Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como entrar no mercado de TI após os 40 anos?

Como entrar no mercado de TI após os 40 anos?

05/04/2023 Rafaella C. Novaes, Luis Claure Mejia e Tiago D. Lupoli

Especialista dá dicas para quem deseja iniciar na área.

Como entrar no mercado de TI após os 40 anos?

Começar uma nova carreira é sempre um desafio. Movidos por satisfação profissional, pessoal, busca por melhor remuneração ou qualquer outra razão, muitos profissionais que já passaram dos 40 anos de idade decidem trocar de área profissional. Entrar em um novo mercado nessa faixa etária é possível, mas exige uma certa dose de cautela, persistência, apoio da família e planejamento financeiro, pois o retorno pode levar algum tempo.

Uma área bastante procurada por quem pretende recomeçar é a Tecnologia da Informação, pois está sempre em expansão e o mercado segue aquecido. Mas será que há espaço nesse setor para novos profissionais que já passaram dos 40 anos?

Existe uma falsa percepção que TI é “coisa de jovens” pois, de maneira geral, eles costumam estar mais antenados às novidades do mundo digital. Porém, essa percepção não corresponde à realidade.

Boas empresas entendem que profissionais mais maduros costumam ter características bastante positivas, tais como responsabilidade, comprometimento, tranquilidade e equilíbrio para lidar com situações adversas.  Mais importante do que a idade do profissional que está (re) começando é a sua disponibilidade em se manter atualizado, a principal exigência do mercado de TI.

Luis Claure Mejia, é uma dessas pessoas que encarou os desafios e decidiu se reinventar. Após mais de 20 anos atuando na área de segurança patrimonial, decidiu que era hora de dar uma guinada na carreira. Em 2017, aos 47 anos, iniciou o curso de Gestão de TI. Aos 52 conseguiu seu primeiro estágio na área de tech recruiter da Hypesoft, consultoria global de tecnologia especializada em outsourcing, desenvolvimento de soluções de tecnologia sob demanda e hunting.

Luis explica que começou a procurar vagas na área logo no início do curso, mas que não conseguiu nenhuma oportunidade de imediato. Insistiu, continuou estudando, fazendo cursos de aperfeiçoamento, acompanhando as tendências de mercado e, finalmente, conseguiu seu primeiro estágio em janeiro de 2023 na Hypesoft.

“Quando decidi fazer a transição de carreira, o fato de eu já ter 47 anos me deixou um pouco inseguro, mas eu encarei todo esse processo com muita positividade. Sempre tive força de vontade para buscar meus objetivos. Houve muito planejamento, resiliência, persistência, dedicação e, principalmente, muito estudo”, explica Luis.

Rafaella Cardoso Novaes, gestora de Recrutamento da Hypesoft, explica que profissionais com mais de 40 anos, mesmo que não tenham experiência na área em que estão ingressando, já chegam com conhecimento do mundo corporativo e isso os tornam resilientes, comunicativos e engajados.

“Idade não deve ser um fator decisivo para as empresas no momento da contratação. Na Hypesoft não é. Acredito que profissionais com diferentes idades trabalhando juntos trazem diversidade e isso ajuda na evolução do time”, diz Rafaella.

A contratação de Luis foi feita por Rafaella e Tiago Domingues Lupoli, também Gestor de Recrutamento na Hypesoft. Ambos comentam que o novo estagiário se mostrou muito esforçado e determinado a entrar no mundo de tech recruiter. Para isso, já havia realizado cursos e trabalhos como freelancer na área.

“Características como força de vontade, disposição, entusiasmo, brilho nos olhos e grande desejo de atuar na área foram fatores determinantes para a contratação do Luis”, afirmam Rafaella e Tiago.

A história de Luis é um bom exemplo de que a idade não é um fator determinante para ingressar no mercado de TI. O que faz diferença mesmo é a dedicação e o quanto esse profissional estudou e continua estudando. Manter-se atualizado é a regra de ouro, pois estamos falando de um segmento que muda constantemente e de modo bastante dinâmico.

* Rafaella Cardoso Novaes, gestora de Recrutamento da Hypesoft

* Luis Claure Mejia, iniciou o curso de Gestão de TI, estágiou na área de tech recruiter da Hypesoft, consultoria global de tecnologia especializada em outsourcing.

* Tiago Domingues Lupoli, Gestor de Recrutamento na Hypesoft.

Para mais informações sobre Tecnologia da Informação clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Oficina da Comunicação Integrada



Procura por vagas de Jovem Aprendiz cresce 65% em janeiro

As profissões de auxiliar administrativo e recepcionista também estão entre as mais buscadas pelos candidatos no início do ano.

Autor: Divulgação


O que as empresas procuram: 5 habilidades essenciais

Com o início do novo ano, é natural que os colaboradores reflitam sobre o que o mercado de trabalho espera no próximo ano.

Autor: Divulgação


Você sabe o que é empregabilidade e como obtê-la?

Especialista comenta por que a "employability" é tão importante na hora de conquistar uma nova posição.

Autor: Divulgação

Você sabe o que é empregabilidade e como obtê-la?

A semana de quatro dias e os impactos para empregadores e empregados

Jornada de trabalho reduzida é um modelo que tem despertado interesse e discussões no âmbito jurídico.

Autor: José D’Almeida Garrett Netto


Vagas de estágio são aliadas no início da carreira

Escolher a área de atuação ideal abrange um conjunto de fatores, como a identificação com as tarefas e as perspectivas de crescimento.

Autor: Divulgação


Qualidade de vida e bem-estar no trabalho muito além da exigência legal

A busca pela excelência nas organizações vai além do desempenho financeiro.

Autor: Raquel Roth

Qualidade de vida e bem-estar no trabalho muito além da exigência legal

As razões para milhares de demissões no mercado de tecnologia

O retorno das demissões em massa em grandes empresas de tecnologia pegou o mercado de surpresa nestes primeiros dias de 2024.

Autor: Gustavo Alonge

As razões para milhares de demissões no mercado de tecnologia

Só talento não é suficiente – é preciso perseverança

A persistência está intimamente relacionada com o próprio desenvolvimento pessoal e a superação.

Autor: David Braga


A queda de braço continua em 2024: home office ou presencial?

Será que os executivos ao redor do mundo de fato estão preparados para os novos tempos?

Autor: David Braga


Minas registra 140 mil empregos com carteira assinada em 2023

Atração de investimentos tem ampliado a empregabilidade no estado.

Autor: Divulgação


O Nube disponibiliza 10.251 vagas de estágio

As oportunidades são para todos os níveis, ensino médio, técnico e superior.

Autor: Divulgação


Usina Coruripe oferece cerca de 100 vagas no Triângulo Mineiro

Entre os cargos disponíveis estão auxiliar de produção agrícola, mecânico industrial, motorista borracheiro, analista de RH, eletricista automotivo.

Autor: Divulgação