Portal O Debate
Grupo WhatsApp


O estágio insere o jovem no mercado

O estágio insere o jovem no mercado

12/09/2019 Seme Arone Junior

A atividade proporciona o primeiro contato do estudante com o mundo corporativo.

Atualmente, 11,8% da população brasileira está desempregada. Contudo, para os cidadãos de 18 a 24 anos, a situação é ainda mais preocupante, visto 25,8% deles estarem sem trabalho. Nesse sentido, o estágio cumpre seu papel como a maior e melhor maneira para os estudantes serem inseridos no mundo corporativo!

O ato educativo escolar pode ser a chance de ampliar as perspectivas e sonhos dos discentes. Afinal, ele é o primeiro contato com uma companhia e oferece bons exemplos profissionais. O objetivo é motivar e reter um talento interessado em aprender cada vez mais. Além disso, quando encerram os contratos, de 40% a 60% dos participantes acabam sendo contratados como CLT. Assim, o mercado ganha mais gente qualificada.

 Para a realização da atividade, uma parceria é selada entre o aluno, a parte concedente, a escola e o agente de integração. No Termo de Compromisso de Estágio (TCE), deve constar o plano de tarefas a serem realizadas pelo estagiário. Elas precisam condizer com seu curso, em caso de ensino superior, e não podem ser as responsabilidades de um efetivo. Afinal, o momento é de aprendizado.

 É válido lembrar: conforme o Artigo 3º, § 2º, da Lei 11.788, o descumprimento de qualquer obrigação contida no TCE caracteriza vínculo empregatício para os fins da legislação trabalhista e previdenciária. Afinal, o objetivo é incluir e ensinar esses novos talentos.

 Valorize essa importante etapa de desenvolvimento dos jovens. O contato com uma corporação é uma maneira eficiente para a prática dos conhecimentos absorvidos em aula. Assim, empresa, estudante, e instituições de ensino se beneficiam, além de contribuir para o futuro do país.

* Seme Arone Junior é presidente da Abres – Associação Brasileira de Estágios

Fonte: Abres – Associação Brasileira de Estágios.



Inscrições abertas em concurso para o Hospital Universitário da UFSCar

No total, são 59 vagas para as áreas Médica e Assistencial, além de cadastro reserva para a área Administrativa


Transição do emprego

Volta a contratação na indústria em 2020.


Vagas temporárias também exigem capacitação

Candidatos com mais conhecimento têm melhores chances de conquistar uma das oportunidades oferecidas pelo mercado de trabalho no fim do ano.

Vagas temporárias também exigem capacitação

Empresas reveem vantagens na contratação de profissionais maduros

As corporações que estão deixando de lado o preconceito com a idade procuram no profissional maduro a redução dos riscos aos quais a organização se expõe.

Empresas reveem vantagens na contratação de profissionais maduros

O novo mundo profissional

Nós estudamos o perfil de cada um e mostramos os caminhos que há para alcançar aquilo que se deseja.

O novo mundo profissional

Plano de carreira é coisa do passado

A carreira deixa de ser responsabilidade da empresa e passa a caber ao indivíduo.

Plano de carreira é coisa do passado

Entenda as diferenças entre temporários e terceirizados

Especialista da Luandre detalha o que foi atualizado com o novo decreto e o que muda para contratantes e contratados.


Evento em São Paulo oferece 2,2 mil vagas para pessoas com deficiência

Há oportunidades em supermercados atacadistas, call centers, tratamento de resíduos, saneamento, recursos humanos, hospitais e restaurantes.


Começa a corrida para as contratações temporárias

Para atender o aumento de vendas de cerca de 13% no Natal, lojistas precisarão elevar contratações temporárias e deverão ficar atentos às obrigações legais para as vagas.

Começa a corrida para as contratações temporárias

Consultoria de RH inova e lança aplicativo gratuito que conecta empresas a profissionais

Acesso ilimitado e gratuito a diversas oportunidades de emprego, a qualquer hora, na palma da mão.

Consultoria de RH inova e lança aplicativo gratuito que conecta empresas a profissionais

CNI e Senai listam 30 profissões promissoras para a indústria 4.0

Profissões estarão ligadas ao setor automotivo, indústria de alimentos e bebidas e construção civil.

CNI e Senai listam 30 profissões promissoras para a indústria 4.0

Estágio x Emprego: entenda a diferença!

A modalidade não se configura como um trabalho formal, mas uma atividade voltada ao aprendizado.

Estágio x Emprego: entenda a diferença!