Portal O Debate
Grupo WhatsApp


E-commerce deve fortalecer comércio exterior em 2021

E-commerce deve fortalecer comércio exterior em 2021

11/01/2021 Flávio de Faria Rufino e Pietro Paroni

Setor deve ter saldo positivo com produtos vendidos online.

E-commerce deve fortalecer comércio exterior em 2021

Embora diante de um cenário ainda imprevisível, empresas ligadas ao comércio exterior, especialmente as grandes varejistas do e-commerce, estimam encontrar um caminho mais positivo no primeiro trimestre de 2021. A análise foi feita por Flávio de Faria Rufino, diretor operacional e comercial na Ascensus Trading & Logística, e Pietro Paroni, gerente geral de desenvolvimento de negócios na Multilog em debate online promovido pela Pinho Logística, empresa especializada em comércio exterior e logística aduaneira.

A reação mais positiva da economia nos últimos meses, em especial do varejo, propiciou o aumento da importação de não duráveis, como alimentos e bebidas. “Produtos que estão dentro do e-commerce tendem a crescer, assim como o varejo. Embora 2021 apresente desafios até maiores do que 2020, há uma certa expectativa de que até março teremos um aumento de produção para atender o varejo em diversos segmentos”, acredita Rufino.

Já Paroni lembra que o crescimento do e-commerce se deve à quebra de vários paradigmas. “Vimos fenômenos de demanda reprimida em diversos segmentos no segundo semestre, especialmente em eletroeletrônicos, eletrodomésticos, games e bebidas. Esses produtos devem continuar em alta, pois a pandemia quebrou  padrões de consumidores que não compravam pela internet. Agora vemos pessoas utilizando plataformas online para comprar desde aspirador de pó até alimentos”, analisa.

Um exemplo de mudança no comportamento do consumidor aparece no segmento de lata de alumínio, seja para refrigerante ou cerveja, que deixou de ser consumida nos bares e casas noturnas (onde dividia espaço com garrafas de vidro) e veio com força para as casas dos consumidores. Com a alta no consumo pela pandemia, empresas recorrem às importações. “Não temos falta de alumínio, e sim de produção industrial de latas na escala necessária a esse novo padrão de consumo”, analisa Rufino

Tecnologia

Outra quebra de paradigma causada pela pandemia foi a digitalização de um dos setores mais tradicionais do país. Com novos processos, o segmento precisou se modernizar rapidamente, fenômeno que deve continuar ainda mais em 2021.

“A crise fez os órgãos reguladores - como Ministério da Agricultura, Receita Federal, Inmetro - aceitarem assinatura eletrônica nos documentos de despacho aduaneiro, que eram obrigatoriamente físicos até então”, conta Pietro.  

“Na gestão, o trabalho de forma remota também teve impacto não só na redução de custos com viagens, como também na agilidade para decidir. Hoje, conseguimos aumentar consideravelmente nossa eficiência operacional e acelerar os esforços de digitalização do comércio exterior no Brasil”, diz Rufino.

Sobre o Grupo Pinho

A Pinho oferece soluções logísticas com inteligência de mercado, unindo experiência e inovação. Pioneira no ramo de desembaraço aduaneiro, a Pinho iniciou suas atividades em 1937 e fez parte de grandes projetos nacionais, como a importação de peças para a Usina de Itaipu e para a Fábrica de Celulose da Eldorado. Ao longo de oito décadas, o grupo se destaca por ajudar a desburocratizar e otimizar processos no setor de comércio internacional para empresas, contando com sistema próprio de tecnologia para acompanhamento de cargas, além de oferecer frete internacional (marítimo e aéreo), frete rodoviário, seguro de cargas e recuperação de impostos. Grandes grupos empresariais estão entre os principais clientes da Pinho, que atua em todo o país e tem sedes nos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

* Flávio de Faria Rufino, diretor operacional e comercial na Ascensus Trading & Logística, e Pietro Paroni, gerente geral de desenvolvimento de negócios na Multilog.

Para adquirir Computadores e Produtos de Informática clique aqui...

Fonte: Talk Comunicação




Startup brasileira ganha prêmio WSA na categoria saúde e bem-estar

Eyer é um retinógrafo portátil, instrumento que permite a realização de exames oculares, de frente e fundo de olho.

Startup brasileira ganha prêmio WSA na categoria saúde e bem-estar

Dados em risco: como os aplicativos de espionagem atuam?

Consultor explica como as ferramentas invadem os dispositivos móveis e ensina o que fazer para aumentar a segurança dos aparelhos.

Dados em risco: como os aplicativos de espionagem atuam?

Posts patrocinados pelo Instagram cresceram quase 400% em 5 anos

Ferramenta conseguiu se consolidar como uma plataforma de marketing e vendas para além das fotos pessoais compartilhadas.

Posts patrocinados pelo Instagram cresceram quase 400% em 5 anos

Vantagens dos cartuchos de tinta HP

Os cartuchos de tinta HP são peças fundamentais para o bom funcionamento de sua impressora HP. Acesse e conheça as vantagens dele!


Novos termos de privacidade do WhatsApp desrespeitam a LGPD

Além de ferir a legislação, o aplicativo coloca em risco as informações pessoais dos usuários.

Novos termos de privacidade do WhatsApp desrespeitam a LGPD

Vazamento de dados em compras on-line: as causas mais comuns e como evitá-las

As quatro das principais formas de ter suas informações pessoais expostas no e-commerce e quais práticas podem diminuir esses incidentes.

Vazamento de dados em compras on-line: as causas mais comuns e como evitá-las

5 formas da sua empresa ser invadida e como se prevenir

Especialista chama a atenção para erros básicos que podem acontecer nas empresas, como a violação física de dados, e dá algumas dicas sobre como estar sempre alerta.

5 formas da sua empresa ser invadida e como se prevenir

As piores senhas do mundo que você nunca deve usar

Pelo quinto ano consecutivo, as senhas mais populares do mundo são “123456” e “password” (senha).

As piores senhas do mundo que você nunca deve usar

Tecnoestresse – como evitar o lado negativo do excesso de conectividade

O termo é entendido como o vínculo psicológico negativo entre as pessoas e a introdução de tecnologias.

Tecnoestresse – como evitar o lado negativo do excesso de conectividade

Como funcionam os algoritmos das redes sociais?

O que dá para saber sobre seu funcionamento é que são baseados em relacionamento, temporalidade e engajamento.

Como funcionam os algoritmos das redes sociais?

Brasil está entre os 30 países que pagam mais caro pela internet

País cobra cerca de R$113,70 pelo acesso à rede mundial de computadores.

Brasil está entre os 30 países que pagam mais caro pela internet

Brasil e Reino Unido assinam cooperação sobre inovação digital

Digitalização e a transparência serão enfatizadas.

Brasil e Reino Unido assinam cooperação sobre inovação digital