Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Chegou a hora do adeus aos “brokers do WhatsApp”?

Chegou a hora do adeus aos “brokers do WhatsApp”?

08/06/2022 Ricardo Zanlorenzi

Estamos diante de um momento que pode ser crucial para a definição dos caminhos da comunicação entre empresas e consumidores.

Chegou a hora do adeus aos “brokers do WhatsApp”?

Um passo dado pelo WhatsApp deve mudar a forma como empresários alocam e distribuem os recursos que têm disponíveis para seus canais de relacionamento com o cliente. Agora, qualquer empresa pode se conectar à API (Application Programming Interface ou Interface de Programação de Aplicações) oficial do WhatsApp, sem a necessidade de um broker. Antes, era necessário estar inserido com algum provedor terceirizado —  Business Solution Providers (BSPs) — que auxiliava as empresas a se comunicarem com os clientes no WhatsApp. Porém, essa solução custava caro para muitas instituições, que pagavam mensalmente para continuarem tendo acesso ao WhatsApp. 

Mas, e os brokers? Com essa nova atualização, o poder dos brokers foi reduzido, facilitando o acesso para qualquer empresa, independentemente do porte, utilizando a API direto com o WhatsApp. A diminuição dos custos vai direto para as contas das companhias, pois quem optar pela API direto com o WhatsApp não terá mais os custos dos BSPs. Além disso, o WhatsApp oferece até mil conversas gratuitas por mês por meio da sua API. Após essa quantidade, começa a ser contabilizado. O pagamento também é direto com o WhatsApp, sem custos adicionais. 

Esse anúncio do WhatsApp impacta diretamente as empresas de pequeno porte que não conseguiam acesso aos brokers pelo alto custo. O poder estabelecido pelos brokers dificultava essa validação. Agora, em poucos minutos, qualquer companhia consegue fazer a ativação do número com a possibilidade de, caso não ultrapassem mil conversas, não ter nenhum custo. 

A conexão direta à API do WhatsApp permite acompanhar as métricas em tempo real. Isso possibilita ter um monitoramento do desempenho do canal e estabelecer estratégias. A plataforma é muito crítica caso o número da conta tenha muitas denúncias. Por meio do dashboard, é possível avaliar essas informações e ter controle. A novidade também é uma API baseada na nuvem, podendo acessar em qualquer lugar do mundo e não tendo a necessidade de nenhum servidor extra para utilizar. 

Os desenvolvedores já precisam estar atentos a essa nova atualização, fazendo essa integração direto à API oficial do WhatsApp das contas dos clientes. Essa novidade vem para facilitar a integração com qualquer sistema. Os BSPs que ofereciam serviços simples com uma cobrança alta vão dar adeus a muitos reféns. O fornecimento de sistemas básicos e limitados já não sustenta as empresas. Cada vez mais o omnichannel está presente nas companhias. A integração dos canais é necessária e plataformas básicas não comportam para muitas empresas. 

Ainda terão instituições que continuarão a utilizar os brokers pelo comodismo e pelo pacote básico dos sistemas ser adequado para algumas corporações. Porém, o WhatsApp facilitou a possibilidade de qualquer companhia ter acesso à API oficial. Com isso, os custos das grandes empresas podem ser destinados a plataformas completas com serviços personalizados e integrados. Já as menores terão oportunidade de entrar no WhatsApp, sem custos extras desnecessários, e começar a investir em serviço de qualidade e ter autonomia no controle dos canais de comunicação. E os brokers? Investem em serviços mais completos e sofisticados ou adeus! 

* Ricardo Zanlorenzi é CEO (Chief Executive Officer) da Nexcore.

Para mais informações sobre WhatsApp clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Central Press



Painel Telebrasil Summit 2022 destaca o país depois do 5G

O maior evento de telecomunicações, conectividade e inovação do país acontecerá nos dias 28 e 29 de junho, em Brasília.

Painel Telebrasil Summit 2022 destaca o país depois do 5G

Low-code: força motriz para agilizar negócios

O low-code pode ser definido como uma plataforma de desenvolvimento de código mínimo.

Low-code: força motriz para agilizar negócios

Por um marketing mais responsável

A responsabilidade socioambiental não é mais uma tendência.

Por um marketing mais responsável

As 3 melhores moedas de baixa capitalização para metaversos em 2022: Mushe (XMU), Mist (MIST) e Highstreet (HIGH)

O melhor momento para adquirir qualquer ativo é quando seus preços estão baixos.

As 3 melhores moedas de baixa capitalização para metaversos em 2022: Mushe (XMU), Mist (MIST) e Highstreet (HIGH)

Governo lança portal com informações sobre o FGTS Digital

Versão digital entra em operação até final do ano.

Governo lança portal com informações sobre o FGTS Digital

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

A Enjin Coin (ENJ) trouxe uma forma interessante de integrar partes anteriormente díspares do espaço dos criptoativos. Porém, será que sua valorização se manterá consistente ao longo do tempo?

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

Como a inteligência de dados auxilia o Open Finance

Imagine que a sua televisão está com defeito. Você busca um modelo um pouco melhor na internet (afinal, você merece) e decide comprá-la em algumas suaves prestações.


Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

Existe uma forma para as finanças descentralizadas se tornarem mais sustentáveis. Aqui estão as empresas que estão pavimentando o caminho.

Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

A importância da Educação para uma internet segura para todos

Há uma série de leis, regulamentos e normas técnicas que reforçam o valor da informação.

A importância da Educação para uma internet segura para todos

O metaverso vem aí e está mais próximo do que você imagina

Você, assim como eu, já deve ter ouvido falar no Metaverso.


6 passos para evitar e mitigar os danos de ataques cibernéticos à sua empresa

Ao longo de 2021 o Brasil sofreu mais de 88,5 bilhões (sim, bilhões) de tentativas de ataques digitais, o que corresponde a um aumento de 950% em relação a 2020, segundo um levantamento da Fortinet.


Como fazer em caso de PIX em conta errada?

No caso das pessoas que fez o pagamento, a alternativa é buscar a sua agência bancária para resolver a situação.

Como fazer em caso de PIX em conta errada?