Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A ingratidão dos filhos

A ingratidão dos filhos

11/01/2023 Humberto Pinho da Silva

Resguardada do ardor da tarde sob frondoso castanheiro, na cercania de carriça transmontana, a velhinha fia.

Tem o rosto sulcado pela goiva do tempo. Olhos apagados, lábios finos, boca desdentada, e tez crestada, da cor de centeio.

Fia; e o fuso: gira... gira... gira... pressionado pelos descarnados dedos. Foi moça fagueira; esbelta, de farta cabeleira calamistrada e viçosa face da cor de nácar.

Casou ... Foi mãe. Criou filhos, que abalaram... Todos partiram: uns, para o Céu; outros, em demanda de vida melhor... Ficou mergulhada em saudade e cuidados de quem a deixou. 

De tempo a tempo, telefonam, escrevem... Prometem interná-la num lar... Daqueles que guardam pais e mães, que deixaram de serem prestáveis.

Cuidou dos filhos com esmero: ajudou-os a darem os primeiros passos; a comerem; a mesa; aparou-lhes a baba viscosa, que escorregava do beiço; enxugou-lhes o húmido nariz; branqueou-lhes a roupa enegrecida pela traquinice; passou horas de angustia a cabeceira do berço...

Os meninos eram tudo, e tudo era para eles. Agora, e a mãe que carece de mão amiga: quem a ampare; quem cuide; 
quem lhe lave a veste enodoada; quem lhe: apare as unhas endurecidas; quem a desvele com carinho. Para que nada lhe falte.

Mas os filhos não têm disponibilidade... Olvidam, que chegou o tempo de retribuírem; esquecem-se de pagarem – os cuidados, os carinhos que receberam...

Meditando, a velhinha fia. E o fuso: gira... gira... gira... Pelos desgastados olhos, desenrolam-se cenas amorosas, recreações pueris, que a memória guardou, com amor. 

Agora só Deus permanece... Só Ele ficou... Os gerados pelas suas entranhas esquecem-se, que: a felicidade, o 
diploma, a riqueza que gozam, é fruto daquela velhinha, que junto ao carriço, arrimada ao secular castanheiro: fia... fia... fia...

Zagaziantes lágrimas de saudade, docemente escorem pela face encarquilhada: 

-"Coitados! Têm muito que fazer... A culpa é das mulheres... trabalham muito. Como gostava de estar na companhia deles... " 

Leve sorriso amoroso, alastra-lhe pelo rosto tisnado... E o fuso: fia... fia... fia...

* Humberto Pinho da Silva

Para mais informações sobre filhos clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!



O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Viver desequilibrado

Na Criação, somos todos peregrinos com a oportunidade de evoluir. Os homens criaram o dinheiro e a civilização do dinheiro, sem ele nada se faz.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Mar Vermelho: o cenário atual do frete marítimo e seus reflexos globais

Como bem sabemos, a crise bélica no Mar Vermelho trouxe consigo uma onda de mudanças significativas no mercado de frete marítimo nesse início de 2024.

Autor: Larry Carvalho


O suposto golpe. É preciso provas…

Somos contrários a toda e qualquer solução de força, especialmente ao rompimento da ordem constitucional e dos parâmetros da democracia.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Oportunidade de marketing ou marketing oportunista?

No carnaval de 2024, foi postada a notícia sobre o "Brahma Phone" onde serão distribuídas 800 unidades de celulares antigos para os participantes das festas de carnaval.

Autor: Patricia Punder


O gato que caiu dentro das latas de tinta

Todas as histórias começam com Era uma Vez… A minha não vai ser diferente.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Apesar da polarização radical, brasileiros não abrem mão da Democracia

Desde as eleições presidenciais de 2018, temos percebido a intensificação da polarização política no país, com eleitores cada vez mais divididos.

Autor: Wilson Pedroso