Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A inteligência voltada para a transformação digital

A inteligência voltada para a transformação digital

02/10/2019 Marcelo Coletta

Quem trabalha com tecnologia certamente já teve a impressão de que as coisas estão mudando cada vez mais rapidamente.

Para 80% dos mais de 1.200 profissionais e executivos que participaram do Perform Brasil 2018, o maior evento de Performance Digital do País, a realidade é exatamente essa.

Eles se veem diariamente em contato com ações de transformação digital em seus negócios. Mas o que este movimento significa para as empresas?

A primeira consequência é o surgimento de ambientes mais dinâmicos e difíceis de controlar. Afinal de contas, ao mesmo tempo em que a transformação digital representa novas oportunidades de negócios, as inovações também estão acrescentando uma série de desafios dentro das operações, obrigando as empresas a gerenciarem e entenderem de um ambiente sempre em mudança e cada vez mais abrangente.

Não por acaso, levantamentos do Gartner indicam que as maiores companhias globais estão em um processo contínuo de transformação de suas estruturas e sistemas de TI.

O ponto em questão, no entanto, é que a implantação de novas tecnologias transforma as estruturas das empresas em ambientes extremamente complexos, que precisam de ferramentas para completo monitoramento e gestão automática de performance de todas as aplicações.

Vale ressaltar que esse cenário é especialmente importante com a ascensão da Computação em Nuvem. Na pesquisa realizada durante o Perform Brasil, observamos que mais de 65% dos líderes de TI têm planos para ampliar seus investimentos em soluções baseadas em Cloud Computing em curto e médio prazo.

O que essas companhias buscam, em resumo, é a maior agilidade e economia gerada por ambientes mais flexíveis e móveis.

Diferente de uma estrutura local tradicional, que depende de investimento em equipamentos, espaço e manutenção, os servidores em Nuvem de fato têm se mostrado como uma oportunidade que agrega maior capacidade de expansão e disponibilidade de acesso às companhias – mesmo estando fisicamente fora do escritório.

As aplicações em Nuvem não são o único ponto que merece atenção nesse cenário. À medida que as ações digitais amadureçam dentro das empresas, é esperado que a demanda por soluções inteligentes também cresça substancialmente.

A Inteligência Artificial (IA), por exemplo, deverá ser cada vez mais presente com o avanço das redes conectadas, com a Internet das Coisas (IoT), e a ascensão de novas formas de relacionamento com clientes, em ofertas baseadas em chatbots e assistentes virtuais.

Os líderes de TI estão diante de um cenário novo, no qual saber como lidar com maiores volumes de dados e com a necessidade de encontrar mecanismos para o gerenciamento inteligente de seus ecossistemas é imprescindível.

Isso quer dizer controlar um ambiente em expansão contínua e a necessidade de se adotar recursos que garantam a capacidade de prever, mapear e identificar a causa raiz dos problemas, preferencialmente antecipando possíveis falhas ou imprevistos na rede.

No momento atual, totalmente hiperconectado e basicamente todo baseado em Nuvem, as velhas concepções e planos de monitoramento e gestão estão perdendo espaço e eficiência prática.

Quanto mais as organizações reforçam seus ambientes de TI com novas tecnologias e serviços, maior será o desafio de organizar, escalonar e extrair o real valor das soluções e dados de forma completa e integrada.

Isso porque a ascensão das ferramentas digitais tem provocado um grande deslocamento e descentralização das informações, aumentando a complexidade para o gerenciamento das redes e infraestruturas de TI nas organizações.

Com os dados mais dispersos e espalhados em diferentes espaços e formatos, manter a conformidade e a unidade dos registros se torna um ponto importante e especialmente desafiador para todas as empresas.

Para gerar melhores resultados, as empresas precisam entender a fundo as opções entregues por cada uma das novas plataformas de TI e, mais do que isso, contar com soluções que permitam obter a melhor maneira de integrar e tornar essas inovações realmente assertivas, do ponto de vista de retorno do investimento.

Inovar por inovar não é a solução efetiva para nenhum negócio. As opções são apresentadas pelo mercado, mas são as empresas que precisam avaliar quais são as inovações verdadeiramente indicadas e como esses recursos poderão agregar maior destaque e eficiência a suas operações.

As cartas estão na mesa, ou em alguma Nuvem, mas é essencial que os líderes e especialistas trabalhem para conseguir entender todas as possibilidades, usando a tecnologia como um aliado real dos negócios.

* Marcelo Coletta é Sales Engineering Leader da Dynatrace.

Fonte: PLANIN



Seis passos para quem deseja empreender como influenciador digital

Sucesso nessa atividade às vezes leva tempo e dá trabalho, mas é viável e vale a pena.

Seis passos para quem deseja empreender como influenciador digital

Os desafios na Gestão de TI

A vida do gestor de TI não é fácil ou simples.


Pesquisa indica efeitos negativos causados por videogames

Depressão, dificuldade para dormir, demissão são alguns dos efeitos negativos indicados pelo estudo.

Pesquisa indica efeitos negativos causados por videogames

Ser on-line é saber da importância do off-line

“É lindo ver o mundo se tornar digital, mas todos nós precisamos vigiar para que ele nunca deixe de ser humano e pessoal.”


Cresce o número de consumidores que devem comprar na Black Friday se preços valerem a pena

Pesquisa mostra que houve um aumento sete pontos percentuais entre os que vão avaliar ofertas antes de fechar negócio, apontam CNDL/SPC Brasil.

Cresce o número de consumidores que devem comprar na Black Friday se preços valerem a pena

O que falta para o Brasil avançar na área de cibersegurança?

Links suspeitos, malwares, vazamento de dados, privacidade digital.


WhatsApp baniu 400 mil contas do Brasil nas últimas eleições

As contas foram banidas entre 15 de agosto e 28 de outubro de 2018.

WhatsApp baniu 400 mil contas do Brasil nas últimas eleições

Google e Facebook lançam serviços financeiros

Não apenas uma, mas duas gigantes de tecnologia lançaram serviços financeiros nesta semana.

Google e Facebook lançam serviços financeiros

Aplicativo brasileiro permite fazer doações sem gastar dinheiro

Tecnologia criada pela Ribon já realizou mais de cinco milhões de doações com apoio de empresas nacionais que beneficiam pessoas em todo planeta.

Aplicativo brasileiro permite fazer doações sem gastar dinheiro

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados em 17 estados

Segundo a Anatel, o objetivo da iniciativa é assegurar uma base cadastral correta e atualizada.

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados em 17 estados

TSE traça estratégias de combate à desinformação nas Eleições 2020

TSE reúne-se com Google, Facebook, WhatsApp e Twitter para alinhar combate a fakes news.

TSE traça estratégias de combate à desinformação nas Eleições 2020

A Inteligência Artificial é apenas um componente das redes corporativas?

Como impedir que a Inteligência Artificial seja apenas um componente das redes corporativas.