Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O que os empreendedores podem aprender com a crise da Covid-19

O que os empreendedores podem aprender com a crise da Covid-19

23/04/2020 Vinicius Bicalho

Parece que é nos momentos de tensão que percebemos o quanto as tecnologias jogam a nosso favor.

Desde que as notícias da Covid-19 tomaram conta dos principais veículos de comunicação mundo afora, estamos todos muito preocupados com as incertezas da pandemia e com as consequências que se darão no cenário político e econômico. Apesar do estresse e da ansiedade proporcionados pelo isolamento social que vivemos - importante medida no combate à expansão da doença - acredito que devemos olhar para a crise com outras perspectivas.

Como empresário e dono de um escritório de advocacia com unidades no Brasil, Estados Unidos e Portugal, tenho sentido na pele as mudanças na forma de se trabalhar. Assim como a maioria das pessoas, estou executando minhas atividades com a empresa de maneira remota e pela primeira vez pude observar com atenção a real importância dos investimentos que fiz em tecnologias da informação, como softwares e plataformas com dados em nuvem.

Na Bicalho nós já usávamos ferramentas fantásticas que permitiam que todo o time, em qualquer lugar que estivesse, editasse documentos de clientes ao mesmo tempo, por exemplo, inclusive de países diferentes. Mas parece que é nos momentos de tensão que percebemos o quanto as tecnologias jogam a nosso favor. Se você é empreendedor, pense nisso! Às vezes, a rotina do dia a dia não nos deixa enxergar aonde estamos dedicando esforços.

O mesmo raciocínio tenho usado para falar da minha equipe. Ter profissionais engajados é o que faz uma empresa crescer e se manter forte em períodos de instabilidade. Gestores, agora é a hora de ver quem coloca a armadura e vai para a guerra com vocês e quem pula do barco. Infelizmente, empresários que não têm um grupo comprometido não sairão bem dessa crise. Afinal, com todo mundo trabalhando home office, como que se fiscaliza alguém?

Além de contar com o auxílio de sistemas integrados e funcionários de primeira, destaco ainda um outro ponto importantíssimo que com certeza todos os pequenos, médios e grandes empreendedores perceberam durante os primeiros dias da explosão do coronavírus: a importância de ter um planejamento financeiro para apagar a fogueira nas situações mais delicadas e uma estratégia bem definida para médio e longo prazo, a fim de tomarem decisões com propriedade e segurança - e não apenas movidos pelo desespero.

Temos uma série de motivos para ficarmos apreensivos enquanto durar a pandemia, mas essa fase pede concentração, prudência e precaução. Tire um tempo para colocar a sua empresa no lugar e arrumar os pontos que, porventura, você deixou passar. A crise vai acabar e muitas pessoas terão dificuldades para se reerguer, mas nada é impossível. Desejo boa sorte. E se o desespero bater, lembre-se que estamos todos juntos e lutando pelos mesmos motivos.

* Vinicius Bicalho é mestre em direito no Brasil e EUA e especializado em Negócios Internacionais, atuando há 18 anos como sócio na Bicalho Consultoria Legal.

Fonte: Piar Comunicação



Desemprego registra queda em 22 unidades da federação

Maior recuo foi registrado em Tocantins.

Desemprego registra queda em 22 unidades da federação

Pequenos negócios mineiros geram o segundo melhor saldo de empregos do Brasil

O setor de serviços foi o que apresentou o maior saldo de empregos (52.959 vagas) nas MPE mineiras.

Pequenos negócios mineiros geram o segundo melhor saldo de empregos do Brasil

Nova onda mundial: tem muita gente abrindo mão do trabalho estável. Por quê?

Fenômeno "the great resignation" traz desafios ao recrutamento e seleção no Brasil.

Nova onda mundial: tem muita gente abrindo mão do trabalho estável. Por quê?

Brasil cria quase 278 mil empregos formais em junho

Número resulta de 1.898.876 de contratações e 1.620.932 desligamentos.

Brasil cria quase 278 mil empregos formais em junho

Mudança para o modelo híbrido: como fica o contrato de trabalho?

A CLT não contempla o modelo de trabalho híbrido, não há capítulo ou artigo específico da legislação que apresente normas para esse tipo de contrato.

Mudança para o modelo híbrido: como fica o contrato de trabalho?

Ouvir e humanizar são os caminhos da nova liderança, afirmam especialistas

O bom líder precisa inovar, aprender, abrir espaços e ampliar pontos de vistas.

Ouvir e humanizar são os caminhos da nova liderança, afirmam especialistas

Levantamento mostra que profissionais de tecnologia preferem home office

Revelo mostra que trabalho remoto ainda é o favorito no mercado tech.

Levantamento mostra que profissionais de tecnologia preferem home office

Golpes de emprego por SMS: como se proteger?

O número de usuários alvos de golpes de emprego por SMS está cada dia mais assustador.

Golpes de emprego por SMS: como se proteger?

O que Steve Jobs tem a ensinar para os estagiários?

A modalidade é precursora da inovação e, sobretudo, ajuda a economia e a educação no Brasil. Entenda como conquistar sua vaga.

O que Steve Jobs tem a ensinar para os estagiários?

Dicas para atrair, contratar e reter os melhores profissionais de tecnologia

Marketplace global para talentos técnicos remotos lista práticas a serem consideradas durante a procura pelos melhores profissionais.

Dicas para atrair, contratar e reter os melhores profissionais de tecnologia

Novos processos seletivos do IBGE ampliam vagas para o Censo 2022

Concurso terá 220 vagas em 159 municípios de 15 estados.


Os perigos (e as precauções) do trabalho híbrido

Poder cumprir pelo menos parte do horário de trabalho em casa, através do computador, tornou-se um privilégio para muitos colaboradores.

Os perigos (e as precauções) do trabalho híbrido