Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Reconhecimento no ambiente de trabalho pode auxiliar a retenção de talentos

Reconhecimento no ambiente de trabalho pode auxiliar a retenção de talentos

23/03/2023 Alexandre Slivnik

Para o escritor e palestrante Alexandre Slivnik, reconhecer os bons resultados traz identificação e faz com que colaboradores estejam mais alinhados com as empresas.

Reconhecimento no ambiente de trabalho pode auxiliar a retenção de talentos

Após a pandemia, um aumento na taxa de turnover das empresas se tornou mais latente e evidente. Pesquisas apontam que, mais importante que o próprio salário, o ambiente corporativo e a cultura das organizações são essenciais para que profissionais se identifiquem e sintam-se confortáveis durante sua jornada de trabalho.

Por isso, é importante que as empresas estejam atentas à criação e manutenção de um ambiente saudável, motivador e positivo para seus colaboradores, levando em consideração aspectos como relacionamentos interpessoais, clima organizacional, infraestrutura e gestão de pessoas.

De acordo com Alexandre Slivnik, vice-presidente da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), que realiza cursos e palestras há vinte anos, é preciso, primeiramente, entender a diferença entre recompensa e reconhecimento. “Muitas vezes, os gestores estão dispostos a aumentar o salário de seus melhores talentos, mas esquecem que, em algum momento, esses recursos não poderão mais ser aumentados pelos mais diversos fatores. Nessa situação, muitos colaboradores podem se acostumar com essa constante recompensa e, assim, apenas o reconhecimento profissional já não será o suficiente”, relata.

O palestrante acredita que experiências ficam eternamente registradas na memória, enquanto o aumento salarial oferece uma felicidade momentânea. “Durante um curso sobre esse assunto, uma gestora me perguntou como, efetivamente, ela poderia aplicar esse tipo de técnica em seu ambiente de trabalho. Respondi que o primeiro passo, é conhecer sua própria equipe e entender as necessidades de cada um. Assim, ela decidiu que se seus colaboradores batessem as metas de fim de ano, ela daria o objeto de maior necessidade de cada um deles. A melhor vendedora dessa gestora ganhou um armário, que é utilizado até hoje por ela e é fundamental em seu dia a dia. O já rotineiro bônus salarial seria comemorado inicialmente, mas atender diretamente esse tipo de necessidade pode ser o caminho para reter os principais talentos de uma empresa”, pontua.

Slivnik revela que algumas companhias adotaram esse tipo de metodologia antes mesmo da pandemia. “Um grande call center no Brasil teve a ideia de disponibilizar uma viagem aos Estados Unidos com tudo pago para os 30 melhores funcionários de cada ano. Nessa viagem, eles realizam um curso e podem desfrutar de alguns dias de turismo no país norte-americano. Quando um funcionário ganha essa possibilidade de viagem pela segunda vez, ele recebe uma proposta: viajar novamente ou receber um bônus de 15 mil reais. Por mais que seja uma quantia enorme, muitos colaboradores já optaram pela segunda viagem, justamente, pela vivência que pode ser adquirida durante esse momento. O dinheiro acaba, mas a experiência é lembrada para sempre”, declara.

Ainda assim, reconhecer o bom trabalho dos funcionários não deve se limitar a recompensas físicas ou monetárias. “Quando, simplesmente, elogiamos as atitudes de nossos colaboradores, estamos incentivando a repetição desse mesmo comportamento. Afinal, ao reconhecer a efetividade e comprometimento de alguém, a tendência é que essa pessoa siga apresentando bons resultados em busca de um constante reconhecimento”, finaliza Alexandre.

*  Alexandre Slivnik, vice-presidente da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD).

Para mais informações sobre ambiente de trabalho clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Carolina Lara Comunicação



Procura por vagas de Jovem Aprendiz cresce 65% em janeiro

As profissões de auxiliar administrativo e recepcionista também estão entre as mais buscadas pelos candidatos no início do ano.

Autor: Divulgação


O que as empresas procuram: 5 habilidades essenciais

Com o início do novo ano, é natural que os colaboradores reflitam sobre o que o mercado de trabalho espera no próximo ano.

Autor: Divulgação


Você sabe o que é empregabilidade e como obtê-la?

Especialista comenta por que a "employability" é tão importante na hora de conquistar uma nova posição.

Autor: Divulgação

Você sabe o que é empregabilidade e como obtê-la?

A semana de quatro dias e os impactos para empregadores e empregados

Jornada de trabalho reduzida é um modelo que tem despertado interesse e discussões no âmbito jurídico.

Autor: José D’Almeida Garrett Netto


Vagas de estágio são aliadas no início da carreira

Escolher a área de atuação ideal abrange um conjunto de fatores, como a identificação com as tarefas e as perspectivas de crescimento.

Autor: Divulgação


Qualidade de vida e bem-estar no trabalho muito além da exigência legal

A busca pela excelência nas organizações vai além do desempenho financeiro.

Autor: Raquel Roth

Qualidade de vida e bem-estar no trabalho muito além da exigência legal

As razões para milhares de demissões no mercado de tecnologia

O retorno das demissões em massa em grandes empresas de tecnologia pegou o mercado de surpresa nestes primeiros dias de 2024.

Autor: Gustavo Alonge

As razões para milhares de demissões no mercado de tecnologia

Só talento não é suficiente – é preciso perseverança

A persistência está intimamente relacionada com o próprio desenvolvimento pessoal e a superação.

Autor: David Braga


A queda de braço continua em 2024: home office ou presencial?

Será que os executivos ao redor do mundo de fato estão preparados para os novos tempos?

Autor: David Braga


Minas registra 140 mil empregos com carteira assinada em 2023

Atração de investimentos tem ampliado a empregabilidade no estado.

Autor: Divulgação


O Nube disponibiliza 10.251 vagas de estágio

As oportunidades são para todos os níveis, ensino médio, técnico e superior.

Autor: Divulgação


Usina Coruripe oferece cerca de 100 vagas no Triângulo Mineiro

Entre os cargos disponíveis estão auxiliar de produção agrícola, mecânico industrial, motorista borracheiro, analista de RH, eletricista automotivo.

Autor: Divulgação