Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O metaverso fracassou? Entenda o que aconteceu e o que esperar do futuro

O metaverso fracassou? Entenda o que aconteceu e o que esperar do futuro

12/09/2023 Fabiano Nagamatsu

As aplicações no metaverso de fato involuíram rapidamente. Há pouco tempo parecia que esse novo recurso estava prestes a explodir.

O metaverso fracassou? Entenda o que aconteceu e o que esperar do futuro

Com a promessa de revolucionar as relações sociais e corporativas, o metaverso se esbarrou em dois desafios para se consolidar: infraestrutura cara e a chegada estrondosa de novas inteligências artificiais (IA). A plataforma deve ser retomada no futuro, mas atualmente deixou de ser foco das gigantes da tecnologia. 

Em outubro de 2021, a maior empresa de redes sociais do mundo trocou de nome para Meta como sinalização de aposta no metaverso e o mundo voltou suas expectativas para a nova realidade virtual. O mercado financeiro não demorou a começar as especulações. Em pouco tempo, organizações dos mais diferentes setores abraçaram a ideia, mesmo ainda sem compreender bem o conceito. O movimento estimulou a criação de serviços e produtos voltados especificamente para o universo digital. 

A empresa gastou bilhões de dólares mensalmente para manter o projeto vivo e, no final, teve que realizar cortes de gastos por meio do congelamento de 5 mil processos de contratação e a demissão de mais de 20 mil funcionários. 

Com o crescente desinteresse do público, a saída da Disney do mercado de metaversos e, principalmente, o aumento de interesse e de pesquisas e desenvolvimento em IA no mundo, a Meta desistiu dos investimentos que fez ao longo dos últimos dois anos. No começo parecia promissor, mas após uma sequência de erros, este ano a empresa de Zuckerberg afirmou que “o foco para 2023 é em inteligência artificial, mensagens, criadores e monetização”.  

Hoje o olhar do mercado está sob outras perspectivas, mas o metaverso não morreu. Apesar do assunto não ser tão promissor quanto parecia há um ano, o conceito ainda atrai empresas. No Brasil, o Banco 24Horas entrou no metaverso por meio do servidor MetaSoul. Já o Grupo Carrefour anunciou uma ação com jogos no metaverso, por meio da plataforma Sandbox. 

As aplicações no metaverso de fato involuíram rapidamente. Há pouco tempo parecia que esse novo recurso estava prestes a explodir, mas o baque foi importante para revelar que essa é apenas uma tecnologia incipiente, que tem muito evoluir, e ainda pode trazer oportunidades no futuro. 

O sonho do Vale do Silício era que o metaverso fosse uma extensão da vida, onde as pessoas poderiam conviver com avatares, negociar itens e, até mesmo, se casar e comprar terrenos. A ideia de que todo mundo abraçaria a proposta de ter uma representação virtual realmente fracassou, o hype passou, mas ainda existe um potencial a ser explorado de maneiras alternativas e aliada a IA, por exemplo.  

* Fabiano Nagamatsu é CEO na Osten Moove.

Para mais informações sobre metaverso clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: NB Press Comunicação



Criminosos lavaram mais de US$22 bilhões em criptomoedas em 2023

Volume representa queda de 30% ante 2022; a maior parte dos fundos (72%) foram enviados para apenas 5 serviços de off-ramping.

Autor: Divulgação

Criminosos lavaram mais de US$22 bilhões em criptomoedas em 2023

VPN móvel: como garantir segurança e privacidade no celular?

Ao utilizar redes wi-fi domésticas, pontos de acesso públicos ou redes móveis, qualquer pessoa está exposta a ameaças cibernéticas.

Autor: Marijus Briedis

VPN móvel: como garantir segurança e privacidade no celular?

Apple adota RCS: o que muda para as empresas?

A entrada da Apple deve aumentar em 900 milhões os usuários de RCS em todo mundo nos próximos dois anos, atingindo a marca de 2,1 bilhões de usuários globalmente.

Autor: Thiago Gomes

Apple adota RCS: o que muda para as empresas?

Como o fim dos cookies deve impactar o mercado varejista?

Visando melhorar a privacidade dos usuários, medida do Google faz empresas pensarem em novas estratégias para conseguirem clientes.

Autor: Divulgação

Como o fim dos cookies deve impactar o mercado varejista?

5 dicas para criar e-mail marketing com o uso da IA

Será que é possível otimizar uma prática tão criativa como o envio de e-mail marketing? Com a inteligência artificial em ação, a resposta é sim!

Autor: Lívia Barreto

5 dicas para criar e-mail marketing com o uso da IA

Dados em tempos chuvosos: um alerta aos líderes de TI

A resiliência tecnológica emerge como uma prioridade em tempos chuvosos.

Autor: Rennan Sanchez

Dados em tempos chuvosos: um alerta aos líderes de TI

4 problemas que o app Celular Seguro não resolve

Com menos de 30 dias do lançamento o app já tem uma adesão surpreendente: foram mais de um milhão de usuários cadastrados em menos de duas semanas!

Autor: Henrique Volpi

4 problemas que o app Celular Seguro não resolve

Influenciadores digitais, responsabilidades e os riscos do marketing

O investimento no marketing digital já é uma realidade para a maioria das empresas brasileiras, independentemente de seu porte.

Autor: Gustavo Alonge

Influenciadores digitais, responsabilidades e os riscos do marketing

PIX e IA: relatório revela ano de caos com ransomwares

Um dos fatores que contribuiu para o crescimento do cibercrime foi o interesse pelas ferramentas de Inteligência Artificial.

Autor: Sandro Süffert

PIX e IA: relatório revela ano de caos com ransomwares

Principais desafios de cibersegurança para empresas

A inovação tecnológica trouxe ao mercado novas soluções, regimes de trabalho e uma nova relação com os consumidores.

Autor: Jeferson Propheta

Principais desafios de cibersegurança para empresas

Pesquisa aponta que ferramentas digitais são vistas negativamente pela população

Brasileiros se mostram divididos quanto aos impactos do mundo digital em seus futuros.

Autor: Divulgação

Pesquisa aponta que ferramentas digitais são vistas negativamente pela população

Como garantir a conectividade e a segurança dos dados nas estradas

Você sabia que o carro autônomo do Google coleta quase 1GB de dados sobre o seu entorno por segundo?

Autor: Eduardo Gomes

Como garantir a conectividade e a segurança dos dados nas estradas