Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A arte de escrever para crianças

A arte de escrever para crianças

21/01/2021 Humberto Pinho da Silva

Escrever para crianças, é arte delicada que poucos dominam.

São raros os que se encontram preparados para o fazerem, apesar de serem muitos, os que se aventuram – até consagrados, – já que, em regra, escrever livros de culinária, ou para criança, é meio fácil e simples, de encontrar editor e ganhar dinheiro.

Vem o preâmbulo, a propósito de livrinho de versos, intitulado: “ A Televisão da Bicharada”, escrito por Sidónio Muralha., e publicado por “ Edições Girofle”, de São Paulo. Brasil

Para mim, o autor, é um ilustre desconhecido, mas a obra contem interessantíssimos versos, para a infância.

Com o fim de levar ao leitor amigo, uma amostra da qualidade desses versos, acessíveis à idade a que se destinam, vou transcrever os que mais me agradaram:

Xadrez

É branca a gata gatinha;
é branca como a farinha.

É preto o gato gatão;
é preto como o carvão.

E os filhos gatos gatinhos,
são todos aos quadradinhos.

Os quadradinhos branquinhos
fazem lembrar mãe gatinha,
que é branca como farinha; 
os quadradinhos pretinhos,
fazem lembrar pai gatão,
que é preto como o carvão.

- Se é branca a gata gatinha,
é preto o gato gatão,
Como é que são os gatinhos?

- Os gatinhos…eles são…
- São todos aos quadradinhos!

Também estes, pareceram-me muito engraçados, e bons, para o público a que se destinam:

Boa Noite

A zebra quis
ir passear,
mas a infeliz
foi para a cama.

- Teve que se deitar,
porque estava de pijama!

Igualmente são interessantes, estes:

Tucano - de - Bico - Verde

Tucano eu sou,
tucano eu fico,
se gostou
ou não gostou
do meu bico.

Mudá-lo seria engano
pois um tucano tem bico.
-Tem um bico de tucano!

E se encurtarem o seu bico,
fica bico de tucano
Igual
Ao do tico – tico.

E é normal,
que cada qual 
seja senhor do seu bico!…

Se Anatole France se ocupou tanto a sério dos contos de fada, também não será de estranhar, que eu aprecie estas coisas infantis.

Pequenas … grandes coisas! Esses versos simples e ingénuos, levaram-me ao tempo de infância, e certamente também agradarão, ao leitor, quer seja, adulto ou criança.

* Humberto Pinho da Silva.



16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.


Sociedade civil e a defesa da democracia

As últimas aparições e discursos do presidente da República vêm provocando uma nova onda de empresários, instituições e figuras públicas em defesa da democracia e do sistema eleitoral no Brasil.