Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Qual a diferença entre estágio e emprego?

Qual a diferença entre estágio e emprego?

25/06/2019 Seme Arone Junior

As modalidades possuem regras e benefícios específicos.

Qual a diferença entre estágio e emprego?

Uma das dúvidas mais comuns em relação ao estágio é se ele configura-se como emprego. A resposta para essa pergunta é não! Afinal, a modalidade segue uma legislação distinta da Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT e, portanto, faz parte de outra categoria.

Para saber a diferença, a Lei 11.788/2008 descreve a prática como o “ato educativo escolar supervisionado desenvolvido no ambiente de trabalho”. Ou seja, quem é estudante do ensino médio, técnico ou superior tem a possibilidade de aprender mais sobre a área escolhida e a conviver no espaço corporativo. 

Levando em consideração o alto nível de desemprego no país, atingindo 26,6% das pessoas entre 18 e 24 anos, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a atividade torna-se ferramenta essencial para o ingresso no mercado. Afinal, segundo os últimos dados do Inep/MEC, temos quase 18 milhões de alunos matriculados no país aptos a estagiarem, mas apenas 1 milhão está efetivamente inserido no mundo dos negócios. 

Por seguir um dispositivo legal exclusivo, há algumas regras específicas.  Uma delas é em relação aos benefícios oferecidos, os quais se diferenciam dos demais empregados: o jovem tem direito a recesso remunerado, bolsa-auxílio, carga reduzida de 6 horas diárias e 30h semanais e auxílio transporte. 

Além disso, o contrato é estabelecido pelo Termo de Compromisso firmado entre o estagiário, a empresa e a instituição de ensino e, quando tiver, pelo agente de integração. O documento tem duração de até dois anos, caso seja encerrado, não há aviso prévio e nem preocupação com FGTS, INSS e outros encargos trabalhistas.  

Vale ainda ressaltar o intuito central da modalidade: dar a oportunidade de crescimento de carreira e qualidade de vida para os talentos mais novos, os quais são determinantes para o futuro de seu negócio e do país. Desse modo, cumpre-se o papel em transformar a sociedade por meio da educação! 

* Seme Arone Junior é presidente da Abres – Associação Brasileira de Estágios

Fonte: Abres - Associação Brasileira de Estágios



Seis tendências para profissões do futuro

Pesquisa aponta que mercado de trabalho exigirá pessoas com alto grau de formação.

Seis tendências para profissões do futuro

Sebraetec lança editais para contratação de prestadores de serviços em tecnologia

Atualmente o Sistema Sebrae conta com cerca de 2.100 empresas especializadas em atuação, mas o objetivo é ampliar esse número nos próximos meses.


Fonte solar já gerou mais de 37 mil empregos no Brasil em 2020

De janeiro a maio, o setor adicionou 1236,6 megawatts (MW) em capacidade instalada, um crescimento de 27,3% frente ao consolidado até 2019.

Fonte solar já gerou mais de 37 mil empregos no Brasil em 2020

Construtoras oferecem vagas de emprego em Belo Horizonte e Nova Lima

Há vagas disponíveis para analista de projetos e encarregado de obras.

Construtoras oferecem vagas de emprego em Belo Horizonte e Nova Lima

Caixa seleciona propostas voltadas a microempreendedores informais

Serão avaliadas ideias que promovam a independência financeira desses trabalhadores, os mais afetados pelo coronavírus.


Sobram vagas, faltam profissionais. Será?

Existem mesmo poucos profissionais capacitados para atender a demanda do novo mundo empresarial digital?

Sobram vagas, faltam profissionais. Será?

Sustentabilidade nas empresas demanda profissionais com atuação em meio ambiente

Conscientização da sociedade pressiona organizações a investirem na preservação ambiental.


Brasil ocupa o 7º lugar no ranking do salário médio mensal da América Latina

País aparece ocupando o  81º lugar no ranking mundial com 101 nações analisadas.

Brasil ocupa o 7º lugar no ranking do salário médio mensal da América Latina

Energia solar: mais empregos na recuperação econômica do Brasil

O sistema fotovoltaico é hoje um dos melhores investimentos para empresas e cidadãos.

Energia solar: mais empregos na recuperação econômica do Brasil

Minas abre inscrições para cursos de capacitação gratuitos

As capacitações atendem às demandas do mercado de trabalho e estão com inscrições abertas para moradores de todas as regiões do estado.


Pedidos de seguro-desemprego sobem 76,2% na primeira quinzena de maio

Foram requeridos 504.313 benefícios de seguro-desemprego no período.

Pedidos de seguro-desemprego sobem 76,2% na primeira quinzena de maio

Cargos que cresceram diante da pandemia do coronavírus

Levantamento realizado pela Catho mapeou que as profissões de maior crescimento aparecem nas áreas de saúde, supermercadista, farmácia e logística.

Cargos que cresceram diante da pandemia do coronavírus