Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Nova vacina promete imunidade contra Leucemia Felina

Nova vacina promete imunidade contra Leucemia Felina

20/09/2016 Ana Paula Morais

Linha de vacinas para gatos oferece produto com ampla cobertura da imunidade para a doença.

Nova vacina promete imunidade contra Leucemia Felina

A Leucemia Felina é um problema extremamente grave, causador de linfomas, anemias e imunodeficiências, sendo responsável por mais de 30% das mortes entre os gatos com câncer – é, portanto, uma doença relativamente frequente no mundo destes animais.

Ela enfraquece o sistema imunológico dos gatos que, sem proteção, acabam ficando vulneráveis a outros problemas que podem ser fatais. Causada por um retrovírus conhecido como FeLV (sigla em inglês para Feline Leukemia Virus), a Leucemia Viral Felina tem uma incidência importante nos gatos brasileiros, o que faz da sua prevenção algo essencial.

A Leucemia Felina pode ser transmitida pelo contato direto entre os animais, especialmente com as secreções corporais, como a saliva, a urina, as fezes ou o leite (no caso da amamentação).

Gatas gestantes também transmitem o vírus aos fetos, o que geralmente provoca aborto. Além das secreções corporais, vasilhas, camas, caixas sanitárias e outros pertences do animal infectado também podem servir de fonte de transmissão, mesmo se não houver contato direto com o gato doente.

“Embora muitos gatos com Leucemia Felina só apresentem algum sintoma muito tempo depois de infectados, alguns sinais podem indicar que o animal foi acometido pelo vírus da FeLV. Anemia, febre, depressão, complicações estomacais, dificuldade respiratória, alterações na mucosa, na região dos olhos e aumento do volume abdominal (rins, fígado e baço) são alguns dos sintomas da doença”, explica Daniela Baccarin, gerente de produto da linha de vacinas Nobivac da MSD Saúde Animal.

Para proteger os gatos da Leucemia Felina, a MSD apresenta uma solução que vai auxiliar na rotina clínica dos médicos veterinários. Nobivac Feline 1-HCPCh+FeLV é a única vacina contra a FeLV com dois anos de duração de imunidade após a segunda vacinação. Além da fração FeLV, ela também imuniza os animais contra Rinotraqueíte, Calicivirose, Panleucopenia e Clamidiose.

“Nobivac Feline 1-HCPCh+FeLV chega para complementar o portfólio de vacinas para felinos da MSD Saúde Animal, que já contava com Nobivac Feline 1-HCPCh e Nobivac Raiva, esta última indicada também para a imunização de cães e ferrets”, finaliza Daniela Baccarin.

A nova vacina é a escolha ideal para os gatos que vivem em ambientes externos ou que eventualmente têm acesso à rua e outros animais, e é indicada para a vacinação de gatos saudáveis a partir de 9 semanas de vida ou mais. A vacinação com Nobivac Feline 1-HCPCh+FeLV pode ser realizada a cada dois anos, sempre intercalada com a vacina Nobivac Feline 1-HCPCh, que confere proteção por um ano.

Apesar dos sinais clínicos, o diagnóstico da Leucemia Felina somente pode ser feito por meio de exames laboratoriais. O papel do médico veterinário é fundamental, não somente na análise, mas na orientação dos proprietários com relação à prevenção das doenças e a importância de manter os animais vacinados.
 



Como proteger meu pet do calor?

O verão está chegando e algumas cidades brasileiras já registram temperaturas acima dos 28 graus.

Como proteger meu pet do calor?

Cães podem comer açúcar?

Veterinário diz que tipo de alimentos adocicado os cães podem consumir.

Cães podem comer açúcar?

Pesquisa revela que permitir pets nos escritórios ajuda a reter e atrair talentos

Dos empregadores ouvidos, 87% dizem conseguir reter e atrair mais talentos por serem “pet friendly”.

Pesquisa revela que permitir pets nos escritórios ajuda a reter e atrair talentos

Pets na empresa? Eles podem ajudar na produtividade e reduzir o estresse

De olho no aumento da produtividade de seus colaboradores, empresas permitem visitas de pets em dias preestabelecidos.

Pets na empresa? Eles podem ajudar na produtividade e reduzir o estresse

“Cães obesos vivem menos”

Quase 60% dos cachorros sofrem com o sobrepeso e, consequentemente, com as doenças decorrentes da obesidade.

“Cães obesos vivem menos”

Os mitos sobre gatos e gestantes

Gestantes podem continuar dividindo as emoções com seus gatinhos sem medo.

Os mitos sobre gatos e gestantes

Você sabia que seu pet pode doar sangue?

Especialista explica a importância do procedimento e alerta para a necessidade de promover essa atitude que salva vidas.

Você sabia que seu pet pode doar sangue?

“Os cachorros realmente amam seus donos”, diz especialista

Os animais percebem seus tutores como membros da família, mesmo sabendo diferenciar humanos de outros cães.

“Os cachorros realmente amam seus donos”, diz especialista

Confira 6 dicas para proteger os pets durante o inverno

Para amenizar o desconforto dos animais de estimação na época mais gelada do ano, veterinário lista quais são os pontos que demandam mais atenção.

Confira 6 dicas para proteger os pets durante o inverno

Mitos e verdades sobre pulgas e carrapatos

Estes parasitas representam uma preocupação constante e são uma dor de cabeça para donos de cães e gatos.

Mitos e verdades sobre pulgas e carrapatos

Pets: Você sabia que seu cãozinho pode doar sangue?

Especialista explica a importância do procedimento e alerta para a escassez de doadores e a necessidade urgente de promover essa atitude que salva vidas.

Pets: Você sabia que seu cãozinho pode doar sangue?

Cães auxiliam crianças e adultos com deficiências

Além dos alunos da APAE, a terapia com animais também é utilizada para tratamento contra o câncer, doenças cardíacas, estresse, depressão e paralisias.

Cães auxiliam crianças e adultos com deficiências