Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A plenitude do amor de um pai

A plenitude do amor de um pai

12/08/2012 Erika de Souza Bueno

Nas mãos você tem a aspereza de quem já experimentou o peso de uma enxada ou de uma caneta ao ter que assinar um importante documento.

Nos braços você tem a força para dar colo e abrigo a quem hoje quer prestar esta homenagem. Nas aventuras contadas e recontadas tantas vezes está seu riso antecipado, riso de quem já conhece o final da história.

Na sua volta diária do trabalho, agradecemos a Deus por tê-lo em casa, papai, sorrindo e feliz mesmo diante do cansaço do dia. Em datas como esta, é imenso nosso empenho em querer presenteá-lo com algo muito superior a qualquer lembrancinha.


Em nossa memória ecoam suas palavras de repreensão que guiaram e guiam até hoje as nossas decisões. Nos seus olhos estão a segurança e a paz que tão de perto conhecemos e queremos que nossos filhos também reconheçam, um dia, em nós. No tom forte de sua voz está a força da atração que faz com que nossa atenção se volte mais uma vez para o senhor.
No calor do seu colo repousa o desejo de nunca mais sair desse lugar de harmonia, sossego e paz. Na sua vida assomam exemplos que devem ser seguidos por outras gerações, direcionando os passos daqueles que precisarão seguir em frente.
Já em nossas vidas estão as marcas dos ensinamentos que o senhor sempre ponderou, mostrando um caminho muito mais eficaz a ser seguido. Que sua sabedoria esteja conosco, pois, mesmo já crescidos, precisamos que ela nos advirta em tempo oportuno.
Que este dia seja de Paz para o senhor, pois é uma das formas mais eficazes de também a alcançarmos.
Feliz Dia dos Pais a você que, somente com um olhar, soube passar para nós o maior bem que alguém pode ter: a plenitude do seu amor.
* Erika de Souza Bueno é Editora do Portal Planeta Educação e Coordenadora Pedagógica da Planeta Educação. Fonte: Assessoria de imprensa da Planeta Educação e Ex-Libris Comunicação Integrada



Insetos na dieta

Aproximadamente dois bilhões de pessoas em 130 países já comem insetos regularmente.


Habilidades socioemocionais podem ser aprendidas

Desde o início da infância, as pessoas aprendem um conjunto de comportamentos que são utilizados nas diferentes interações sociais.


Entenda porque amor é diferente de paixão

Você sabe diferenciar o amor da paixão?


A finalidade e controle das ONGs

O mais adequado não é combatê-las, mas manter sob controle as suas ações como forma de evitar desvio de finalidade, corrupção e outras distorções.


A reforma da máquina pública

A aprovação da reforma da Previdência, pela Câmara dos Deputados, é um avanço do governo.


Os desafios da maternidade e do mercado de trabalho

Ter filhos não é fator de impedimento para uma mulher trabalhar.


Todos querem ser ricos…

Mais vale pobreza, com paz e consciência limpa, que riqueza, sem sossego, alma escurecida, e pesados de remorsos.


A importância de empoderar nossas meninas

Fatores culturais de valorização do masculino, enraizados desde sempre na nossa sociedade, afetam a autoestima e a confiança feminina.


Advogados e Cursos jurídicos

Onze de Agosto é o Dia da Fundação dos Cursos de Direito e é também o Dia do Advogado.


Empresas e paternidade: uma mudança a ser nutrida

Daqui a cinco ou dez anos, nem você nem ninguém se lembrará com precisão da tarefa que está fazendo no trabalho neste minuto.


Ética de advogados e juízes

A advocacia e a magistratura têm códigos de ética diferentes.


Quem se beneficia da coisa pública é corrupto

Coisa pública não pode ser confundida com coisa privada.