Portal O Debate
Grupo WhatsApp

No mercado de trabalho, os oásis são sempre bem-vindos

No mercado de trabalho, os oásis são sempre bem-vindos

22/10/2023 Michaela Vicare

É nesses ambientes férteis que se encontram os melhores resultados, seja qual for o setor da empresa em questão.

No mercado de trabalho, os oásis são sempre bem-vindos

Bons ambientes de trabalho são espaços em que cada um dos colaboradores pode aplicar seus talentos e habilidades de forma autônoma e alinhada com os objetivos da empresa. 

Em equipes diversas, com profissionais das mais diferentes áreas de atuação e com variadas histórias pessoais, é essencial ser capaz de construir um clima organizacional que permita a todos aplicar o que têm de melhor em seus currículos e suas mentes criativas. Mas é nesses ambientes férteis que se encontram os melhores resultados, seja qual for o setor da empresa em questão.

Tomando o GPTW (Great Place to Work) como exemplo, são avaliados, entre outros critérios, os benefícios e a remuneração oferecidos, a diversidade, as oportunidades de crescimento dentro da empresa, a infraestrutura disponível, o pertencimento, a autonomia e a transparência na gestão. E essa avaliação é feita, como mencionado, pelos próprios colaboradores. Ou seja, na hora de construir sua cultura organizacional, não basta que ela funcione no papel, é preciso que os profissionais encontrem nela, de fato, um terreno fértil no qual criar raízes.

Um dos primeiros passos para alcançar esses resultados positivos é criar lideranças capazes de identificar talentos e compreender as muitas formas que os seres humanos têm de trabalhar. Empatia, atenção e cuidado devem ser palavras frequentes no vocabulário dessas lideranças. São elas, no dia a dia, que aplicam - ou deixam de aplicar - as iniciativas capazes de tornar o ambiente mais agradável e propício para que o emocional da equipe seja sempre preservado.

Também são essas pessoas as responsáveis por tornar o desenvolvimento das atividades diárias mais leve. Isso é indispensável se o objetivo for abrir novas possibilidades de inovação e criatividade, por parte das pessoas. Quanto menos engessado for o modelo de trabalho adotado pela organização, mais fácil será permitir que as pessoas façam, de fato, aquilo em que são realmente boas. É claro que as metas existem e precisam ser levadas em consideração, mas a fluidez com que os colaboradores circulam por elas é fundamental para que sejam atingidas.

Entretanto, é claro que não basta manter essas ideias apenas no papel. Quando se trata de clima organizacional, o que vale é a percepção das pessoas. Não importa se os projetos são desenvolvidos seguindo todas as melhores técnicas ensinadas pelas vertentes de recursos humanos. Se os colaboradores não se sentirem incluídos nessa missão, os resultados continuarão sendo insuficientes. Não à toa, ao longo dos últimos anos, o bem-estar dos colaboradores tornou-se uma preocupação constante e verdadeira para milhares de empresas. Essa postura de pensar nas equipes faz parte, inclusive, dos critérios levados em consideração no já tão conhecido ESG, sigla em inglês para governança ambiental, social e corporativa.

Por isso, o reconhecimento em certificações voltadas à qualidade do ambiente de trabalho proporcionada aos trabalhadores precisa estar no horizonte desejável das organizações. A dinâmica dessas pesquisas leva em consideração justamente a visão dos funcionários, e não o que a empresa mostra para o público externo. O clima organizacional, dessa forma, é efetivamente importante. Se os colaboradores não sentirem que estão sendo valorizados e que suas necessidades estão entre as prioridades de seus líderes, os resultados nunca poderão ser maquiados.

Bons programas de carreiras, benefícios diversificados e adequados às necessidades das equipes - essas necessidades variam de acordo com a cidade em que a empresa está instalada, por exemplo, ou a distância entre ela e as casas dos colaboradores -, projetos para ouvir e valorizar as boas ideias vindas dos profissionais, acompanhamento psicológico e espaço para receber e tratar de forma devida as possíveis reclamações são algumas das estratégias para começar a organizar um verdadeiro oásis no clima organizacional.

* Michaela Vicare é diretora de Gente & Gestão (RH) na Tecnobank.

Para mais informações sobre mercado de trabalho clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Central Press



Mercado de carbono abre oportunidade na área ambiental

Com a emissão de cerca de 2 bilhões de toneladas de gás carbônico por ano na atmosfera, o Brasil é considerado um dos maiores emissores de gases de efeito estufa.

Autor: Divulgação


Feirão promove reinserção de trabalhadores no mercado

Além de encaminhamento para entrevistas, primeira edição do evento vai oferecer outros serviços no Centro de Referência das Juventudes, em Belo Horizonte.

Autor: Divulgação


Empresa anuncia 1000 vagas de emprego em Betim (MG)

Oportunidades serão para seleção de Auxiliar Logístico, disponíveis para impulsionar o e-commerce regional.

Autor: Divulgação


Rede Mater Dei de Saúde abre vagas para unidade Nova Lima

As oportunidades são para Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem em diversos setores.

Autor: Divulgação


Profissões que estão em alta e devem permanecer existindo

Nos últimos anos, temos visto o mundo do trabalho mudar e ser impulsionada pela aceleração da digitalização, automação e inteligência artificial.

Autor: João Roncati


Ser feliz no trabalho é essencial

O tema da felicidade está sempre permeando nossa rotina e no trabalho não é diferente.

Autor: David Braga


Unimed-BH contrata mais 50 profissionais para atuar na assistência

Cerca de 150 vagas já foram preenchidas e ainda restam 50 posições em aberto para contratação imediata.

Autor: Divulgação


Fundação CDL-BH oferece 500 vagas para jovens aprendizes

Serão disponibilizadas 500 vagas para jovens de 17 a 22 anos por meio do Programa Educação e Trabalho (PET).

Autor: Divulgação

Fundação CDL-BH oferece 500 vagas para jovens aprendizes

AeC oferece 550 vagas em Belo Horizonte

Todos os postos são para operador de atendimento ao cliente e a contratação é imediata.

Autor: Divulgação


Divino Fogão abre mais de 600 postos de trabalho em todo o Brasil

Vagas são para diferentes cargos, desde gerente a ajudante de cozinha.

Autor: Divulgação


Faltam profissionais no mercado

As manchetes avisam que faltam profissionais no mercado. Então, por que a taxa de desemprego aumenta? Porque sobram amadores.

Autor: Cesar Eduardo da Silva

Faltam profissionais no mercado

Descubra a melhor maneira de dizer “não” ao chefe

Muitos profissionais já se viram diante do dilema de discordar ou recusar uma solicitação do chefe, uma situação que pode ser delicada e desafiadora.

Autor: Hosana Azevedo