Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Acabe com o que te impede de ser feliz

Acabe com o que te impede de ser feliz

08/09/2013 Christian Barbosa

A vida é curta demais para que você faça um rascunho dela. Entenda que o tempo não é seu amigo, ele vai passar sem avisar ou pedir permissão.

Por isso, selecione tudo o que te impede de aproveitar o que é realmente importante e dê um basta em tudo isso. Listei sete itens comuns para você repensar sobre:

1) Emprego Chato – Cansou do chefe? O emprego não te realiza ou não te ajuda a crescer profissionalmente? Não consegue mudar de área? Mesmo em tempos difíceis, o mercado tem muita vaga disponível para pessoas de atitude. Mesmo que não apareça nada, tire aquele sonho antigo da gaveta e comece um plano B enquanto está no emprego atual. O que você não deve fazer é investir a maior parte do seu tempo em algo que te deixa triste, frustrado ou desmotivado.

2) Saúde Instável – Se você está sempre doente, gripado ou com dores no estômago, é provável que seu corpo esteja falando algo que você não está querendo ouvir. Já pensou que seu estresse pode estar destruindo seu sistema imunológico? Você pode fazer sua escolha: ficar de cama no hospital para descobrir que é o momento de dar um basta nisso ou procurar uma alternativa séria de tratamento, como mudar o seu comportamento e ter uma vida mais equilibrada.

3) Falta de prazer – Não pode comer o chocolate que você ama? Não consegue fazer aquela viagem dos sonhos? Não se sente intima(o) de seu parceiro(a)? São tantos prazeres que a vida nos leva por falta de tempo, coragem, atitude de mudar ou dizer um não. O prazer em seu sentido mais amplo, rejuvenesce, aumenta sua felicidade, sua motivação e sua saúde. Rir é, sem dúvida, comprovadamente uma forma de viver mais.

4) Desorganização – Aprenda a ter mais controle sobre seu tempo. Assim, você acaba com a sua desorganização e urgências. Existem métodos, como o Triad, que, se houver persistência e a aplicação correta, podem te ajudar a fazer um planejamento que dê mais resultados, menos tempo procurando informações desnecessárias e até reduzir o número de esquecimentos no seu dia a dia.

5) Deixar o importante para depois – Consegue pensar em algo que realmente deveria fazer e que traria muito resultado para sua vida? Se é algo tão importante e vai lhe trazer bons resultados, por que ainda não o fez? Provavelmente pelo fato que se acostumou a fazer algo quando ele se torna urgente. Infelizmente, a meditação, a praia, o esporte, a leitura, a academia e os amigos, dificilmente serão urgentes e ficarão esquecidos para trás.

6) Rede Sociais – Eu não sei para você, mas algumas redes sociais já estão me cansando e tirando a paciência. Antes tinha mais conteúdo útil, hoje é raro achar algo que agregue valor. Será que o tempo dedicado para isto está te proporcionando algo bom ou acabando com o resto das coisas que você realmente deveria fazer? Em geral, nosso problema não é a falta de tempo, e sim o seu mau uso.

7) Falta de leitura – Isso é algo tão frequente que as pessoas nem acham estranho comprar livros, deixar em uma estante e nunca concluir a leitura. Ler, em minha opinião, é uma das coisas mais importantes que deveríamos fazer. A leitura nos faz sonhar, aprender e instiga vontade de mudar as coisas. Dê uma basta nisso e escolha um livro, coloque-o em sua bolsa ou ao lado de seu sofá. Converse com um amigo e prometa para ele algo, caso não leia esse livro em um mês, isso o motivará a começar agora mesmo!

O que você precisa dar um basta na sua vida e ser feliz?

*Christian Barbosa - Maior especialista no Brasil em administração de tempo e produtividade, é CEO da Triad PS, empresa multinacional especializada em programas e consultoria na área de produtividade, colaboração e administração do tempo.



Senado e STF colidem sobre descriminalizar a maconha

O Senado aprovou, em dois turnos, a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) das Drogas, que classifica como crime a compra, guarda ou porte de entorpecentes.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


As histórias que o padre conta

“Até a metade vai parecer que irá dar errado, mas depois dá certo!”

Autor: Dimas Künsch


Vulnerabilidades masculinas: o tema proibido

É desafiador para mim escrever sobre este tema, já que sou um gênero feminino ainda que com certa energia masculina dentro de mim, aliás como todos os seres, que tem ambas as energias dentro de si, feminina e masculina.

Autor: Viviane Gago


Entre o barril de petróleo e o de pólvora

O mundo começou a semana preocupado com o Oriente Médio.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Nome comum pode ser bom, mas às vezes complica!

O nosso nome, primeira terceirização que fazemos na vida, é uma escolha que pode trazer as consequências mais diversas.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


A Cilada do Narcisista

Nelson Rodrigues descrevia em suas crônicas as pessoas enamoradas de si mesmas com o termo: “Ele está em furioso enamoramento de si mesmo”.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Brasil, amado pelo povo e dividido pelos governantes

As autoridades vivem bem protegidas, enquanto o restante da população sofre os efeitos da insegurança urbana.

Autor: Samuel Hanan


Custos da saúde aumentam e não existe uma perspectiva que possa diminuir

Recente levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica que os brasileiros estão gastando menos com serviços de saúde privada, como consultas e planos de saúde, mas desembolsando mais com medicamentos.

Autor: Mara Machado


O Renascimento

Hoje completa 2 anos que venci uma cirurgia complexa e perigosa que me devolveu a vida quase plena. Este depoimento são lembranças que gostaria que ficasse registrado em agradecimento a Deus, a minha família e a vários amigos que ficaram ao meu lado.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Argentina e Venezuela são alertas para países que ainda são ricos hoje

No meu novo livro How Nations Escape Poverty, mostro como as nações escapam da pobreza, mas também tenho alguns comentários sobre como países que antes eram muito ricos se tornaram pobres.

Autor: Rainer Zitelmann


Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes