Portal O Debate
Grupo WhatsApp

10 anos de Papa Francisco!

10 anos de Papa Francisco!

13/03/2023 Osvaldo Luiz Silva

Foram muitas as surpresas em sua eleição. A começar pela nacionalidade. Nossos maiores rivais no futebol, com um papa!

Logo não perdemos a piada: “o papa até pode ser argentino, mas Deus é brasileiro”. Ao se apresentar, disse que veio do fim do mundo, e pediu que rezassem por ele. Ele entende mesmo de periferias, e demonstrou toda sua humildade! 

Nada mais condizente com suas características quanto à escolha do nome: Francisco. O pobrezinho de Assis escolhido como modelo a inspirar a lembrança dos mais fracos.

E é impressionante como nesses 10 anos o Santo Padre foi sempre empático: com os imigrantes, náufragos, os que sentem fome, dor ou desamparo. Não esquece um dia sequer das vítimas das guerras ou de catástrofes. 

Ainda me lembro do receio que senti quando, em sua primeira viagem para o Brasil, seu carro se viu cercado por populares - Eu pensava nos riscos, na sua segurança.

Mas com o tempo, fui me acostumando com o jeito do Papa que se “demora” no contato com as pessoas; quer estar próximo. Discursos menores, de rápido entendimento, ele valoriza a prática, e seus gestos de compaixão são abundantes!

Um dia perguntaram para um amigo de Bergoglio, um rabino argentino: “ele não tem medo de acontecer alguma coisa ruim com ele?” A resposta: “Ele é um homem de Deus, não teme a morte”!

E sua simplicidade? Deixou adornos de lado, aposentos pomposos e isolados. Fez questão de ir pagar a conta onde ficou hospedado antes de ser escolhido. Nos lava-pés, foi a presídios e outras instituições. Não veio mesmo para ser servido!

Relatou que foi eleito para representar uma Igreja sinodal. Pois foi abrindo “janelas”, “portas”, para ouvir a todos. Nomeou pela primeira vez, cardeais de diversas nacionalidades.

Também em suas viagens, muitas vezes, trocou a comodidade de encontrar estádios lotados em países tradicionalmente católicos para visitar nações com pequenas comunidades cristãs. E por falar nisso, mesmo sendo tão ligado à sua Argentina, até hoje não voltou à sua pátria. 

Voltando ao modelo adotado, honrou também a São Francisco ao compor em 2015 a belíssima e profética Laudato Si (Louvado Sejas).

Mas não só! A cada oportunidade, renova seu apelo em defesa do nosso planeta. O último se fez ouvir na recente Conferência da Organização das Nações Unidas sobre os oceanos: “Somos uma só família, partilhamos a mesma inalienável dignidade humana, vivemos numa casa comum da qual somos chamados a cuidar”. 

Todos os meses propõe uma intenção de oração. Para março, nos chamou a rezar pelas vítimas de abuso: “Pedir perdão é necessário, mas não é suficiente. Pedir perdão é bom para as vítimas, porque são elas que devem estar ‘no centro’ de tudo. A sua dor, os seus danos psicológicos podem começar a cicatrizar se encontrarem respostas; ações concretas para reparar os horrores que sofreram e evitar que se repitam”.

Francisco está ao lado dos que sofrem e sempre dá um passo além para que toda humanidade avance. Qual será o próximo?

* Osvaldo Luiz Silva é jornalista, escritor, e apresentador do programa Café da Manhã, transmitido diariamente pela Rádio Canção Nova.

Para mais informações sobre Papa Francisco clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Assessoria de Imprensa Canção Nova



A tragédia já foi. E agora?

Impossível não se sensibilizar e chocar com a situação do Rio Grande do Sul, atingido por chuvas sem precedentes que causaram inundações em grande parte do estado, da capital ao interior.

Autor: Janguiê Diniz


O preconceito que condena

O programa Fantástico da Rede Globo trouxe mais uma história de injustiça cometida pelo Poder Judiciário brasileiro contra um jovem preto e periférico.

Autor: Marcelo Aith


O risco de politização da tragédia no RS

O Brasil todo tem assistido, consternado, ao desastre ambiental que se abateu sobre o Rio Grande do Sul nos últimos dias.

Autor: Wilson Pedroso


Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O final de Abril e o começo de Maio foram marcados pelo pior desastre ecológico da história do Rio Grande do Sul, com inundações, mortes e milhares de desabrigados e de pessoas ilhadas.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O fim da reeleição de governantes

Está tramitando pelo Congresso Nacional mais um projeto que revoga a reeleição de Presidente da República, Governador de Estado e Prefeito Municipal.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


PEC das drogas

O que esperar com a sua aprovação?

Autor: Marcelo Aith


PEC do Quinquênio simboliza a metástase dos privilégios no Brasil

Aprovar a PEC significará premiar, sem justificativa plausível, uma determinada categoria.

Autor: Samuel Hanan


O jovem e o voto

Encerrou-se no dia 8 de maio o prazo para que jovens de 16 e 17 anos pudessem se habilitar como eleitores para as eleições municipais deste ano.

Autor: Daniel Medeiros


Um mundo fragmentado

Em fevereiro deste ano completaram-se dois anos desde a invasão russa à Ucrânia.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Leitores em extinção

Ontem, finalmente, tive um dia inteiro de atendimento on-line, na minha casa.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Solidariedade: a Luz de uma tragédia

Todos nós, ou melhor dizendo, a grande maioria de nós, está muito sensibilizado com o que está sendo vivido pela população do Rio Grande do Sul.

Autor: Renata Nascimento


Os fios da liberdade e o resistir da vida

A inferioridade do racismo é observada até nos comentários sobre os cabelos.

Autor: Livia Marques