Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Brasileiros compartilham mais memes do que notícias sobre o Coronavírus

Brasileiros compartilham mais memes do que notícias sobre o Coronavírus

08/04/2020 Divulgação

Pesquisa tem como base a rede social Twitter.

Brasileiros compartilham mais memes do que notícias sobre o Coronavírus

O Brasil é o quarto país que mais comenta sobre o COVID-19 (novo Coronavírus) no mundo. A afirmação vem de um estudo feito pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas sobre o comportamento dos brasileiros nas redes sociais em relação à nova doença. De acordo com a pesquisa, em todo o mundo, 3,3 milhões de menções ao Coronavírus foram feitas na rede social Twitter. No Brasil, houve um aumento de citações a partir do dia 26 de fevereiro, quando o primeiro caso foi confirmado no país.

Apesar da grande disseminação do assunto, um dado chamou a atenção dos pesquisadores: 34% das menções eram imagens consideradas engraçadas pelos internautas, conhecidas como ‘memes’. O número ultrapassou os tuites de notícias, que somavam 17%.

De acordo com a professora do curso de Marketing Digital do Centro Universitário Internacional Uninter, Maria Carolina Avis, o conteúdo considerado divertido, pode ajudar quem está de quarentena. ‘‘Como as pessoas precisam ficar em isolamento social, naturalmente passam mais tempo na internet e nas redes sociais, o que faz com que o consumo de conteúdo aumente, principalmente esses mais informais e divertidos, já que buscamos consumir conteúdos leves para passar o tempo’’, diz.

Além disso, de acordo com a especialista, é possível trazer conhecimento por meio dessa ferramenta. ‘‘Embora os memes sejam uma forma divertida e informal de conteúdo, eles podem, sim, servir para educar e disseminar informações de qualidade como dar dicas e deixar mensagens positivas de forma descontraída’’.

Para a professora, o momento é delicado e as pessoas podem se sentir ansiosas com situações como a que o mundo vem enfrentando nas últimas semanas.

Fonte: Uninter



Startup da HIPE tem crescimento mensal de 150% em meio à pandemia

A inovação transforma o dinheiro físico em digital.

Startup da HIPE tem crescimento mensal de 150% em meio à pandemia

Brasil ocupa 4º lugar do ranking de audiência do Facebook na quarentena

País tem cerca de 120 milhões de pessoas acessando a rede social diariamente.

Brasil ocupa 4º lugar do ranking de audiência do Facebook na quarentena

A evolução da IoT e os desafios de segurança

A IoT ainda está em desenvolvimento e precisamos de uma solução de segurança que aprenda junto com ela.


Conheça o primeiro app brasileiro de chá de bebê online

A BBchow foi disponibilizado no Google Play e App Store já contabiliza 10 mil downloads.

Conheça o primeiro app brasileiro de chá de bebê online

Google será o responsável por mais uma crise mundial

Com a pandemia da covid-19, o lockdown e o isolamento impostos a boa parte da população na tentativa de conter o vírus, o mundo inteiro se vê frente a um cenário de desaceleração econômica, desemprego e crise financeira generalizada.


Startup Day 2020 abordará inovação pós-crise

Além de palestras com especialistas, o evento trará um espaço virtual para exposição de cases de sucesso, oficinas, demoday e muita interação entre os participantes.

Startup Day 2020 abordará inovação pós-crise

Vendas de brinquedos e jogos pela internet crescem mais de 400%

Pandemia antecipou tendências que levariam anos para se consolidarem, aponta especialista.

Vendas de brinquedos e jogos pela internet crescem mais de 400%

Rede social indeniza por bloqueio de conta de usuária

Para o relator, faltou justificativa plausível para desligamento

Rede social indeniza por bloqueio de conta de usuária

Coronavírus faz disparar procura por tutoria online

Busca pelo serviço desde o começo do distanciamento social confirma a tendência de consolidação de novas formas de EaD.

Coronavírus faz disparar procura por tutoria online

Números de acessos à plataforma de telemedicina dobra em abril

Com a tecnologia, através da telemedicina é possível expandir a capacidade de atendimento.

Números de acessos à plataforma de telemedicina dobra em abril

Justiça mineira isenta empresas de internet

Justiça mineira isenta empresas de internet.

Justiça mineira isenta empresas de internet

Quais os limites da privacidade em tempos de pandemia?

É tempo de reavaliar e usar sim a tecnologia a favor do bem comum.

Quais os limites da privacidade em tempos de pandemia?