Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Profissional do futuro atuará em TI ou relacionamento humano

Profissional do futuro atuará em TI ou relacionamento humano

21/01/2020 Divulgação

Carreiras tradicionais ganharão espaço oferecendo novas possibilidades relacionadas à tecnologia, gestão de equipes e atendimento ao cliente.

Profissional do futuro atuará em TI ou relacionamento humano

Uma das certezas quanto ao futuro do mercado de trabalho é o avanço cada vez maior da tecnologia. Novas ocupações estão surgindo dentro das profissões tradicionais e possibilitam carreiras mais promissoras. Segundo o Center for the Future of Work, instituição que estuda a mudança do mercado de trabalho, negócios baseados em habilidades antigas estão perdendo espaço dentro da economia atual.

Porém, nem todo mundo está preparado para essa revolução. “As carreiras tradicionais continuam muito parecidas, mas com novas possibilidades. Há alguns anos, não pensaríamos que drones pudessem ser usados no Direito, por exemplo, para investigação criminal. Hoje, isso é uma realidade”, afirma Rafael Yorck, consultor de carreira do Cedaspy, rede de escolas de capacitação de jovens para o mercado de trabalho.

O consultor ressalta que sempre haverá vagas na área de Tecnologia da Informação porque ainda há uma grande procura por pessoas capacitadas. “A demanda se multiplica exponencialmente”, diz. A dica do consultor é desenvolver habilidades e competências para aumentar e melhorar as perspectivas. “Hoje, um bom profissional é aquele que aproveita as tendências e aposta em tecnologia dentro da carreira que escolheu. As empresas buscam perfis com domínio básico de tecnologia, de análise de dados e de processamento de informações. A chave do sucesso é entender como a tecnologia funciona na sua área de atuação”, explica Rafael Yorck.

Apesar desse cenário, profissões ligadas a pessoas e serviços também continuarão em alta. São carreiras que exigem habilidades de relacionamento, comunicação e trabalho em equipe, como conselheiros de saúde e de finanças, atendimento virtual ao cliente, transporte, alimentação e vestuário. “São funções que as máquinas não conseguem substituir. As organizações continuarão precisando de pessoas para lidar com inteligência emocional, liderança e resolver problemas na equipe de trabalho”, conta o consultor de carreira.

Carreira mais longa

As pessoas estão vivendo mais, são mais ativas e participativas na sociedade. Consequentemente, a vida profissional está mais longa, o que as possibilita atuar em várias carreiras – executivos viram consultores ou professores, empregados do setor privado montam seu próprio negócio etc. “Ficar preso à uma atividade que não gosta é coisa do passado. As novas gerações têm mais personalidade e informação para decidirem o que querem”, conta o consultor do Cedaspy.

Os cursos de capacitação ou técnicos em áreas específicas têm papel fundamental no processo de desenvolvimento desse profissional multifacetado. “As novas possibilidades de carreiras são apresentadas de forma prática e a lógica didática é orientada para a busca de soluções de problemas, estimulando as habilidades individuais e facilitando a escolha do curso universitário”, conclui.

Carreiras em alta

Analista de dados
Especialista em Inteligência Artificial
Desenvolvedor de TI
Conselheiros (saúde, finanças, carreira)
Especialista em e-commerce
Especialista em redes sociais
Vendedor
Profissional de Marketing
Gestor de atendimento ao cliente
Gestor de Recursos Humanos

Funções que devem desaparecer

Cobrador de ônibus
Caixa de banco
Carteiro
Trabalhador do campo
Agente de viagens
Comissário de bordo
Caixa de supermercado
Atendente de telemarketing
Frentista

Fonte: Agência Blue Chip



Nova onda mundial: tem muita gente abrindo mão do trabalho estável. Por quê?

Fenômeno "the great resignation" traz desafios ao recrutamento e seleção no Brasil.

Nova onda mundial: tem muita gente abrindo mão do trabalho estável. Por quê?

Brasil cria quase 278 mil empregos formais em junho

Número resulta de 1.898.876 de contratações e 1.620.932 desligamentos.

Brasil cria quase 278 mil empregos formais em junho

Mudança para o modelo híbrido: como fica o contrato de trabalho?

A CLT não contempla o modelo de trabalho híbrido, não há capítulo ou artigo específico da legislação que apresente normas para esse tipo de contrato.

Mudança para o modelo híbrido: como fica o contrato de trabalho?

Ouvir e humanizar são os caminhos da nova liderança, afirmam especialistas

O bom líder precisa inovar, aprender, abrir espaços e ampliar pontos de vistas.

Ouvir e humanizar são os caminhos da nova liderança, afirmam especialistas

Levantamento mostra que profissionais de tecnologia preferem home office

Revelo mostra que trabalho remoto ainda é o favorito no mercado tech.

Levantamento mostra que profissionais de tecnologia preferem home office

Golpes de emprego por SMS: como se proteger?

O número de usuários alvos de golpes de emprego por SMS está cada dia mais assustador.

Golpes de emprego por SMS: como se proteger?

O que Steve Jobs tem a ensinar para os estagiários?

A modalidade é precursora da inovação e, sobretudo, ajuda a economia e a educação no Brasil. Entenda como conquistar sua vaga.

O que Steve Jobs tem a ensinar para os estagiários?

Dicas para atrair, contratar e reter os melhores profissionais de tecnologia

Marketplace global para talentos técnicos remotos lista práticas a serem consideradas durante a procura pelos melhores profissionais.

Dicas para atrair, contratar e reter os melhores profissionais de tecnologia

Novos processos seletivos do IBGE ampliam vagas para o Censo 2022

Concurso terá 220 vagas em 159 municípios de 15 estados.


Os perigos (e as precauções) do trabalho híbrido

Poder cumprir pelo menos parte do horário de trabalho em casa, através do computador, tornou-se um privilégio para muitos colaboradores.

Os perigos (e as precauções) do trabalho híbrido

Embraer abre mil vagas de emprego

Oportunidades são para as cidades de São José dos Campos, Gavião Peixoto e São Paulo.


Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador. Mas num futuro breve esse conhecimento será apenas parte dos requisitos.