Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Carreira: subir não é a única opção

Carreira: subir não é a única opção

10/08/2020 Beatriz Nóbrega

Carreira é como uma "jornada" metafórica de um indivíduo através da aprendizagem.

Carreira: subir não é a única opção

Toda e qualquer crise demanda das empresas alguns ajustes em seu design organizacional e por vezes eliminação de alguns níveis de gestão. Nesse caso, trabalhar em uma empresa que precisa reduzir os níveis por conta do atual momento do país, pode fazer com que a expectativa de subir na carreira não ocorra ou seja postergada durante os próximos meses. Caso esteja fora do mercado, pode ocorrer algo ainda mais delicado, dificultando as oportunidades no nível que você deseja.

E agora? Quais são os possíveis caminhos?

O significado original da palavra carreira aponta para a ideia de caminho/estrada por onde passavam os carros. Carreira é como uma "jornada" metafórica de um indivíduo através da aprendizagem, do trabalho e de outros aspectos da vida.

Já a “gestão de carreira” é algo muito sério e que não pode ser delegado a terceiros, como era feito no passado, quando alguns responsabilizavam o chefe, a empresa ou a área de recursos humanos.

Cada dia fica mais evidente que as empresas podem criar condições ou oferecer oportunidades de desenvolvimento e de aprendizado, mas quem deve cuidar do seu destino e da sua carreira é você mesmo.

É importante assimilar que “mobilidade de carreira” é diferente hoje em dia e existem mais opções do que simplesmente subir a famosa escada corporativa. Enriquecimento, exploração, lateralidade, realinhamento, verticalidade e saída são seis possíveis estratégias de carreira.

As experiências de enriquecimento permitem que você aprenda novas habilidades ou adicione responsabilidades à função atual.

As experiências exploratórias são atribuições de curto prazo que lhe permitem tentar algo novo.

Os movimentos laterais expandem a sua rede e trazem boas oportunidades dentro e fora do ambiente profissional.

Com o realinhamento, você dá um passo intencional para trás para mudar o foco e procurar o que é realmente importante para o desenvolvimento.

A verticalidade é normalmente uma promoção ou algum outro passo para cima.

E por vezes a solução é sair da organização, já que em alguns casos a expectativa de permanecer em um lugar, com uma função de maior responsabilidade, não será realizada.

Ainda assim, algo fundamental para ter sucesso nesse caminho é não pensar na sua carreira de modo tradicional, linear e previsível. Uma boa carreira é a proteana: multilinear e multidirecional. Ou seja, ela é sem fronteiras, autodirigida e caracterizada especialmente pela flexibilidade, pelo limite estreito entre os interesses profissionais e pessoais, pela busca de condições de trabalho mais gratificantes e pela qualidade de vida, em que o que é produzido profissionalmente deve ter um novo significado pessoal.

Por esse motivo é essencial refletir como foi a sua carreira até aqui e como ela deve ser daqui para frente.

* Bia Nóbrega é coach, mentora, palestrante, conselheira e executiva há mais de 22 anos na Área de Recursos Humanos em empresas líderes em seus setores.



Empresa anuncia 1000 vagas de emprego em Betim (MG)

Oportunidades serão para seleção de Auxiliar Logístico, disponíveis para impulsionar o e-commerce regional.

Autor: Divulgação


Rede Mater Dei de Saúde abre vagas para unidade Nova Lima

As oportunidades são para Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem em diversos setores.

Autor: Divulgação


Profissões que estão em alta e devem permanecer existindo

Nos últimos anos, temos visto o mundo do trabalho mudar e ser impulsionada pela aceleração da digitalização, automação e inteligência artificial.

Autor: João Roncati


Ser feliz no trabalho é essencial

O tema da felicidade está sempre permeando nossa rotina e no trabalho não é diferente.

Autor: David Braga


Unimed-BH contrata mais 50 profissionais para atuar na assistência

Cerca de 150 vagas já foram preenchidas e ainda restam 50 posições em aberto para contratação imediata.

Autor: Divulgação


Fundação CDL-BH oferece 500 vagas para jovens aprendizes

Serão disponibilizadas 500 vagas para jovens de 17 a 22 anos por meio do Programa Educação e Trabalho (PET).

Autor: Divulgação

Fundação CDL-BH oferece 500 vagas para jovens aprendizes

AeC oferece 550 vagas em Belo Horizonte

Todos os postos são para operador de atendimento ao cliente e a contratação é imediata.

Autor: Divulgação


Divino Fogão abre mais de 600 postos de trabalho em todo o Brasil

Vagas são para diferentes cargos, desde gerente a ajudante de cozinha.

Autor: Divulgação


Faltam profissionais no mercado

As manchetes avisam que faltam profissionais no mercado. Então, por que a taxa de desemprego aumenta? Porque sobram amadores.

Autor: Cesar Eduardo da Silva

Faltam profissionais no mercado

Descubra a melhor maneira de dizer “não” ao chefe

Muitos profissionais já se viram diante do dilema de discordar ou recusar uma solicitação do chefe, uma situação que pode ser delicada e desafiadora.

Autor: Hosana Azevedo


Funed abre 51 vagas de emprego temporárias

Inscrições já podem ser feitas exclusivamente pela internet.

Autor: Divulgação


A paridade de gênero no mercado de trabalho

Embora o estudo revele uma recuperação para os níveis pré-COVID-19, o ritmo da mudança estagnou.

Autor: Marina Vaz

A paridade de gênero no mercado de trabalho