Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Mercado agrícola continua promissor em 2021

Mercado agrícola continua promissor em 2021

15/03/2021 João Marchesan

Apesar da pandemia da Covid-19 que criou dificuldades logísticas e de produção, o setor de máquinas e implementos agrícolas brasileiro não parou.

Mercado agrícola continua promissor em 2021

As vendas devem apresentar crescimento real de 12% (descontada a inflação) e 20% de nominal em 2020 em relação ao ano passado e com faturamento estimado em R$ 40 bilhões.

Esse cenário deve-se a uma ótima safra agrícola, o recorde das exportações do agronegócio e a valorização do dólar em 30% que propiciou uma grande rentabilidade para os agricultores das culturas de exportação como soja, milho, café, algodão, laranja, celulose e carnes. Além disso, os produtores rurais aproveitaram os preços dos grãos em alta para aumentar a área plantada e investir em máquinas agrícolas, que são determinantes para extrair o melhor da lavoura.

Outro ponto que alavancou a comercialização no setor foi a defasagem tecnológica existente no Brasil devido 50% do parque industrial ter mais de 10 anos de uso e por isso precisa ser renovado e modernizado.

Já as exportações em 2020 foram impactadas negativamente pela Covid-19, pois as economias dos principais parceiros comerciais, principalmente da América do Sul, não tiveram boa performance.

Quanto as importações, o aumento de custo de 30% devido à desvalorização do Real restringiu a entrada de importados no país no ano passado.

Aliás, o mercado de máquinas agrícolas continuará promissor em 2021, pois os preços estão bons, dólar num bom patamar e as chuvas voltaram. Então temos a expectativa de ser um ano excelente com relação ao clima, que não faltará crédito com as suplementações que estão acontecendo dos bancos particulares e do próprio BNDES.  

Além disso, o Brasil se tornou um grande fornecedor de alimentos para o mundo, principalmente para Ásia onde as áreas aráveis para cultivo estão em grande parte tomadas. No entanto, a população cresce numericamente e aumenta sua renda, demandando alimentos e o Brasil prossegue como um dos grandes fornecedores desse mercado. Baseada nessa conjuntura, a previsão para o próximo ano é de um crescimento real de 3% (descontada a inflação) e nominal de 10% nas vendas, chegando a R$ 45 bilhões de faturamento.

Com relação as exportações acredito que com o fim da pandemia e com o retorno à normalidade deve acontecer uma reação neste ano.

Teremos um 2021 mais promissor caso o governo tome medidas urgentes no sentido de se organizar de forma a permitir o crescimento sustentado da economia de modo que a reversão da desindustrialização garanta emprego e renda para o cidadão. Para isso são necessárias ações que permitam a isonomia competitiva do setor produtivo, proporcionando ampliação de sua participação no mercado doméstico e internacional.

Para tanto, em 2021 devemos continuar articulando com o governo e lutando pela criação de uma política industrial condizente com a indústria brasileira de bens de capital mecânicos, que é o setor responsável pela difusão tecnológica em toda a cadeia produtiva, e que tem papel preponderante no aumento da produtividade nos setores agrícolas, de serviço e industrial.

Continuaremos ainda insistindo nas reformas, tributária, administrativa e política. Especialmente a tributária, já que precisamos com urgência de uma reforma que garanta ao sistema tributário nacional a simplificação, justiça e transparência desejada por todos os contribuintes. Os benefícios desta ação são muitos, mas destacamos a expressiva melhora do ambiente de negócios do país em razão da redução dos custos relacionados à administração dos tributos e dos litígios, aumento da segurança jurídica, ampliação da taxa de investimento por conta da redução do custo que ocorrerá nas máquinas e equipamentos ao eliminar a cumulatividade do sistema e garantir o crédito imediato. Todos fatores que permitirão aumento da produtividade, ganho de competitividade da produção nacional, expansão dos investimentos, redução do índice de desemprego e em aumento da renda do país.

Vamos enfrentar 2021 com atitude, positividade, protagonismo e otimistas para levar as demandas que os próximos doze meses nos trará.

* João Marchesan - Administrador de empresas, empresário e presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos.

Para mais informações sobre Agricultura clique aqui...

Fonte: Vervi Assessoria



Programa Irriga Minas beneficia mais de 700 agricultores familiares em 2021

Ações consistem na entrega e no suporte para a instalação de kits de irrigação.

Programa Irriga Minas beneficia mais de 700 agricultores familiares em 2021

João Pinheiro recebe o 1º Encontro Sucroenergético do Noroeste Mineiro

Sucronoroeste será realizado dia 4 de dezembro, no Sítio Chapecó, com entrada gratuita.

João Pinheiro recebe o 1º Encontro Sucroenergético do Noroeste Mineiro

Ipea prevê cenário positivo para a produção agrícola em 2022

Perspectiva é de safra recorde para a soja, diz Conab.

Ipea prevê cenário positivo para a produção agrícola em 2022

Mudanças climáticas já afetam portos brasileiros, aponta estudo

Setor portuário precisará se tornar mais resiliente para evitar uma série de prejuízos aos usuários e para a economia no futuro, diz estudo.

Mudanças climáticas já afetam portos brasileiros, aponta estudo

Projeto de Lei destina R$ 3 bilhões a produtores rurais

Crédito vai beneficiar ministérios e cerca de 14 mil produtores rurais.

Projeto de Lei destina R$ 3 bilhões a produtores rurais

Rússia garante continuidade da exportação de fertilizantes para o Brasil

O objetivo da viagem da ministra é abrir negociação com os principais fornecedores de fertilizantes, produto essencial para a produção agropecuária que enfrenta restrições na oferta mundial.

Rússia garante continuidade da exportação de fertilizantes para o Brasil

Governo quer aumentar ações de promoção do agro brasileiro no exterior

Chanceler brasileiro participou da abertura de curso sobre agronegócio.

Governo quer aumentar ações de promoção do agro brasileiro no exterior

Horticultura ganha destaque na economia do Sul de Minas

Morango, mandioquinha-salsa, couve-flor e brócolis estão entre as principais produções.

Horticultura ganha destaque na economia do Sul de Minas

Crise de energia eleva produção de etanol e pressiona açúcar

Com o salto dos preços dos combustíveis, Brasil e Índia devem produzir mais etanol.

Crise de energia eleva produção de etanol e pressiona açúcar

Tecnologia auxilia transportes de cargas no agro a equilibrarem custos dos combustíveis

Com a alta nos preços de matéria-prima e escassez de produtos, empresas usam tecnologia na gestão de pneus para economizar.

Tecnologia auxilia transportes de cargas no agro a equilibrarem custos dos combustíveis

Alta umidade do solo favorece plantio de soja no Brasil em outubro

Os volumes de chuva estão estimados entre 25 e 120 milímetros.

Alta umidade do solo favorece plantio de soja no Brasil em outubro

Brasil é o maior exportador de comida halal no mundo

Conceito norteia alimentação de muçulmanos em todo o mundo.

Brasil é o maior exportador de comida halal no mundo