Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A capacidade humana de sonhar

A capacidade humana de sonhar

09/01/2018 Oscar D'Ambrosio

Se você gostou de “La La Land”, vai provavelmente também admirar “O Rei do Show”.

Uma cinebiografia com ampla liberdade de P. T. Barnum, Phineas Taylor Barnum (1810 - 1891), um showman e empresário do ramo do entretenimento norte-americano, lembrado principalmente por promover uma mistura de circo, zoológico e apresentação de freaks.

Anões, mulheres barbadas, negros e homens muito altos e muitos gordos, entre outros personagens que ele encontrava, desenvolvia ou inventava, tornaram Barnum uma lenda, assim como a turnê que protagonizou pelos EUA da cantora lírica Jenny Lind, conhecida como a Rouxinol Sueca.

Se você não gostou de “La La Land”, também não deve apreciar este filme, dirigido pelo estreante Michael Gracey e com músicas dos mesmos autores da trilha sonora original do filme que reinventou os musicais americanos no ano passado. Está ali o mesmo tom adocicado e a presença marcante da percussão em algumas melodias.

Veja o filme por quatro razões: (1) uma marcante cena de abertura; (2) uma defesa permanente da capacidade humana de sonhar; (3) a possibilidade do filme servir como base para a discussão do respeito à diversidade; e (4) a cena em que o casal protagonista (Hugh Jackman e Michelle Williams) canta e dança junto a varais de lençóis pendurados.

E bom 2018! Com muitos sonhos!

* Oscar D´Ambrosio é Doutor em Educação, Arte e História da Cultura e Mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, onde atua na Assessoria de Comunicação e Imprensa.



Viver não custa…

Meses depois de ter casado, na Igreja, fui viver para andar de prédio, que ficava nos subúrbios da minha cidade.


Insetos na dieta

Aproximadamente dois bilhões de pessoas em 130 países já comem insetos regularmente.


Habilidades socioemocionais podem ser aprendidas

Desde o início da infância, as pessoas aprendem um conjunto de comportamentos que são utilizados nas diferentes interações sociais.


Entenda porque amor é diferente de paixão

Você sabe diferenciar o amor da paixão?


A finalidade e controle das ONGs

O mais adequado não é combatê-las, mas manter sob controle as suas ações como forma de evitar desvio de finalidade, corrupção e outras distorções.


A reforma da máquina pública

A aprovação da reforma da Previdência, pela Câmara dos Deputados, é um avanço do governo.


Os desafios da maternidade e do mercado de trabalho

Ter filhos não é fator de impedimento para uma mulher trabalhar.


Todos querem ser ricos…

Mais vale pobreza, com paz e consciência limpa, que riqueza, sem sossego, alma escurecida, e pesados de remorsos.


A importância de empoderar nossas meninas

Fatores culturais de valorização do masculino, enraizados desde sempre na nossa sociedade, afetam a autoestima e a confiança feminina.


Advogados e Cursos jurídicos

Onze de Agosto é o Dia da Fundação dos Cursos de Direito e é também o Dia do Advogado.


Empresas e paternidade: uma mudança a ser nutrida

Daqui a cinco ou dez anos, nem você nem ninguém se lembrará com precisão da tarefa que está fazendo no trabalho neste minuto.


Ética de advogados e juízes

A advocacia e a magistratura têm códigos de ética diferentes.