Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Google x Apple: a briga pelo mercado de mensageria

Google x Apple: a briga pelo mercado de mensageria

18/04/2023 Igor Castro

Os sistemas de mensageria evoluem a passos rápidos a cada ano.

Google x Apple: a briga pelo mercado de mensageria

Novas plataformas e canais de comunicação instantâneos ganham cada vez mais aderência no mercado, enriquecendo a experiência do usuário e sua relação com suas marcas prediletas. Os benefícios de adotá-los nas estratégias de crescimento são inegáveis – mas, nem todas as empresas parecem estar abertas a incorporar essas tendências.

Provocações intensas vem sendo trocadas, recentemente, entre o Google e a Apple no que diz respeito ao desinteresse desta segunda em adotar o protocolo de mensageria do RCS (Rich Communication Service) ao iMessage – alegando a inexistência de demanda de seus usuários pela implementação da tecnologia que, hoje, está apenas disponível para aparelhos Android. O motivo, contudo, não foi bem aceito pelo Google, que vem compartilhando “cutucadas” frequentes, ressaltando os benefícios que a gigante de tecnologia poderia adquirir com este protocolo que, nos últimos anos, ganhou imensa força.

Apesar de ainda ser relativamente novo no mercado quando comparado com outros sistemas de mensageria, o RCS é um protocolo de comunicação entre operadoras de telefonia móvel que oferece uma comunicação muito mais completa aos seus usuários. Com ele, empresas e pessoas podem se comunicar de forma mais simples e eficiente através de mensagens que permitem o envio de textos, imagens, gifs e carrosséis ao mesmo tempo. Tudo isso de maneira mais interativa e personalizada.

Considerando ainda as crescentes ondas de crimes virtuais envolvendo roubos e vazamentos de dados, o RCS eleva a segurança na comunicação entre as partes por meio de um selo de autenticidade assegurado pelo próprio Google. Assim, cada mensagem emitida contém a logo e nome da empresa com sua verificação ao lado, como garantia de segurança ao usuário ao receber esse conteúdo das marcas sem correr o risco de se comunicar com fraudadores e criminosos.

Quando comparamos essas características as do iMessage, o sistema da Apple deixa a desejar nesses e em outros quesitos. Apesar de a troca de mensagens diretas entre iPhones ser, de fato, segura e visivelmente agradável pelo reconhecimento dos usuários com os mesmos aparelhos pelos blue bumbles (bolhas azuis), qualquer envio de textos para Androids será exibida em green bumbles (bolhas verdes), o que pode levar muitos à confusão e gerar uma experiência desagradável.

Ainda, essa comunicação entre sistemas operacionais distintos não garante criptografia de ponta a ponta, o que eleva as chances de abertura de falhas em sua segurança. O próprio vice-presidente sênior das plataformas do Google, Hiroshi Lockheimer, defendeu que impedir que os usuários do iPhone tenham acesso a funcionalidades de segurança melhoradas é o mesmo que danificar a qualidade da oferta de seus serviços aos consumidores – fora a consequente perda em sua credibilidade.

Mesmo alegando a falta de demanda perante seu público, é nítido como as restrições de comunicação impostas entre os diferentes sistemas operacionais incomoda os consumidores, principalmente diante de uma possível solução que poderia melhorar a relação entre as partes, trazendo muito mais segurança na troca de mensagens e que, inclusive, já está sendo adotado por grandes players do mercado.

Muitos outros motivos podem estar por trás da recusa da Apple em seguir uma tendência que já conta com mais de 500 milhões de usuários ativos globalmente. Algo é certo: incorporar o RCS em seu sistema de mensageria elevaria não apenas a experiência dos usuários em trocas de mensagens entre ambos os sistemas operacionais como, principalmente, traria uma maior segurança em seus dados transmitidos. Algo que, hoje, se limita na comunicação entre estes modelos distintos.

O RCS tem se mostrado muito efetivo em diversas aplicações, com recursos que permitem uma melhor interação na troca de conversas diretas entre as pessoas e com suas marcas. Ele certamente é um protocolo de comunicação muito mais adequado aos novos tempos, e restará à Apple acompanhar ou não essa tendência em prol de melhores benefícios para seus consumidores.

* Igor Castro é Diretor de Produtos e Tecnologia na Pontaltech, empresa especializada em soluções integradas de voz, SMS, e-mail, chatbots e RCS.

Para mais informações sobre mensagens clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Informa Mídia



Melhores técnicas para humanizar seu conteúdo GPT de bate-papo em 2024

Quer humanizar seu texto escrito GPT? Leia este guia e colete todas as dicas e truques importantes que podem ajudá-lo a simplificar o texto robótico e ignorar as detecções avançadas….

Autor: Divulgação

Melhores técnicas para humanizar seu conteúdo GPT de bate-papo em 2024

Ferramenta gratuita vai revolucionar o ensino da ciência geológica

Seequent lança um aplicativo na web para ajudar a combater a escassez global de geocientistas.

Autor: Divulgação

Ferramenta gratuita vai revolucionar o ensino da ciência geológica

Por que a integração do OCR é essencial para locais de trabalho modernos?

O local de trabalho moderno prospera com eficiência e acessibilidade.

Autor: Divulgação

Por que a integração do OCR é essencial para locais de trabalho modernos?

Brasil registra R$ 3,5 bilhões em tentativas de fraude em 2023

No período, ocorreram 3,7 milhões de tentativas de fraudes, redução de 28,3% em relação ao ano anterior.

Autor: Divulgação

Brasil registra R$ 3,5 bilhões em tentativas de fraude em 2023

Desafios da proteção de dados e a fraude na saúde

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) R$34 bilhões dos gastos das operadoras médico-hospitalares com contas e exames, em 2022, foram consumidos indevidamente por fraudes,.

Autor: Claudia Machado


Como são as fraudes no Pix e o que os bancos precisam assegurar

Um dos métodos comuns envolve a criação de perfis falsos em aplicativos de mensagens ou redes sociais, além de outros.

Autor: Denis Furtado

Como são as fraudes no Pix e o que os bancos precisam assegurar

A importância da segurança cibernética na manufatura

Estimativas indicam que mais de 60% das empresas de manufatura esperam sofrer tentativas de ataques este ano.

Autor: Ricardo Macchiavelli

A importância da segurança cibernética na manufatura

Como evitar fraudes e vazamentos no WhatsApp

De acordo com dados do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente 2023, mais de 1 bilhão de interações pelo chat foram registradas no país.

Autor: Divulgação

Como evitar fraudes e vazamentos no WhatsApp

Como prevenir, detectar e combater eventuais ataques cibernéticos

O armazenamento de dados e informações em nuvem é uma solução rápida e eficaz para organizações de diferentes portes e ramos de atividade.

Autor: Wellington Monaco

Como prevenir, detectar e combater eventuais ataques cibernéticos

5 passos simples para se proteger na web em 2024

Em um relatório divulgado pela Kaspersky, o Brasil é o país mais afetado por golpes financeiros.

Autor: Paula Renata Nogueira de Souza,

5 passos simples para se proteger na web em 2024

Segurança digital e o tempo de reação

A crescente interconexão e dependência de tecnologia no mundo corporativo tornam organizações de todos os tamanhos suscetíveis a ataques cibernéticos.

Autor: Denis Furtado

Segurança digital e o tempo de reação

Inteligência em gestão de redes e segurança de dados

Abrimos o ano de 2024 com cenários mais complexos e desafiadores para segurança de dados, iniciando um novo capítulo na corrida contra a indústria do cibercrime.

Autor: Alexandre Armellini

Inteligência em gestão de redes e segurança de dados