Portal O Debate
Grupo WhatsApp

App criado por mãe dá dicas para manter as crianças seguras na internet

App criado por mãe dá dicas para manter as crianças seguras na internet

16/03/2020 Divulgação

Recentemente, megaoperação contra pornografia infantil prendeu 251 pessoas e traz alerta para os pais

App criado por mãe dá dicas para manter as crianças seguras na internet

Cerca de 24,3 milhões de crianças e adolescentes, com idade entre 9 e 17 anos, são usuários de internet no Brasil, o que corresponde cerca de 86% do total de pessoas dessa faixa etária no país. A informação consta na pesquisa TIC Kids Online Brasil. Com a facilidade de acesso, os pais passam a se preocupar ainda mais com os perigos do mundo digital. Recentemente, uma megaoperação da polícia civil contra pornografia infantil prendeu 200 pessoas espalhadas pelo Brasil todo. 

De acordo com Luiza Mendonça, educadora parental e fundadora do AppGuardian - aplicativo de conexão entre pais e filhos que oferece ferramentas para auxiliar as famílias nas mudanças de hábitos digitais -  é fundamental que os pais passem a acompanhar e conhecer a rotina dos seus filhos na internet. “A tecnologia conecta nossos filhos ao mundo, mas ela não precisa ser a vilã. Pelo contrário, a tecnologia tem sido uma aliada em diversas tarefas rotineiras, aproximando  cada vez mais pais e filhos. A criação do app tem o intuito de manter os pais atualizados sobre o que os filhos estão acessando e também ajudá-los a conhecerem melhor como eles são por “trás da telinha”, explica Luiza. 

Para deixar as crianças mais seguras na internet, acompanhe alguns cuidados simples que podem ajudar. Confira:

Diálogo em primeiro lugar!

O primeiro passo para manter a criança segura na internet é o diálogo entre pais e filhos. Para se conectar melhor com a garotada é essencial que os pais saibam o que eles andam fazendo na internet e fora dela também. Uma dica importante: procure saber quais são os youtubers que seu filho mais curte, além de hobbies, gostos musicais e quais séries e programas ele gosta de assistir. Não deixe de passar um tempo com seu filho e procure estar sempre atento às suas atividades (online e offline). 

Estipule limites!

A Organização Mundial de Saúde orienta que para crianças a partir dos 5  anos de idade o ideal é limitar o tempo de exposição às mídias ao máximo de 2 horas por dia (incluindo computador, celular, tablets e televisão). Já para os adolescentes, é preciso ficar de olho e não deixá-los isolados nos seus quartos ou permitir que ultrapassem as horas saudáveis de sono para ficar na internet. 

Atenção com a postagem de fotos!

Uma das dicas da especialista é o cuidado ao postar fotos nas redes sociais e até mesmo enviar para amigos. Devemos sempre evitar fotos com logomarca de escola ou que indique o endereço de casa e se a criança está sozinha ou acompanhada, se está triste ou depressiva. Outro ponto são fotos em poses sensuais, com roupas que mostrem boa parte do corpo ou até mesmo ‘nudes’. Em um mundo cada vez mais conectado, orientar os filhos sobre esses temas é fundamental. “Os pais devem orientar seus filhos para que eles tomem cuidado e pensem antes de enviar qualquer foto ou mensagem pelo celular. É preciso também ficar atento às redes sociais, como por exemplo, o Tik Tok, um dos aplicativos mais baixados do mundo”, explica Luiza.

Fique de olho no comportamento do seu filho!

Educadores e psicólogos garantem que o quarto trancado é um dos maiores perigos de hoje em dia, já que na web o adolescente pode ter acesso a conteúdos inapropriados. Mudanças bruscas, apesar de não comprovarem que algo de errado está acontecendo, podem representar fortes alertas para os pais. Voltar a fazer xixi na cama, ter brincadeiras violentas e até medo de ficar sozinho com adultos, ou apresentar problemas na escola são alguns destes sinais e merecem atenção.

Caso preciso, aposte na tecnologia como aliada!

Para auxiliar os pais a organizarem melhor a rotina digital dos filhos , uma alternativa é apostar em apps de controle parental. Um exemplo é o AppGuardian, que permite que os pais bloqueiem o acesso dos filhos a alguns apps do celular e tenha acesso a rotina dos filhos nos dispositivos móveis - possibilitando, inclusive, que só a função do telefone para ligações fique ativa. Com a tecnologia é possível ter acesso a um relatório informando o tempo que a criança passou no Youtube e demais redes sociais, além de um calendário para organizar a rotina da criança ou do adolescente em relação ao uso da internet.

Fonte: Agência NoAr



Como proteger o infoproduto e o conteúdo digital e ficar seguro na Internet

A opção clássica é fazer o registro na Biblioteca Nacional garantindo uma proteção mais efetiva.

Como proteger o infoproduto e o conteúdo digital e ficar seguro na Internet

Plataformas digitais faturam equivalente a 48,8% do PIB brasileiro

FENAJ apresenta proposta de taxar parte para financiar jornalismo.

Plataformas digitais faturam equivalente a 48,8% do PIB brasileiro

WhatsApp testa no Brasil funcionalidade de indicação de negócios

Recurso é, por enquanto, exclusivo para usuários de São Paulo.

WhatsApp testa no Brasil funcionalidade de indicação de negócios

Brasília e Uberlândia são as ganhadoras do Prêmio Cidades Amigas da Internet

Divulgado no Painel Telebrasil 2021, prêmio reconhece as ações dos municípios para incentivar a implantação de infraestrutura de telecomunicações e a expansão da conectividade.

Brasília e Uberlândia são as ganhadoras do Prêmio Cidades Amigas da Internet

WhatsApp vai parar de funcionar em mais de 40 modelos de smartphones. Veja a lista

Se o seu celular estiver na lista, a solução é utilizar outro serviço para mensagens ou trocar de aparelho.

WhatsApp vai parar de funcionar em mais de 40 modelos de smartphones. Veja a lista

Conheça algumas fraudes que utilizam o PIX e como prevenir

Após mais de seis meses de início do uso do PIX, já surgiram diversas estratégias de golpes registradas utilizando essa ferramenta.

Conheça algumas fraudes que utilizam o PIX e como prevenir

Qual será o futuro do mobile marketing?

O celular se tornou uma extensão dos nossos corpos. No Brasil, o número de pessoas que usam tal aparelho principalmente para acessar a internet, vem crescendo cada vez mais – tendo chegado a 99% em 2019, segundo dados do TIC Domicílios.

Qual será o futuro do mobile marketing?

SMS pirata: como essa prática pode prejudicar o seu negócio?

O SMS é um canal de comunicação muito versátil, sendo altamente eficaz no envio de mensagens rápidas, curtas e de forma praticamente instantânea.

SMS pirata: como essa prática pode prejudicar o seu negócio?

Nova certificação digital gera economia de 73% a Minas Gerais

Assinatura on-line de documentos contribui para eficiência na prestação de serviços e facilita acesso pelo cidadão.

Nova certificação digital gera economia de 73% a Minas Gerais

Os novos golpes virtuais: saiba como se prevenir

Boletos bancários, venda de veículos, atualização de dados, vacinas e outras iscas utilizadas pelos bandidos.

Os novos golpes virtuais: saiba como se prevenir

Brasileiro gastou mais na internet no primeiro semestre de 2021

Com a necessidade de isolamento social, as pessoas passaram a comprar mais pela internet.

Brasileiro gastou mais na internet no primeiro semestre de 2021

Anúncios no YouTube: cinco segundos que tem tirado muita gente do sério

Numa sociedade ansiosa a nível de desequilíbrio, os anúncios no YouTube tornam-se um tormento e os anunciantes perdem ao invés de ganharem, revela neurocientista.

Anúncios no YouTube: cinco segundos que tem tirado muita gente do sério