar uma nova campanha focada no agronegócio com o cantor Luan Santana.

Autor: Frota News

Volkswagen lança campanha com Luan Santana para o agronegócio

Embrapa vai coordenar evento que reúne instituições dos cinco continentes

Especialistas do Brasil e exterior, incluindo um Nobel da Paz, vão discutir sustentabilidade do agro e segurança alimentar.

Autor: Divulgação

Embrapa vai coordenar evento que reúne instituições dos cinco continentes

Como a automação permite ao agronegócio superar desafios climáticos

O perfil de risco das alterações climáticas na indústria alimentar e no agronegócio é complexo.

Autor: Fernando Cesar Rocha

Como a automação permite ao agronegócio superar desafios climáticos

De olho no futuro do agro brasileiro

O Brasil passou de importador a um dos principais exportadores mundiais de alimentos em apenas quatro décadas.

Autor: Fábio Torquato

De olho no futuro do agro brasileiro

Tecnologia e inovação no agro: as tendências para o setor em 2024

Utilização de inteligência artificial, e principalmente, a maior redução do impacto de emissões de carbono ao meio ambiente tornam-se aliados ao mercado agrícola.

Autor: Divulgação

Tecnologia e inovação no agro: as tendências para o setor em 2024

Estratégias de marketing na internacionalização de empresas agrícolas

O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de soja, café, açúcar, carne bovina, e uma série de outros produtos agrícolas essenciais.

Autor: Ricardo Martins

Estratégias de marketing na internacionalização de empresas agrícolas

Transformação digital no agro brasileiro: inovações em 2024

As tendências de inovação no agro brasileiro e as tecnologias que impulsionam a eficiência e promovem práticas agrícolas sustentáveis.

Autor: Divulgação

Transformação digital no agro brasileiro: inovações em 2024

Agronegócio: a importância de mais investimentos e crédito para o setor em 2024

Não há dúvidas que a agricultura evoluiu muito, afinal, em 40 anos.

Autor: Henrique Galvani

Agronegócio: a importância de mais investimentos e crédito para o setor em 2024

O agronegócio precisa se preparar para os impactos da mudança climática

A mudança climática está afetando o mundo e a forma como vivemos. Basta acompanharmos as notícias, que podemos ver esses impactos de forma clara e nítida.

Autor: James Hodge

O agronegócio precisa se preparar para os impactos da mudança climática

Reforma tributária e o agronegócio

No panorama econômico brasileiro, o agronegócio ocupa espaço de alta relevância.

Autor: Angelo Ambrizzi

Reforma tributária e o agronegócio