Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como proteger o seu celular smartphone de ameaças?

Como proteger o seu celular smartphone de ameaças?

18/06/2018 Edson Pedro Ferlin

O uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) é fundamental para a interação social, o entretenimento, a educação e até para os negócios.

Como proteger o seu celular smartphone de ameaças?

E é a popularização da internet, principalmente por meio dos smartphones, que torna esse acesso a recursos e a informações mais rápido e globalizado.

Com os smartphones, o acesso aos mais variados produtos, serviços e conhecimentos veio para a ponta dos dedos. Basta um único clique para abrir esse mundo virtual da internet. A disseminação dessa tecnologia, no entanto, traz uma série de cuidados e de responsabilidades para os usuários.

É importante destacar que os smartphones, sob o ponto de vista técnico, são computadores com recursos por vezes até mais potentes do que de PCs enotebooks que utilizamos em casa ou no trabalho.

Portanto, os mesmos cuidados ao se acessar a internet em computadores devem ser repetidos nos smartphones, também suscetíveis às ameaças cibernéticas e aos roubos de informações.

Por isso é importante seguir algumas orientações para minimizar os problemas relativos à segurança da informação e proteger o aparelho das ameaças cibernéticas.

Confira algumas dicas úteis para manter seu Smartphone mais seguro:

- Manter sempre o Sistema Operacional do aparelho atualizado, pois é assim que são feitas as correções de problemas já detectados (fragilidades) do software e que normalmente envolvem questões de segurança do aparelho;

- Não instalar APPs (aplicativos) sem necessidade, ou mesmo de fornecedores desconhecidos ou não confiáveis, pois podem ocasionar problemas de segurança;

- Instalar somente APPs oficiais e, de preferência, das lojas de aplicativos, APP Store para aparelhos IOS, como o Iphone, ou Play Store para aparelhos Android, pois APPs não confiáveis podem apresentar problemas com vulnerabilidades ou permitir acesso indevido ao aparelho;

- Utilizar sempre senhas para permitir o acesso aos recursos do aparelho, pois isso evita que pessoas estranhas tenham acesso ao aparelho;

- Não deixar o Bluetooth ativo sem necessidade, pois pode ser a porta de acesso de cibercriminosos ao telefone;

- Acessar somente redes wireless confiáveis e evitar de utilizar redes wifi públicas, pois não se sabe quem mais está tendo acesso à mesma rede;

- Manter sempre o aparelho à vista, não o deixando em qualquer lugar, pois ele pode ser acessado por pessoas não autorizadas;

- Fazer o backup (cópia de segurança) dos dados regularmente, utilizando os drivers virtuais como Google Drive, Dropbox, Onedrive e outros;

- Não deixar informações críticas armazenadas no aparelho, como senhas, dados bancários ou fotos comprometedoras, pois esses dados podem ser acessados por cibercriminosos;

- Não acessar páginas/sites não confiáveis, pois podem conter código maliciosos que podem instalar alguns softwares ou mesmo “roubar” informações do aparelho;

- Não aceitar a instalação de softwares que aparecem em mensagens, pois eles podem causar problemas ou gerar vulnerabilidades na segurança.

No caso de furto ou roubo do aparelho, além de registrar o Boletim de Ocorrência, o usuário pode recorrer à operadora de celular para bloquear e inutilizar o celular, e para isso, basta ter o código IMEI do aparelho.

Por último, é necessário ter em mente o seu comportamento na utilização do smartphone nas redes sociais (Facebook, Instagram etc) ou mesmo no acesso à internet, pois o smartphone é muito útil, mas nos deixa expostos às ameaças praticamente 24h por dia.

*Edson Pedro Ferlin é professor de Engenharia da Computação e Gestão de TI do Centro Universitário Internacional Uninter. 



Você sabe quais são os tipos de Startups?

Conheça dois modelos de empreendimento e suas características

Você sabe quais são os tipos de Startups?

Locadoras digitais e o ‘espectador sob demanda’

A mudança de hábitos dos usuários está obrigando às empresas focadas em produção audiovisual a repensar sua estratégia.

Locadoras digitais e o ‘espectador sob demanda’

Existe privacidade na internet?

A privacidade na internet não é um mito, mas é praticamente impossível

Existe privacidade na internet?

Digitalização e humanidade

Como olhar para o futuro e ver um mundo que ainda não existe? Não há tecnologia que possa fazer esse trabalho.


Mobilidade digital: transformação e oportunidade

Os desafios do futuro encorajam as fábricas a repensar seu papel no presente.

Mobilidade digital: transformação e oportunidade

Por que a cibersegurança é estratégica para profissionais de TI e negócios?

Evitar falhas, ataques cibernéticos e vazamento de informações é uma preocupação de todos os departamentos e da alta cúpula das empresas.


Concurso da Alemanha busca jovens inovadores no Brasil

Candidatos de todas as áreas do conhecimento podem se inscrever no Falling Walls Lab até 31 de julho

Concurso da Alemanha busca jovens inovadores no Brasil

Estudo mostra que o Brasil é pouco ou muito pouco inovador

Em pesquisa da CNI, quase metade dos entrevistados concorda que o Brasil carece de inovação na indústria

Estudo mostra que o Brasil é pouco ou muito pouco inovador

Afinal, Neymar cometeu “crime digital”?

O principal assunto dos últimos dias é o caso Neymar.

Afinal, Neymar cometeu “crime digital”?

Brasil já tem 138 milhões de celulares 4G

A cobertura de 4G já está em 4.503 municípios, onde moram 95,8% da população brasileira

Brasil já tem 138 milhões de celulares 4G

Vai viajar? Cuidado com as armadilhas

Kaspersky levanta alguns cuidados que os viajantes precisam ter antes e durante o passeio.

Vai viajar? Cuidado com as armadilhas

Projeto voltado para o café seleciona 26 startups em Minas Gerais

Projeto oferece soluções tecnológicas que promovam a acessibilidade dos agentes do setor cafeeiro a diversas informações

Projeto voltado para o café seleciona 26 startups em Minas Gerais