Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A maior lição da crise hídrica

A maior lição da crise hídrica

21/03/2015 Rodrigo Felisoni

Em São Paulo, cerca de 30% da água tratada é perdida antes de chegar à torneira.

Neste Dia Mundial da Água, celebrado anualmente em 22 de março, não podemos deixar de falar do fatídico momento que São Paulo e alguns municípios da região sudeste vivem: a crise hídrica.

O ano virou e a falta d’ água continua. Engana-se quem acredita que as fortes chuvas deste início do ano irão resolver o problema, pois a questão é muito mais complexa: temos alta demanda por água – e a tendência é sempre aumentar – contra baixa oferta de chuva.

Além disso, outros problemas como falta de planejamento adequado para o uso do recurso e o desperdício não permitem que se dê um prazo para a crise chegar ao fim. Em São Paulo, cerca de 30% da água tratada é perdida antes de chegar à torneira. A partir daí já temos uma dimensão da quantidade de água que “vai pelos canos”, literalmente. Frente à escassez, a alternativa de muitos paulistas vem sendo o uso de poços, caminhões-pipa e galões de água.

Entretanto, o uso de água de fontes não seguras pode acarretar em outros problemas de saúde pública, como doenças decorrentes de contaminação. No sentido de prevenir esses riscos, existem soluções práticas no mercado que ajudam a população. É o caso de dois produtos distribuídos pela indústria Saggio do Brasil. O primeiro é o “Hidrosteril”, bactericida utilizado nas residências para desinfecção da água para consumo humano, alimentos e lactários (utensílios do bebê).

O outro produto é o “Aqua Pack”, que é um kit para análise da potabilidade da água que o consumidor utiliza no dia a dia. Embora o aumento gradual dos sistemas de abastecimento esteja nos dando uma luz no fim do túnel, a crise hídrica, sem dúvida, nos deixa um legado (leia-se uma esperança): formar uma geração mais consciente. Sempre ouvimos que a água iria acabar, mas como nunca fomos afetados, continuamos utilizando-a como se fosse um recurso infinito. Contudo, a nova geração sentiu na pele as consequências da falta d’água e isso pode ter sido o insight necessário para um consumo mais responsável.

*Rodrigo Felisoni é diretor da Saggio do Brasil, indústria responsável pelo Hidrosteril, higienizador bactericida para tornar a água potável e pela comercialização do Aqua Pack, kit para análise de água.



O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Viver desequilibrado

Na Criação, somos todos peregrinos com a oportunidade de evoluir. Os homens criaram o dinheiro e a civilização do dinheiro, sem ele nada se faz.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Mar Vermelho: o cenário atual do frete marítimo e seus reflexos globais

Como bem sabemos, a crise bélica no Mar Vermelho trouxe consigo uma onda de mudanças significativas no mercado de frete marítimo nesse início de 2024.

Autor: Larry Carvalho


O suposto golpe. É preciso provas…

Somos contrários a toda e qualquer solução de força, especialmente ao rompimento da ordem constitucional e dos parâmetros da democracia.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Oportunidade de marketing ou marketing oportunista?

No carnaval de 2024, foi postada a notícia sobre o "Brahma Phone" onde serão distribuídas 800 unidades de celulares antigos para os participantes das festas de carnaval.

Autor: Patricia Punder


O gato que caiu dentro das latas de tinta

Todas as histórias começam com Era uma Vez… A minha não vai ser diferente.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Apesar da polarização radical, brasileiros não abrem mão da Democracia

Desde as eleições presidenciais de 2018, temos percebido a intensificação da polarização política no país, com eleitores cada vez mais divididos.

Autor: Wilson Pedroso