Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A importância do marketing sustentável e o poder da criatividade

A importância do marketing sustentável e o poder da criatividade

03/03/2021 Achiles Batista Ferreira Junior

Para abordar o marketing sustentável, começo destacando sobre esta prática do ponto de vista da sustentabilidade.

Refiro-me ao "upcycling", ou seja, a reciclagem de materiais (para cima). Em ordem de contextualizar a sua aplicação, voltamos no tempo para evidenciar o maior exemplo desta nobre e inteligente prática sustentável no setor têxtil, nos idos de 1929.

Neste período, os Estados Unidos amarguraram os anos da Grande Depressão, também conhecida como a Crise de 1929, que persistiu ao longo da década de 1930.

Este episódio mergulhou as famílias tradicionais norte-americanas em um estado de pobreza inimaginável, a ponto de as pessoas mal conseguirem alimentos devido ao terrível momento econômico.

Desta forma, solucionar a crise tornou-se prioridade absoluta dos Estados Unidos para a compra e fornecimento de alimentação básica à população.

Foi então que a mágica da solidariedade e criatividade foram evidenciadas, quando os produtores de farinha decidiram auxiliar os cidadãos americanos de maneira a dar-lhes um pouco de alento e alegria, e assim atenuar o sofrimento das famílias na época.

Neste período de escassez, as indústrias de farinha embalaram seus produtos em sacos coloridos, elaborados com tecidos estampados para que as pessoas pudessem reutilizar.

As mulheres usavam estes mesmos sacos de farinhas de trigo que compravam para atender a criação bem como suas famílias, para confecção de roupas, cobertores, capas, toalhas, cortinas e até bonecas de pano. Em tempos difíceis, a criatividade é a nossa melhor arma.

Vale lembrar que, antes da crise, os EUA desfrutaram de um período de riqueza, com prosperidade e desenvolvimento incomum em sua história, e nem poderiam imaginar que chegariam ao fundo do poço – prova de que um plano B sempre é interessante.

Após a enorme crise econômica e graças à recuperação econômica causada pela reconstrução europeia durante o período pós-guerra, a população americana não precisou mais resolver os problemas do vestuário recorrendo aos sacos de algodão.

Os vestidos feitos com eles se tornaram parte do passado e hoje servem como inspiração sobre sustentabilidade e empatia ao próximo.

Ficou provado, desde 1929, que ambas as situações podem e devem estar alinhadas e a criatividade sempre fará o ser humano ainda mais especial.

* Achiles Batista Ferreira Junior é coordenador dos cursos de Marketing Digital, Marketing e Gestão de Mídias Sociais do Centro Universitário Internacional Uninter.

Para mais informações sobre sustentabilidade clique aqui…

Fonte: Página 1 Comunicação



Que ingratidão…

Durante o tempo que fui redactor de jornal local, realizei numerosas entrevistas a figuras públicas: industriais, grandes proprietários, políticos, artistas…


Empresa Cooperativa x Empresa Capitalista

A economia solidária movimenta 12 bilhões e a empresa cooperativa gera emprego e riqueza para o país.


O fundo de reserva nos condomínios: como funciona e a forma correta de usar

O fundo de reserva é a mais famosa e tradicional forma de arrecadação extra. Normalmente, consta na convenção o percentual da taxa condominial que deve ser destinado ao fundo.


E se as pedras falassem?

Viver na Terra Santa é tentar diariamente “ouvir” as pedras! Elas “contemplaram” a história e os acontecimentos, são “testemunhas” fiéis, milenares porém silenciosas!


Smart streets: é possível viver a cidade de forma mais inteligente em cada esquina

De acordo com previsões da Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 70% da população mundial viverá em áreas urbanas até 2050.


Quem se lembra dos velhos?

Meu pai, quando se aposentou, os amigos disseram: - " Entrastes, hoje, no grupo da fome…"


Greve dos caminhoneiros: os direitos nem sempre são iguais

No decorrer da sua história como república, o Brasil foi marcado por diversas manifestações a favor da democracia, que buscavam uma realidade mais justa e igualitária.


Como chegou o café ao Brasil

Antes de Cabral desembarcar em Porto Seguro – sabem quem é o décimo sexto neto do navegador?


Fake news, deepfakes e a organização que aprende

Em tempos onde a discussão sobre as fake news chega ao Congresso, é mais que propício reforçar o quanto a informação é fundamental para a sustentabilidade de qualquer empresa.


Superando a dor da perda de quem você ama

A morte é um tema que envolve mistérios, e a vivência do processo de luto é dolorosa. Ela quebra vínculos, deixando vazio, solidão e sentimento de perda.


A onda do tsunami da censura

A onda do tsunami da censura prévia, da vedação, da livre manifestação, contrária à exposição de ideias, imagens, pensamentos, parece agigantar em nosso país. Diz a sabedoria popular que “onde passa um boi passa uma boiada”.


O desserviço do senador ao STF

Como pode um único homem, que nem é chefe de poder, travar indefinidamente a execução de obrigações constitucionais e, com isso, impor dificuldades ao funcionamento de um dos poderes da República?