Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O que os empreendedores podem aprender com a crise da Covid-19

O que os empreendedores podem aprender com a crise da Covid-19

23/04/2020 Vinicius Bicalho

Parece que é nos momentos de tensão que percebemos o quanto as tecnologias jogam a nosso favor.

Desde que as notícias da Covid-19 tomaram conta dos principais veículos de comunicação mundo afora, estamos todos muito preocupados com as incertezas da pandemia e com as consequências que se darão no cenário político e econômico. Apesar do estresse e da ansiedade proporcionados pelo isolamento social que vivemos - importante medida no combate à expansão da doença - acredito que devemos olhar para a crise com outras perspectivas.

Como empresário e dono de um escritório de advocacia com unidades no Brasil, Estados Unidos e Portugal, tenho sentido na pele as mudanças na forma de se trabalhar. Assim como a maioria das pessoas, estou executando minhas atividades com a empresa de maneira remota e pela primeira vez pude observar com atenção a real importância dos investimentos que fiz em tecnologias da informação, como softwares e plataformas com dados em nuvem.

Na Bicalho nós já usávamos ferramentas fantásticas que permitiam que todo o time, em qualquer lugar que estivesse, editasse documentos de clientes ao mesmo tempo, por exemplo, inclusive de países diferentes. Mas parece que é nos momentos de tensão que percebemos o quanto as tecnologias jogam a nosso favor. Se você é empreendedor, pense nisso! Às vezes, a rotina do dia a dia não nos deixa enxergar aonde estamos dedicando esforços.

O mesmo raciocínio tenho usado para falar da minha equipe. Ter profissionais engajados é o que faz uma empresa crescer e se manter forte em períodos de instabilidade. Gestores, agora é a hora de ver quem coloca a armadura e vai para a guerra com vocês e quem pula do barco. Infelizmente, empresários que não têm um grupo comprometido não sairão bem dessa crise. Afinal, com todo mundo trabalhando home office, como que se fiscaliza alguém?

Além de contar com o auxílio de sistemas integrados e funcionários de primeira, destaco ainda um outro ponto importantíssimo que com certeza todos os pequenos, médios e grandes empreendedores perceberam durante os primeiros dias da explosão do coronavírus: a importância de ter um planejamento financeiro para apagar a fogueira nas situações mais delicadas e uma estratégia bem definida para médio e longo prazo, a fim de tomarem decisões com propriedade e segurança - e não apenas movidos pelo desespero.

Temos uma série de motivos para ficarmos apreensivos enquanto durar a pandemia, mas essa fase pede concentração, prudência e precaução. Tire um tempo para colocar a sua empresa no lugar e arrumar os pontos que, porventura, você deixou passar. A crise vai acabar e muitas pessoas terão dificuldades para se reerguer, mas nada é impossível. Desejo boa sorte. E se o desespero bater, lembre-se que estamos todos juntos e lutando pelos mesmos motivos.

* Vinicius Bicalho é mestre em direito no Brasil e EUA e especializado em Negócios Internacionais, atuando há 18 anos como sócio na Bicalho Consultoria Legal.

Fonte: Piar Comunicação



Com avanço digital, profissão de corretor de imóveis cresce 60% no país

De janeiro a agosto de 2021, cerca de 2.467 novos corretores de imóveis obtiveram o registro no CRECI para atuar na profissão.

Com avanço digital, profissão de corretor de imóveis cresce 60% no país

Minas Gerais teve o segundo melhor saldo de emprego no acumulado de 2021

Serviço e indústria somaram mais da metade do saldo gerado pelos pequenos negócios mineiros nos quatro primeiros meses do ano.

Minas Gerais teve o segundo melhor saldo de emprego no acumulado de 2021

Luandre tem 500 vagas para auxiliar de operações em Contagem

A Luandre, uma das maiores consultorias de RH do Brasil, tem 500 vagas abertas para auxiliar de operações, em Contagem, Minas Gerais.


Startup de viagens corporativas abre 20 vagas em Minas Gerais

A perspectiva é que a travel tech Onfly termine 2021 com uma movimentação de R$ 40 milhões e R$ 1 bilhão transacionado em 2024.


Grupo Ri Happy abre mais de 100 vagas temporárias em Minas Gerais

Varejista de brinquedos anuncia contratação para o período do Dia das Crianças em Belo Horizonte, Betim, Contagem, Juiz de Fora, Pouso Alegre e Uberlândia.


Precisamos ensinar a pescar e ir além

Ao ler um artigo assinado pelo Dep. Alexis Fonteyne, resolvi escrever este texto usando, inclusive, partes da publicação.

Precisamos ensinar a pescar e ir além

Empresa de tecnologia abre mais de 300 vagas em todo o Brasil

Oportunidades de trabalho são voltadas a engenheiros, contadores, profissionais da área Comercial e Recursos Humanos.


Mercado Livre contratará mais de 6 mil pessoas até o final de 2021

Em abril, a empresa superou as expectativas de contratar em 2021 a soma de 12 mil funcionários.

Mercado Livre contratará mais de 6 mil pessoas até o final de 2021

Maioria dos estudantes universitários brasileiros busca por vagas de trabalho remoto

Pesquisa Universum, realizada com 32 mil estudantes universitários em 2021, revela que para 83% dos entrevistados a modalidade de home office é mais atrativa.

Maioria dos estudantes universitários brasileiros busca por vagas de trabalho remoto

Mercado de trabalho: adesão ao modelo híbrido ou retorno ao presencial?

Impacto da pandemia no mercado de trabalho possibilitou que empresas testem novos formatos de trabalho, que devem se manter no longo prazo.

Mercado de trabalho: adesão ao modelo híbrido ou retorno ao presencial?

Currículo tradicional ou vídeo no Tik Tok?

Um ponto muito importante e que nem todos consideram é a descrição dos seus objetivos profissionais.

Currículo tradicional ou vídeo no Tik Tok?

Conhecimento de causa, e não mágicas, para combater o desemprego

Estudo recente do Insper mostra que o Brasil perde 283 bilhões de reais por ano com a evasão escolar.

Conhecimento de causa, e não mágicas, para combater o desemprego