Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Condomínio não pode proibir morador de ter animal de estimação

Condomínio não pode proibir morador de ter animal de estimação

20/05/2019 Isabela Perella

Decisão recente da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça determinou que condomínios não podem proibir a criação de animais de quaisquer espécies em unidades autônomas.

Condomínio não pode proibir morador de ter animal de estimação

De acordo com a Corte Superior, só é possível haver restrição por meio de convenção ou regimento condominial se existir razoabilidade, de forma a justificar a proibição da criação ou guarda de animais de estimação, como em casos de risco à incolumidade e tranquilidade dos demais moradores do condomínio.

Segundo a decisão, a restrição só se justificaria caso o condomínio comprovasse que o animal de estimação provocasse prejuízos a segurança, à higiene, à saúde e ao sossego dos demais moradores. De forma que, não havendo justificativa ou razoabilidade para a restrição, é proibido que condomínios impeçam a criação ou a guarda de animais de quaisquer espécies em unidades autônomas.

Em seu voto, o relator do caso, ministro Villas Bôas Cueva, destacou que o artigo 19, da Lei 4.591/1964 deixa expresso que o condômino tem o direito de “usar e fruir, com exclusividade, de sua unidade autônoma, segundo suas conveniências e interesses, condicionados às normas de boa vizinhança, e poderá usar as partes e coisas comuns de maneira a não causar dano ou incômodo aos demais moradores, nem obstáculo ou embaraço ao bom uso das mesmas partes por todos”.

Ainda, durante o voto, o relator trouxe que na hipótese de a convenção não regular sobre a criação de animais nas unidades autônomas, é permitida a sua criação, porém a inexistência não confere uma autorização irrestrita para a manutenção de bichos de estimação em partes exclusivas, trazendo a seguinte lição doutrinária: “Embora a lei não proíba animais em apartamentos, não se há de imaginar que só por isso se deve admitir a entrada indiscriminada de feras, a criação de um ambiente de verdadeiro pavor e sobressalto entre os moradores.”

Sendo assim, de plano, não há qualquer ilegalidade a norma condominial que vede a permanência de animais causadores de incômodos aos demais condôminos, devendo prevalecer o ajustado entre os condôminos na convenção do condomínio, desde que haja razoabilidade e seja justificado, podendo o Poder Judiciário intervir e analisar caso a caso.

* Isabela Perrella é advogada do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados

Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada



Raiva Canina: vamos falar sobre essa doença fatal?

Agosto se aproxima e com ele a campanha de vacinação contra a raiva - vírus quase 100% letal.

Raiva Canina: vamos falar sobre essa doença fatal?

Pets exóticos precisam de cuidado redobrado no inverno

Baixas temperaturas podem causar desconforto e doenças.

Pets exóticos precisam de cuidado redobrado no inverno

10 dicas para receber um novo pet em casa

Veterinária orienta sobre cuidados que os tutores devem ter em mente ao receber um cão ou gato em casa.

10 dicas para receber um novo pet em casa

As raças de cães mais populares em 2019 no Brasil

Cães sem raça definida são a preferência do brasileiro.

As raças de cães mais populares em 2019 no Brasil

O inverno e os pets: combinação perigosa

Veterinária dá dicas de como proteger os animais de estimação nesses dias mais frios.

O inverno e os pets: combinação perigosa

Pets na quarentena: saiba como mantê-los ativos e saudáveis

Cuidados redobrados com a higiene do pet e dos brinquedos estão entre as recomendações.

Pets na quarentena: saiba como mantê-los ativos e saudáveis

Coronavírus em pets: o vírus reage da mesma forma que em humanos?

Aprenda os cuidados básicos com os pets em meio à pandemia.

Coronavírus em pets: o vírus reage da mesma forma que em humanos?

Dicas simples para adaptar seu gato ao ambiente doméstico

Pouca gente conhece, mas existem técnicas eficientes para condicionar um gato.

Dicas simples para adaptar seu gato ao ambiente doméstico

Check-up pode prolongar a vida dos pets e gerar economia para o seu bolso

Os bichinhos de estimação são parte da família e aumentar a expectativa de vida desses amigos de quatro patas é uma preocupação do dia a dia.

Check-up pode prolongar a vida dos pets e gerar economia para o seu bolso

Startup lança aplicativo de prestação de serviços para o mercado pet

My Pet My Life foi desenvolvido para intermediar a relação entre o consumidor e estabelecimentos do setor que oferecem produtos e serviços para os animais de estimação.

Startup lança aplicativo de prestação de serviços para o mercado pet

10 curiosidades que você provavelmente não sabe sobre os gatos

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, o mercado pet brasileiro é o segundo maior do mundo em faturamento, atrás apenas da China.

10 curiosidades que você provavelmente não sabe sobre os gatos

Planos de saúde para pets, vale a pena ter um?

O gasto dos brasileiros com a saúde de seus animais de estimação ultrapassa 2 mil reais por ano.

Planos de saúde para pets, vale a pena ter um?