Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Ampliação da Licença Maternidade

Ampliação da Licença Maternidade

10/12/2014 Maria Inês Vasconcelos

De acordo com a Constituição da República, art. 7º, a licença maternidade é de 120 dias, sendo classificada como direito fundamental de toda trabalhadora brasileira.

Nesse período considerado sabático, o bebê entrará em contato com a hostilidade do mundo real - realidade que para milhares de crianças brasileiras é povoada de pobreza, insuficiência de condições mínimas de higiene e falta de afeto, além de outros percalços que podem lhes ceifar a vida logo em seu início.

Um dos maiores antídotos contra as doenças e a maior prova de amor a uma criança é a amamentação. Sem querer fazer apologia do ato de amamentar, a oportunidade de amamentação por mais tempo, exclui a necessidade de alimentação precoce, que expõe em risco os recém-nascidos a várias infecções, fora os ganhos emocionais, sociais e econômicos, inclusive para o governo, diante da efetiva possibilidade de diminuição dos custos com saúde pública. Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria apontam que amamentar por seis meses resultam na diminuição em sete vezes a chance da criança contrair pneumonia e, em seis vezes, a anemia

Ciente desses dados, objetivando obter diminuição com gastos na saúde e no afã de aumentar a proteção à infância, vários municípios brasileiros ampliaram, dentro do leque de suas competências, o período da licença maternidade com base em leis estaduais e municipais beneficiando, suas servidoras públicas. Entretanto, a ampliação da licença maternidade não se estende a todas trabalhadoras.

É um equívoco se pensar que o prazo de licença maternidade foi ampliado para 180 dias para todas, indistintamente. Isso não ocorreu e o artigo 7º, da Constituição está em pleno vigor, portanto, a licença maternidade ainda é de 120 dias.

O que existe é um programa denominado Empresa Cidadã, através do qual a empresa que a este aderir será tributada com base no lucro real e poderá deduzir do imposto devido em cada período de apuração o montante de total da remuneração da empregada paga nos 60 dias da prorrogação da licença, mediante concessão de um incentivo fiscal (Lei 11770-2008).

Pontue-se que a Lei em comento foi editada com o objetivo de ampliar a blindagem ao instituto da família, na esteira da ampliação da proteção infraconsticional aos direitos trabalhistas fundamentais.

Fica claro, portanto, que só tem direito à ampliação da licença, aquelas empregadas que trabalham em empresas que tenham aderido ao programa Empresa- Cidadã. Mas ainda há milhares que sequer conhecem as normas do programa.

Observe-se para finalizar, a ampliação da licença maternidade e incentivo fiscal dela decorrente já é objeto de PEC (Proposta de Emenda Constituição), mas está estagnada desde 10/08/2010. Infelizmente, como em vários outros casos, não há vontade política para tal, pois obviamente a prorrogação da licença maternidade provocará aumento das despesas com a Previdência Social.

Fica aí, portanto, como sugestão para os empresários, a adesão ao Programa Cidadã e aos políticos brasileiros, tão desacreditados, a ideia de incluir no plano de governo a ampliação da licença maternidade, o que só benefícios vai trazer a toda a sociedade brasileira, principalmente às nossas crianças.

* Maria Inês Vasconcelos - Advogada Trabalhista, especialista em direito do trabalho, professora universitária, escritora e líder coach.



Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.


Sociedade civil e a defesa da democracia

As últimas aparições e discursos do presidente da República vêm provocando uma nova onda de empresários, instituições e figuras públicas em defesa da democracia e do sistema eleitoral no Brasil.


Para além do juramento de Hipócrates: a ética na prática médica

“Passarei a minha vida e praticarei a minha arte pura e santamente. Em quantas casas entrar, fá-lo-ei só para a utilidade dos doentes, abstendo-me de todo o mal voluntário e de toda voluntária maleficência e de qualquer outra ação corruptora, tanto em relação a mulheres quanto a jovens.” (Juramento de Hipócrates).


O sentido da educação

A educação requer uma formação pessoal, capaz de fazer cada ser humano estar aberto à vida, procurando compreender o seu significado, especialmente na relação com o próximo.